PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto diz que notícia de Pato no Palmeiras pressionou SP: "Coincidência?"

UOL Esporte

27/03/2019 18h49

Reprodução/TV Bandeirantes

Depois de errar ao cravar a ida de Pato ao Palmeiras e virar alvo de piadas dos torcedores, Neto escreveu um texto em seu blog justificando a gafe. O apresentador sugere que a notícia dada por ele pode ter pressionado a diretoria do São Paulo, que anunciou a contratação hoje.

Leia mais:

"O problema é que ao dar a notícia no ar, e televisão tem muito dessas coisas, a pressão caiu monstruosamente nas costas da direção do São Paulo – leia-se presidente Leco e diretor Raí – e o negócio com o Palmeiras melou. Isso mesmo! O São Paulo ofereceu salários mensais acima de R$ 1 milhão ao Pato em um acordo de 4 anos. É brincadeira?", escreveu o apresentador e comentarista.

Neto se desculpou por passar uma informação que não se concretizou, mas acredita que não foi coincidência o fato de o São Paulo ter anunciado a contratação apenas depois de seu programa.

"A verdade é que passei uma notícia na TV que não se concretizou. Não dá nem pra justificar o injustificável. Peço desculpas. Mas curiosamente, assim que o programa acabou, o São Paulo anunciou oficialmente. Coincidência?", continuou Neto.

Na opinião de Neto, o negócio é ruim para o São Paulo. O comentarista não vê em Pato um rendimento que justifique o grande investimento do Tricolor para ter de volta o atacante.

"De qualquer forma, posso dar minha opinião? PIOR NEGÓCIO da história do futebol. O Pato vai ganhar uma bala, vai produzir mais ou menos e não dará sinal algum de vontade de vestir a camisa do São Paulo […]", publicou.

Esta é a segunda passagem de Alexandre Pato pelo São Paulo. Na primeira, entre fevereiro de 2014 e dezembro de 2015, o atacante anotou 38 gols e contribuiu com 15 assistências, completando 101 partidas.

Veja o vídeo do anúncio de Pato no São Paulo

UOL Esporte

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV