PUBLICIDADE
Topo

Torcedor do Flamengo é demitido após xingar Mauro Cezar no Twitter

Adriano Wilkson

21/03/2019 16h47

O torcedor do Flamengo Reginaldo Guilarducci foi demitido depois de xingar o comentarista da ESPN e blogueiro do UOL Esporte Mauro Cezar Pereira no Twitter. Guilarducci trabalhava na ArcelorMittal, multinacional indiana que produz aço, e tem uma fábrica no interior de Minas Gerais.

Na última terça-feira, Mauro Cezar usou a rede social para comentar o confronto entre Flamengo e Madureira pelo Estadual do Rio. A série de postagens tinha um tom crítico à equipe rubro-negra. Nas respostas, Guilarducci escreveu: "Vtnc era para estar 7 x 1 vc é um bosta…"

Leia também:

O comentarista, alvo frequente de ofensas e ameaças na internet, retrucou com o nome da empresa para a qual o torcedor trabalhava, uma informação que consta em seu perfil público e escreveu: "Lá na empresa eles estimulam os funcionários a xingar as pessoas pura e simplesmente por discordar em algo sobre futebol?"

A citação chegou ao conhecimento da multinacional. No dia seguinte, o torcedor voltou à postagem e informou que havia sido demitido: "Obrigado Mauro. Acabo de desligado da empresa……. Deus é maior!!!!!!" O torcedor também chegou a pediu desculpas por ter se excedido.

Depois do anúncio da demissão, comentarista e torcedor conversaram por telefone, e Guilarducci chegou a pedir para Mauro telefonar à ArceloMittal para tentar reverter a demissão. O jornalista entrou em contato com a multinacional, disse que aceitava o pedido de desculpas do torcedor e que via sinceridade em seu arrependimento.

Procurado pela reportagem nesta quinta-feira (21), Guilarducci disse que não estava com cabeça para conversar. Após diversas postagens solidárias de outros flamenguistas, afirmou que estava "sem chão" e sua família, "abalada".

Ao UOL Esporte Mauro Cezar Pereira afirmou que sua intenção ao questionar a ofensa não era causar a demissão do torcedor, mas fazer um "gesto educativo". "As pessoas têm que aprender que a internet não é terra de ninguém", disse ele. Outros torcedores começaram uma espécie de campanha tentando promover a readmissão do supervisor.

Procurada, a ArcelorMittar enviou uma nota sobre o assunto: "A ArcelorMittal Brasil esclarece que, em respeito aos seus ex-colaboradores, não tem como prática informar publicamente os motivos dos desligamentos realizados. Contudo, gostaríamos de afirmar que, apesar da comoção causada, a decisão tomada não levou em consideração este fato de forma isolada."

Em dezembro do ano passado, o comentarista moveu um processo contra o também jornalista Rica Perrone, que costumava ofendê-lo nas redes sociais. Após um acordo, Perrone teve que pedir desculpas publicamente ao comentarista.

Histórico de xingamentos

O xingamento a Mauro Cezar Pereira não pode ser considerado um comportamento isolado de Reinaldo Guilarducci na redes sociais. Flamenguista ativo no Twitter, ele coleciona ofensas a jornalistas e pessoas que discordam de sua opinião. Em rápido levantamento feito pela reportagem é possível verificar dezenas de ofensas. Em posts impublicáveis, o nível do vocabulário é baixo.

O alvo era na maioria das vezes os jornalistas Eric Faria e Flávio Gomes. As expressões "Seu bosta", "filho da p…" e "vai tomar no…" foram repetidas diversas vezes por Guilarducci nos útlimos anos.

Em outro caso recente, ele utilizou sua conta para parabenizar os membros de uma torcida organizada do Flamengo que agrediram jogadores em um aeroporto no Rio de Janeiro. "Temos que cobrar esses jogadores filhos da p… Acabou o amor, isso aqui vai virar um inferno. Pau tem que quebrar mesmo. Isso foi só um aviso", ameaçou.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV