Blog UOL Esporte vê TV

Arquivo : rede record

Record carrega em melodrama em 1ª aparição de Maguila após internação
Comentários Comente

UOL Esporte

 

maguila

O ex-pugilista Adilson Rodrigues, o Maguila, fez sua primeira aparição em um programa de televisão desde que foi internado com Mal de Alzheimer, em 2014. Em uma longa homenagem com grandes toques de melodrama, o programa Domingo Show se encontrou com o ex-lutador no hospital onde está internado há nove meses.

A reportagem especial sobre Maguila durou quase de 2h, nas quais a carreira do peso-pesado foi contada em detalhes. O ex-lutador foi extremamente exaltado pelo apresentador Geraldo Luís, que o chamou de “maior atleta de todos os tempos” e elogiou até mesmo sua participação como comentarista de economia do extinto programa Aqui Agora, do SBT.

Boa parte da reportagem contou com depoimentos da esposa de Maguila, Irani, que falou sobre o drama vivido pelo ex-lutador desde que foi diagnosticada a doença e afirmou que o peso-pesado já havia lutado sem condições físicas em seu último combate, realizado em 2000.

A carga melodramática deu o tom de todo o especial. Em diversos momentos Geraldo Luís disse não saber o que perguntar quando se encontrasse com o lutador e que precisaria da ajuda da esposa de Maguila para conseguir chegar ao fim da entrevista. Tudo sob trilha sonora dramática.

Também foram apresentados depoimentos de artistas, esportistas e jornalistas da Record dando apoio a Maguila. Tom Cavalcante fez sua conhecida imitação do ex-lutador. Hortência e Oscar mandaram mensagens de solidariedade. E o cantor Zeca Pagodinho, na declaração mais inusitada, fez propaganda de seu novo CD enquanto mandava um abraço para o ex-boxeador. Ainda prometeu enviar uma cópia.

O longo especial terminou com a entrevista de Maguila. Geraldo Luís beijou o rosto do ex-lutador, rasgou elogios e o chamou de herói, emocionando o pugilista. Com dificuldades para responder, o ex-boxeador agradeceu ao apoio e prometeu seguir na luta contra a doença.

“Só paro de lutar quando morrer. Vou lutar até o fim. Campeão é campeão”, afirmou Maguila.

Mesmo com a fala arrastada, Maguila mostrou-se lúcido e respondeu perguntas sobre sua carreira e vida pessoal do período anterior da doença.

“Minha mãe também morreu de ‘Mal de Azar’”, disse Maguila, que também criticou o MMA. “Para mim aquilo é briga de rua, não regra. O boxe tem regra, é a nobre arte”.

A última aparição pública de Maguila havia sido no enterro do narrador Luciano do Valle, em abril de 2014. O ex-boxeador foi diagnosticado há quatro anos com Mal de Alzheimer.


Lembra deles? Veja programas esportivos que já acabaram na TV Aberta
Comentários Comente

UOL Esporte

Manchete Esportiva

A Manchete Esportiva começou como uma revista de esportes entre 1955 e 1959. Mas depois, entre 1983 e 1999, marcou época como telejornal esportivo exibido pela extinta Rede Manchete.  O programa era exibido em duas edições: 12h e 20h. Tinha duração de 30 minutos e contou com nomes como Paulo Stein, Márcio Guedes, Osmar Santos, Carlos Bianchini, Lúcia Abreu e Miyena Ciribelli.
Vinheta da Manchete Esportiva

Faixa Nobre do Esporte

A Faixa Nobre do Esporte estreou na Band em 1991 e durou até 1999, sempre de segunda à sexta, à noite.  Entre os apresentadores, estavam Cléo Brandão, Simone Mello, Silvia Vinhas e Elia Júnior. Na voz de Luciano do Valle e Jota Júnior, entre outros, transmitia grandes eventos esportivos, a exemplo do Campeonato Brasileiro e Superliga de Vôlei. Mas chegou a passar curiosidades, como desafios de sinuca e um treino do pugilista Maguila.
Vinheta de abertura da Faixa Nobre do Esporte

Show do Esporte

O Show do Esporte chegou a ter 10 horas de programação ao vivo e ajudou transformar a TV Bandeirantes no “canal dos esportes”. O programa entrava no ar aos domingos das 10h às 20h e foi um dos pilares de audiência da emissora de 1983 até 2004. Entre apresentadores, narradores e diretores, contava com nomes de peso: Luciano do Valle, Francico Leal, Elia Junior, Osmar de Oliveira, Silvio Luiz e José Luiz Datena. Transmitiu praticamente todas as modalidades esportivas no período.
Show do Esporte, da Rede Bandeirantes, em 1994

Gol Show

O Gol Show era um programa de auditório sobre futebol, algo raro na TV brasileira. A atração exibida pelo SBT durou de 1997 a 2002 e já apostava em interatividade com o público. Era um jogo que simulava cobranças de pênalti. Por telefone, o participante acionava um canhão que disparava a bola ao comando da voz. Entre as traves, estava sempre um goleiro profissional. Além de Silvio Santos, o Gol Show foi apresentado por Silvio Luiz, Babi Xavier e Luis Ricardo.
Silvio Luiz faz chamada do Gol Show em 1997

Grandes Momentos do Esporte

Grandes Momentos do Esporte foi um programa exibido pela TV Cultura de 1984 a 2012, aos sábados. Com imagens históricas e exclusivas, o programa resgatava acontecimentos importantes dos esportes, buscando estabelecer links entre o passado e o presente. O futebol era seu carro-chefe, mas se notabilizou por reportagens especiais com edição e abordagem diferenciadas. Foi criado pelo consagrado jornalista Michel Laurence e teve nomes como Carlos Alberto Torres e Vladir Lemos.
Vinheta do Grandes Momentos do Esporte da década de 90

Esporte Total

O Esporte Total foi exibido de 1984 a 2007 pela  Bandeirantes, de segunda à sexta-feira, das 12h às 13h. Uma dos nomes de destaque da atração foi o da apresentadora e modelo Cléo Brandão, que comandou o programa do começo dos anos 90 até 2001.  Depois que Brandão deixou a Band, outros jornalistas assumiram o Esporte Total, com destaque para Jorge Kajuru, que brigou ao vivo com o pugilista Marinho Soares em 2004.
Abertura do Esporte Total em 1989

TV Esporte Notícias

TV Esporte Notícias foi um telejornal apresentado pela RedeTV! de segunda-feira a sexta-feira, às 11h45, e aos sábados, às 14h00. Misturando informações esportivas e notícias em geral, ficou no ar de 2003 a 2009. O primeiro bloco era dedicado aos esportes e os dois seguintes, às demais notícias. O bloco de esportes era encerrado sempre com uma enquete, que durava até o fim do programa.
Vinheta do TV Esporte Notícias de seu último ano, 2009

Debate Bola

Debate Bola era um programa apresentado por Milton Neves na Rede Record, que durou durou de 2001 a 2007. Como o próprio nome adianta, o foco da atração era o debate sobre futebol de segunda à sexta na hora do almoço. Participavam do programa  Cacá Rosset, Paulo Roberto Martins, Ricardo Capriotti, Juarez Soares, Neto, Osmar de Oliveira, Oscar Roberto Godói, José Eduardo Savóia, Claudinei Barbosa, Débora Vilalba e Renata Fan.
Alguns momentos do Debate Bola


Dimba realiza sonho, vai a show dos Titãs e repete dancinha bizarra
Comentários Comente

UOL Esporte

O atacante Dimba ainda vive a repercussão do vídeo em que aparece cantando e dançando a música Polícia, dos Titãs. Entrevistado pelo programa Esporte Fantástico, da Record, o jogador do Ceilândia foi levado pela reportagem a um show da banda paulista e pôde acompanhar os ídolos ao vivo pela primeira vez.

E Dimba não frustrou o público que esperava por sua ‘dancinha bizarra’. O atacante de 39 anos novamente se soltou ao som do rock dos Titãs, tirou a camisa e mostrou todo o seu lado irreverente.

Com passagem por diversos times, como Brasiliense, Botafogo, Flamengo e São Caetano, Dimba voltou aos holofotes em fevereiro ao se tornar hit na internet. O vídeo em que aparece cantando e dançando, ao lado de familiares e amigos, foi gravado durante um churrasco no Carnaval.

Relembre abaixo a performance de Dimba no vídeo que virou hit:

[uolmais type=”video” ]http://mais.uol.com.br/view/14287765[/uolmais]


Leia mais:

Dimba brinca sobre vídeo bizarro, mas diz que repercussão preocupou: “não estava bêbado”


Ouro do vôlei feminino provoca choro coletivo entre comentaristas de Record e SporTV
Comentários Comente

UOL Esporte

Seja na rede Record ou na SporTV, a choradeira rolou solta durante as transmissões da final do vôlei feminino nos Jogos Olímpicos. Virna, que já tem fama de chorono desde os tempos de atleta, não conteve as lágrimas nos microfones da Record.

No SporTV, a choradeira foi coletiva. O comentarista Marco Freitas, que costuma fazer suas colocações de forma dinâmica e pontual, ficou algum tempo sem falar e, quando retomou o microfone, deixou transparecer uma voz embargada. Pouco depois, o canal exibiu a imagem de Freitas visivelmente emocionado ao lado do narrador Luiz Carlos Jr.

O destaque, contudo, ficou por conta dos chorões Nalbert e Carlão. Com suas respectivas medalhas de ouro no currículo, os ex-atletas nem se preocuparam em esconder o choro por fazerem “parte desta família que é o voleibol”. Cercado de marmanjos chorões, Luiz Carlos Jr. não teve outra opção a não ser pegar carona na emoção para anunciar a final dos homens: “e amanhã tem mais choro, dessa vez no no vôlei masculino, às 8h da manhã, aqui no SporTV”.

Crédito da imagem: Reprodução


Após comentários sobre Neymar, Victor Ramos promete puxão de orelha em Nicole Bahls
Comentários Comente

UOL Esporte

Uma das participantes do reality show A Fazenda, da Record, Nicole Bahls afirmou nesta semana que já havia beijado Neymar e acrescentou que o jogador santista “é engraçadinho”. Neste sábado, o namorado da modelo, Victor Ramos, participou do programa Esporte Fantástico e prometeu “dar um puxão de orelha” na ex-Panicat.

“Se ela gostou [do beijo], paciência, isso acontece. Mas eu vou dar um puxão de orelha nela depois”, brincou o zagueiro do Vitória, da Bahia. O jogador destacou também a personalidade forte da parceira, que já armou discussões dentro do reality da Record. “Ela tem um temperamento bem forte mesmo. A gente briga, se pega às vezes. É páreo duro. O que ela tem para falar, ela fala na cara mesmo. Não tem papas na língua, não”.

Apesar de levar na brincadeira o comentário sobre Neymar, Victor Ramos disse que não vai perdoar uma futura traição da modelo dentro do reality show. “Se acontecer, aí não tem volta. Aí o bicho pega para o lado dela. Porque é a minha imagem é que fica ruim”, afirmou.

 Crédito da imagem: Reprodução

VEJA MAIS NOTÍCIAS SOBRE A FAZENDA NO UOL

Nicole Bahls
Nicole Bahls

[tagalbum id=”15023″]


Record contrata Renê Simões para comentarista do futebol feminino em Londres-2012
Comentários Comente

UOL Esporte


Crédito da imagem: AFP/Orlando Sierra

A rede Record anunciou nesta quinta-feira que Renê Simões será o comentarista dos jogos da seleção feminina de futebol na transmissão dos Jogos Olímpicos de Londres-2012. O treinador comandou a equipe que conquistou a medalha de prata em Atenas-2004. Durante os Jogos Pan-Americanos, o ex-jogador Romário foi o comentarista do canal nas partidas de futebol.

Atualmente, Renê Simões exerce a função de técnico das categorias de base do São Paulo e, segundo nota divulgada pela Record, o treinador tem em seu currículo participações em todas as competições da Fifa. “Vou comentar uma Olimpíada pela primeira vez. Sinto um frio na barriga como um atleta que vai disputar uma medalha”, afirmou.

“A emoção é muito grande em voltar a sentir uma Olimpíada pulsando e fazendo o coração bater mais rápido. Estive dentro do campo com as meninas em 2004, agora estarei do outro lado. Quero poder ajudar novamente essas garotas. Vou torcer muito para essa medalha de ouro vir para o Brasil”, afirmou o técnico no texto divulgado pela emissora.


Record repete experiência do Globo Esporte e terá ônibus viajando pelo Brasil por Londres-2012
Comentários Comente

UOL Esporte


Crédito da imagem: Divulgação

A rede Record também terá seu próprio ônibus viajante. A experiência que Tiago Leifert aplicou no início do ano no Globo Esporte será repetida em uma versão “olímpica” da emissora concorrente. A ideia é que o veículo viaje pelas estradas do Brasil contando as histórias do atletas que vão buscar a medalha de ouro em Londres-2012.

O ônibus percorrerá mais de 12 mil quilômetros e haverá um revezamento de apresentadores, mas o carro-forte será a âncora Ana Paula Padrão, que fará oito participações ao vivo nas capitais brasileiras. Além do enfoque jornalístico, o projeto prevê a realização de eventos esportivos no período da tarde, culminando com a presença de Ana Paula ao vivo.

As “viagens” também contarão com a apresentadora Mylena Ciribelli e os comentaristas Oscar, Magic Paula, Virna Dias e Róbson Caetano, entre outros funcionários da emissora.


Divulgação de finalistas do TUF irrita chefão do UFC, que ataca Record e defende a Globo
Comentários Comente

UOL Esporte


A divulgação dos supostos finalistas do reality show The Ultimate Fighter (TUF), que estreou na noite deste domingo na TV Globo, ganhou contornos de briga empresarial entre Record e Globo. Tudo por causa do comentário que Dana White, chefe do UFC, detentor dos direitos do programa, fez na noite desta segunda-feira.

A notícia dos possíveis lutadores que chegaram à final foi publicada na segunda pela manhã pelo o site R7, portal de notícias da Record, e irritou o norte-americano. “Não se pode confiar na validade de uma informação que vem de uma emissora concorrente. Eu me pergunto qual seria a verdadeira motivação deste veículo. Tentar descobrir quem são os vencedores é jogo baixo e não irá ferir o UFC, a série, ou a Globo – mas sim os jovens lutadores que estão competindo por um contrato com o UFC”, afirmou o dirigente, sem confirmar ou desmentir os supostos finalistas.

O reality show já concluiu suas gravações, mas ainda será exibido de maneira inédita na TV até junho, com as eliminatórias que definirão quem decidirá nas duas categorias em disputa pelos contratos com o UFC. A final será no dia 23 de junho, no estádio do Engenhão, no Rio, prometendo ser o maior evento da história do Ultimate.

ENTENDA O CASO:
>> Hoje na Globo, MMA é detonado em matéria da Record e revolta Wanderlei Silva
>>Record volta a atacar MMA, e bispo discute no ar com fãs da modalidade

A Globo adquiriu os direitos de transmissão do UFC no dinal do ano passado. No começo do mês, a Record exibiu uma reportagem de 14 minutos no “Domingo Espetacular” que trouxe o caso de um norte-americano que ficou tetraplégico após uma luta de MMA em um bar. A matéria trouxe diversas acusações de que a modalidade apresenta graves riscos para os praticantes.

LEIA SOBRE A ESTREIA DO TUF
>>Após ‘aula’ aos leigos do MMA, TUF conhece seus 16 participantes
>>TUF Brasil não alivia na edição, mas aposta em cartilha com Galvão
>>TUF Brasil aumenta audiência da Globo em 15% na madrugada

Muitos lutadores saíram em defesa do MMA, atacando a Record, como Wanderlei Silva, um dos técnicos do reality. Sobre a reportagem desta segunda-feira, o veterano negou que os finalistas indicados estejam corretos. “Os nomes estão errados”, afirmou Wanderlei, que comemorou a estreia. “Estou muito feliz. Ontem realizei mais um grande sonho de ver nosso esporte em canal aberto e ainda na Globo.”

A Rede Globo teve um aumento de 15% em sua audiência com a estreia do reality neste domingo. O TUF Brasil, que foi exibido entre meia-noite e 1h40, teve 15 pontos, com 46% de share.


Hoje na Globo, MMA é detonado em matéria da rede Record e revolta lutador Wanderlei Silva
Comentários Comente

UOL Esporte


Crédito da imagem: Reprodução

O MMA é um dos esportes que mais cresce no país e, recentemente, virou um dos destaques da programação esportiva da rede Globo, que adquiriu os direitos para a transmissão das lutas do UFC. Porém, nem todos os veículos da mídia esportiva veem a arte marcial mista como um esporte seguro. Neste domingo, a rede Record destacou 14 minutos do programa Domingo Espetacular, no horário nobre da TV, para criticar a violência e questionar a segurança da modalidade de Anderson Silva e Júnior Cigano.

A repercussão da matéria foi quase imediata nas mídias sociais, especialmente entre atletas e adeptos da modalidade. O lutador Wanderlei Silva foi um dos primeiros a comentar a reportagem em sua conta no Twitter.

Logo no início do vídeo, a reportagem conta a história de Jeffrey Dunbar, lutador de MMA que ficou paraplégico por conta de um golpe recebido durante luta no octógono. “O MMA, que parecia ser a grande esperança para mudar de vida só trouxe mais dificuldades”, destacou o texto da rede Record, repetindo sucessivamente as imagens do golpe que hospitalizou Dunbrar.

Em outro momento, a matéria entrevista pessoas na rua e nenhuma opinião a favor da modalidade é ouvida. “Não é um esporte porque, se briga de galo ainda é proibido, isso é a mesma coisa”, argumenta um cidadão entrevistado. Depois de citar que alguns estados dos Estados Unidos não permitem a prática do MMA, a Record abre espaço para o deputado federal José Mentor, autor de um projeto de lei que pretende proibir as exibições também no Brasil.

Odair Borges, mestre em Educação Física pela USP, onde é professor, publicou um artigo no Jornal Correio Popular de Campinas comparando o MMA a “combates sangrentos da antiga Roma”, e taxando o UFC 142, realizado no Rio de Janeiro, como “circo”.

“Poucos dias antes do início do último circo do MMA no Rio de Janeiro, durante entrevista coletiva, torcedores em manifestação grotesca e aos gritos de “Vai morrer!, Vai morrer!”, impediram o lutador americano Chad Mendes, desafiante do brasileiro José Aldo, de ouvir as perguntas dos jornalistas credenciados”, diz trecho da publicação, entitulada “MMA: A violência explícita”

Veja também:
Blog do Mauricio Stycer: Record “cola” sua logomarca em Wembley e “vende” Neymar e Ganso como atrações da programação 2012


Jorginho dispensa chopeira de Osvaldo Oliveira e faz sucesso com as mulheres no Japão
Comentários Comente

UOL Esporte


Crédito da foto: Reprodução

A moral de Jorginho com o torcedor brasileiro ainda pode estar em baixa pelo fracasso da seleção na Copa do Mundo de 2010, quando o ex-jogador era assistente técnico de Dunga. Porém, por outro lado, o treinador está em alta com os torcedores do Kashima Antlers, equipe que comanda desde o começo do ano no Japão.

Jorginho substitui Osvaldo Oliveira, que voltou ao Brasil para treinar o Botafogo, e ficou até com a casa do amigo. O ex-treinador do Figueirense revelou que manteve a decoração da casa e pediu só duas mudanças: uma cama maior e a saída da chopeira.

“Ele falou: ‘a casa tá jeitosinha, se você precisar trocar alguma coisa…’ Vou trocar a cama, porque achei a cama muito pequena e gosto de dormir com bastante espaço.(…)Ele gostava muito de um chopp, ele tinha uma chopeira aqui, mas eu disse que isso ele podia levar, que eu não ia usar”, contou aos risos em entrevista ao programa Esporte Fantástico, da Rede Record.

Logo no primeiro treino no comando da nova equipe, os torcedores marcaram presença e elogiaram Jorginho, que fez sucesso na sua passagem como jogador pelo clube na década de 1990.

Um casal que acompanhou a atividade se dividiu na avaliação de Jorginho. Ele preferiu a análise técnica: “Espero que ele seja tão bom como técnico como foi como jogador”, disse.

Já a namorada ressaltou o outro lado do ex-jogador: “Ele é bonitão”, revelou aos risos.