Blog UOL Esporte vê TV

Arquivo : fox sports

Comercial do Fox Sports provoca ira das mulheres nos EUA
Comentários Comente

UOL Esporte

 

Um comercial da Fox Sports tem gerado polêmica nos Estados Unidos. A peça, que visa celebrar o aumento no número de jogos de futebol americano transmitidos pelo canal, tem sido acusada de ser sexista por mostrar uma mulher relegada aos serviços domésticos enquanto o marido assiste às partidas na televisão.

O vídeo de 1min47 mostra uma mulher reclamando que o marido deixou de ajuda-la nas tarefas do lar para ficar o tempo todo no sofá assistindo ao futebol americano. Entre as declarações, a emissora lista os jogos transmitidos e o percentual de aumento nas transmissões.

“Eu disse a ele ‘o futebol universitário ou eu’. E ele respondeu ‘você poderia se mover?’”, reclama a mulher durante o comercial.

A peça sofreu severas críticas nos Estados Unidos, acusada de incentivar a subserviência da mulher. Apesar disso, tem feito sucesso na internet. Foram registradas mais de 460 mil visualizações em sua exibição no YouTube.


Luxemburgo aproveita fim da Copa para se colocar “à disposição do mercado”
Comentários Comente

UOL Esporte

Sem emprego como treinador de futebol desde quando deixou o Fluminense, Luxemburgo aproveitou a Copa do Mundo, assim como outras figuras do esporte, para ser comentarista televisivo, no caso, do canal Fox Sports e revelou que está na hora de voltar para a sua verdadeira posição, que é à beira dos gramados.

“Agora é hora de voltar à minha função, me coloco à disposição do mercado. Cansei de ficar em casa, resolvendo minhas coisas, me aperfeiçoando. Agora é hora de voltar”, declarou o “pofexô” no estádio Maracanã ao final da transmissão da vitória da Alemanha sobre a Argentina por 1 a 0.

Aos 62 anos de idade, Luxemburgo não conquista um título desde 2011, quando sagrou-se campeão carioca comandando o Flamengo. De lá para cá, passou por Grêmio e Fluminense, mas sem o sucesso que se esperava.

Em seu último trabalho, como treinador do clube das Laranjeiras, conseguiu apenas sete vitórias em 26 partidas disputadas, sendo demitido em novembro de 2013. E aí, gostaria do Luxa no seu time? Ou na seleção brasileira?


Pré-Copa faz Fox Sports apostar em forca, nó de gravata e “pula pirata”
Comentários Comente

UOL Esporte

livia

 

Crédito da imagem: Reprodução/Instagram

Desde que a seleção brasileira se apresentou na Granja Comary para os treinamentos visando a Copa do Mundo, os principais canais esportivos apostaram em uma cobertura extensa, sem deixar escapar um detalhe sequer da preparação. Só que o longo tempo sem bola rolando virou um desafio para quem fica horas no ar.

Foi na base da inovação que a Fox Sports tentou segurar as pontas e o resultado foi no mínimo curioso. A programação especial para a Copa variou entre forca, campeonato de gravata e até uma espécie de “pula pirata”.

A mais peculiar das atrações foi o torneio de nó de gravata. A competição aconteceu durante o programa “Boa tarde, Copa”. O tema era elegância. Assim, a produção distribuiu gravatas aos apresentadores e convidados para uma espécie de gincana. O objetivo era ver quem conseguia dar um nó no acessório em menor tempo.

Primeiro, apenas os homens tentaram. O vencedor foi o apresentador Edu Elias, que completou a missão em 15s9, derrotando nomes como o comentarista Athirson e o ator Thierry Figueira.

Em seguida foi a vez das apresentadoras Karine Alves e Delisiee Marinho investirem na brincadeira. A situação pouco comum irritou alguns internautas nas redes sociais.

Outra atividade é o “pula pirata”. A gincana testa os conhecimentos dos apresentadores sobre Copa do Mundo. Cada participante tem três chances de acertar a resposta antes de ver o pirata exibido no telão cair do navio. E novamente Edu Elias, Karine Alves e Delisiee Marinho tiveram que se arriscar na empreitada.

É claro que o número de horas no ar atrapalha um pouco a situação dos apresentadores e gafes são quase inevitáveis. Em uma pergunta sobre quem foi o jogador mais velho a anotar um gol em Copas do Mundo, Edu Elias tentou ajudar Karine Alves com uma dica e disse que se tratava de um atleta africano. Foi então que Delisiee Marinho soltou: “só falta ser um grego”.

Ainda existe a forca, brincadeira antiga e que faz parte do “Bom dia, Copa”, que conta com nomes como Gustavo Villani, Livia Nepomuceno e Flavio Gomes.

Resta saber se a Fox Sports continuará com a investida agora que a bola finalmente vai rolar na Copa do Mundo.


Dia frio pré-Copa tem campeonato de gravata e dancinha de Athirson na Fox
Comentários Comente

UOL Esporte

fox

Crédito da imagem: Reprodução 

A quinta-feira esteve longe de ser um dia quente para os países que vão disputar a Copa do Mundo. Sem amistosos e com a seleção brasileira viajando para São Paulo, os programas de televisão tiveram que dar um jeito de manter os telespectadores entretidos. Assim, a Fox Sports inovou e promoveu um curioso “campeonato de nó de gravata”.

A competição aconteceu durante o programa “Boa tarde, Copa”. O tema era elegância. Assim, a produção distribuiu gravatas aos apresentadores e convidados para uma espécie de gincana. O objetivo era ver quem conseguia dar um nó no acessório em menor tempo.

Primeiro, apenas os homens tentaram. O vencedor foi o apresentador Edu Elias, que completou a missão em 15s9, derrotando nomes como o comentarista Athirson e o ator Thierry Figueira.

Em seguida foi a vez das apresentadoras Karine Alves e Delisiee Marinho investirem na brincadeira. A situação pouco comum irritou alguns internautas nas redes sociais.

Pouco tempo depois, foi a hora da dança. Os apresentadores começaram a brincar com uma matéria feita por Karine Alves com o atacante Hulk, que consistia em um passinho de dança do atacante da seleção. A análise aprofundada sobre a coreografia foi tão intensa que até Athirson entrou na jogada e mostrou todo o seu gingado ao realizar o passinho.

aCrédito da imagem: Reprodução 

 


Canal novo e Falcão como âncora são novidades da TV a cabo no ano da Copa
Comentários Comente

UOL Esporte

falcao
O ano da Copa do Mundo no Brasil movimenta as emissoras esportivas pelo Brasil. Os principais canais a cabo prometem novidades para prenderem o telespectador. Entre elas, estão a criação de um novo canal e a contratação de Paulo Roberto Falcão para ser âncora de um programa.

O Fox Sports anunciou o lançamento do Fox Sports 2 para o fim de janeiro. O segundo canal esportivo do grupo no Brasil terá programação exclusiva e também transmitirá os jogos da Copa do Mundo.

O treinador Falcão chega como o principal nome da emissora para ser comentarista durante o Mundial e ainda vai ancorar um programa. O Fox Sports também terá um novo programa, o ‘Melhor de Fox Sports’, que vai falar sobre bastidores da emissora.

QUEM É O MELHOR COMENTARISTA DO BRASIL?


“2014 será um ano especial (…) Vamos lançar o nosso segundo canal esportivo e exibir uma programação diversificada aos fanáticos por todos esportes”, comemora o vice-presidente Eduardo Zebini.

O Sportv também vem investindo pesado em seus dois principais eventos do ano: as Olimpíadas de Inverno e a Copa do Mundo.

Para a competição que será disputada na Rússia, no próximo mês de fevereiro, o canal já estreou o programa ‘Sportv em Sochi’ que apresenta e aborda aspectos culturais da cidade, além de apresentar as modalidades que serão disputadas nos Jogos.

A atração deixa a grade do canal na quinzena de janeiro, quando as transmissões ao vivo dos esportes de gelo e neve serão intensificadas. Durante os Jogos de Inverno, que acontecem de 7 a 23 de fevereiro, haverá ainda um programa de boletins diários com os principais fatos do dia.

Depois das Olimpíadas, o Sportv volta todas as suas atenções para a Copa do Mundo. O canal vai transmitir todos os jogos e sua programação será exclusivamente voltada para o Mundial. Por isso, alguns programas deixarão a grade temporariamente, enquanto outros serão temáticos como o ‘É Gol!!!’ e o ‘Bem, Amigos’.

A assessoria de imprensa do canal anuncia ainda dois novos programas para o período da Copa: uma atração matinal (ainda sem nome) vai introduzir os assuntos mais quentes do dia, e um programa especial com capitães de seleções antigas. Líderes em campo, donos das braçadeiras de várias seleções históricas promover um debate.

A emissora promete ainda a volta do programa de debates Seleção Sportv, dessa vez com estúdios panorâmicos em quatro cidades diferentes: Rio de Janeiro, Porto Alegre, Fortaleza e Brasília.

Para não ficar atrás dos principais concorrentes, a ESPN Brasil também vai transmitir ao vivo todos os jogos da Copa do Mundo. Para isso, vai utilizar os canais alternativos ESPN e ESPN+.

O canal tem investido ainda mais em informação, que é um dos lemas de sua cobertura. A partir da última segunda-feira, o programa de debates Bate Bola e o telejornal Sportscenter passaram a ter três edições diárias cada.


Próximo da Fox, Beting crê que demissão da Band o tornou mais profissional
Comentários Comente

UOL Esporte

Crédito: Junior Lago/UOL

As negociações de Mauro Beting com o canal Fox Sports estão avançadas e ele se vê diante da possibilidade de mudar de casa após uma longa história construída na TV Bandeirantes. O comentarista fica dividido com a situação, mas diz que a Band o ensinou a ser mais profissional.

Beting admite que os momentos tumultuados vividos nos últimos meses, em que chegou a ser demitido e recontratado pela emissora do Morumbi, o fizeram encarar a carreira de maneira diferente.

“Evidentemente que balança, minha relação com a Bandeirantes não é só profissional. É pessoal, uma relação familiar, uma casa, mas a Band me ensinou a ser cada vez mais profissional. Me ensinou que eu preciso pensar no profissional”, disse.

No mês de setembro, ele foi demitido da Rádio Bandeirantes, que voltou atrás e o chamou de volta dias após um grande clamor nas redes sociais para que ele continuasse na emissora.

A participação de Neto na reviravolta no caso também foi decisiva. O ex-jogador tomou a iniciativa de conversar com diretores da casa e oferecer seu cargo na rádio, continuando apenas na televisão, para que Mauro Beting fosse mantido. O pedido foi aceito.

Beting admite que vem conversando com a Fox desde o mês de maio, com total conhecimento dos homens fortes da Band. Caso seja concretizada a saída, ele deixará não só a TV Bandeirantes, como também o canal por assinatura BandSports e a Rádio Bandeirantes.

VOTE: QUAL O MELHOR COMENTARISTA DO PAÍS?

Enquanto a transferência não é oficializada, o jornalista acumula projetos nas mais diversas áreas: lançou livros, se aventurou no cinema, além de ter um canal no Youtube, o Chupa FC, que une futebol e humor.

Agora, ele está dedicado ao seu mais novo projeto. É roteirista e diretor de uma série de cinco documentários sobre os cem anos da seleção brasileira que se chamará ‘Jogo Bonito’. O projeto é em parceria com a produtora Canal Azul.

Curiosamente, a série irá ao ar no Fox Sports e no National Geographic, que também pertence aos canais Fox. Mas ele garante que é apenas coincidência. “Não tem ligação nenhuma com a minha negociação com a Fox”.

Luiza Oliveira
Do UOL, em São Paulo


UFC e Globo ganham 1º rival de peso com estreia do Bellator na Fox Sports
Comentários Comente

UOL Esporte

Depois de anos em que o MMA na TV brasileira se resumiu quase que exclusivamente ao UFC e aos canais da Globo – incluindo o pago SporTV e o canal em pay-per-view Combate -, neste sábado a Fox Sports estreia sua parceria com o Bellator, principal concorrente do Ultimate, dando a chance a uma alternativa para os telespectadores que acompanham a modalidade. Apesar do desfalque da luta principal, que teve de ser trocada por conta de uma lesão, a programação segue em pé.

O primeiro Bellator a ser transmitido na Fox Sports deveria contar com um aguardado duelo de veteranos, entre os ex-UFC Quinton Rampage Jackson e Tito Ortiz. Este último teve um problema no pescoço e a luta principal foi trocada: agora o protagonista é o campeão dos leves do evento, Michael Chandler, que cede revanche a Eddie Alvarez.

  • O card teria originalmente uma grande luta, entre os ex-UFC Rampage e Tito Ortiz. Mas Ortiz se machucou poucos dias antes do evento

De acordo com a direção do canal, a troca de lutas não afetou a estreia, que foi mantida para as 22h deste sábado.

“Desde o lançamento do canal, em fevereiro de 2012, contamos com outros conteúdos de luta, como os eventos de boxe da Golden Boy Promotions, promotora de eventos do ex-lutador Oscar De La Hoya. Nosso principal objetivo é oferecer aos nossos assinantes, principalmente aos fãs de MMA, um conteúdo de qualidade e ampliar nosso portfólio de transmissões esportivas da FOX Sports”, afirmou Eduardo Zebini, vice-presidente sênior da Fox Sports Brasil, ao UOL Esporte.

A emissora tem em seu quadro de narradores João Guilherme, que ficou famoso nas transmissões de UFC do canal Combate, com bordões como “esse cara é torcicolo de girafa” ou “desligou o interruptor”, para quando um lutador é finalizado e apagado. Desta vez, quem comanda a transmissão é Eder Reis, com comentários de Mario Filho, ex-SporTV.

Para quem acompanha o MMA, a novidade é ter em sua TV novas opções, com alternativa ao UFC. A maioria dos cards do Ultimate são transmitidas no canal pago da Globo, o Combate – que também passa diversos eventos nacionais, com o Jungle Fight, o WOCS e o Bitteti -, com alguns eventos pontuais tendo espaço no SporTV e na TV Globo, sendo que está última só passa combates ao vivo em cards realizados no Brasil.

São raros os casos em que a modalidade teve espaço na TV brasileira. O próprio Bellator já foi transmitido pelo Esporte Interativo. O UFC teve transmissões pela RedeTV. Depois disso, o canal anunciou uma larga parceria com o evento nacional Amazon Forest Combat, que não vingou.

  • 15363
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2013/11/01/a-estreia-do-bellator-na-fox-sports-e-uma-evolucao-do-mma-no-brasil.js

Agora com o Bellator, salvo casos raros de ex-UFCs como Rampage e Ortiz, a programação da Fox Sports se liberta da “órbita” do UFC, até aqui uma constante.

Para o técnico e empresário Marcelo Brigadeiro, que conta com 16 atletas brasileiros no Bellator, o crescimento da liga é benéfico para o esporte.

“A parceria do Bellator com a Fox Sports é muito importante pro mercado nacional de MMA. O evento precisará de mais e mais atletas brasileiros e isso será importante para desafogar um pouco a enorme quantidade de atletas brasileiros que esperam para lutar em um grande evento”, afirmou ele. “E com certeza é ótimo ter uma alternativa ao UFC. Seria melhor ainda se pudéssemos ter mais 1 ou 2 grandes eventos.”

Segundo Zerbine, ainda não existem planos para que a Fox Sports invista em eventos nacionais de MMA, mantendo por enquanto apenas o Bellator na programação. Por outro lado, a liga norte-americana é que pode desembarcar por aqui em breve, concorrendo em mais um aspecto com o UFC, que teve sete eventos no Brasil em 2013.

Vale lembrar que a Fox Sports no Brasil não tem relação com o canal de mesmo nome da TV dos Estados Unidos. Lá, a Fox é parceira do UFC e passa alguns dos cards na Fox Sports, uma parceria iniciada neste ano. No Brasil, a emissora apenas tem o direito de usar o nome, mas não herda os acordos que são usados fora do país.

Maurício Dehò
Do UOL, em São Paulo


Narrador chileno chama Luxemburgo de “ridículo” por causar briga na Libertadores
Comentários Comente

UOL Esporte

Crédito: Reprodução/Fox Sports

O técnico Vanderlei Luxemburgo foi duramente criticado pela dupla de narrador e comentarista do Fox Sports que transmitiu para o resto da América do Sul a partida entre Huachipato e Grêmio (empate e m 1 a 1) pela Copa Libertadores, na noite da última quinta-feira.

Após o início da briga, em que Luxemburgo acabou agredido por jogadores da equipe chilena, o narrador Fernando Solabarrieta fez um grande discurso criticando a atitude do técnico brasileiro, acusado de ter iniciado a confusão após provocar a comissão técnica e a torcida do Huachipato.

“Luxemburgo está fora de si, que ridículo, que vergonha para um técnico profissional como Vanderlei Luxemburgo, que palhaçada. Uma vergonha para toda a América do Sul”, declarou o narrador, responsável pela transmissão das aprtidas de equipes do Chile no torneio continental pelo canal.

“Ele manteve em campo um jogador lesionado (Werley), e agora foi tirar sarro dos jogadores e dos torcedores locais. Comportamento inaceitável”, completou Solabarrieta.

Outro que não gostou da suposta atitude de Luxemburgo foi o comentarista chileno Patrício Yañez, ex-jogador da seleção do país, que comentava a partida pelo Fox Sports. Para ele, o que Luxa fez foi “injustificável”.

“Todos apontaram para Luxemburgo, a culpa foi de alguma provocação dele. Já foi inconveniente na ida, quando não cumprimentou o técnico do Huachipato. Um papelão. Atitude condenável de Luxemburgo.  Não há como justificar tudo isso”, disse o comentarista.


Repórter da Fox Sports erra nome de jogador do Grêmio e é corrigido ao vivo pelo atleta
Comentários Comente

UOL Esporte

Crédito da foto: Reprodução/Fox Sports

Um repórter da Fox Sports cometeu uma gafe após o empate do Grêmio com o Huachipato no Chile pela Libertadores. Nos vestiários do jogo, Luciano Calheiros foi entrevistar o volante Adriano sobre a lesão que o volante sofreu durante a partida.

No entanto, o repórter confundiu o volante com o atacante Wellinton e foi corrigido ao vivo. “Não. Eu sou o Wellinton”.

Nitidamente constrangido, o repórter da Fox Sports seguiu na entrevista e depois fez uma brincadeira sobre o ocorrido.

“Aqui a palavra do Wellinton, rapaz. O Adriano acabou me driblando aqui”, falou o jornalista.

Adriano, jogador confundido com Wellinton

Crédito da foto: Lucas Uebel/Agência Preview.com