Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Cléber Machado se irrita após companheiros discordarem de prêmio a Modric

UOL Esporte

04/12/2018 17h11

O título da Liga dos Campeões e o vice na Copa do Mundo renderam ao croata Luka Modric o prêmio de melhor do mundo da FIFA e, na última segunda-feira, a Bola de Ouro da France Football. A hegemonia, no entanto, não é unanimidade. Durante o Seleção SporTV desta terça-feira, houve uma discussão acalorada sobre a escolha do croata.

Um dos votantes na revista francesa, Cléber Machado está entre aqueles que ajudaram a dar a Bola de Ouro para Modric. Durante o programa desta tarde, o narrador defendeu a escolha do meia. "Eu acho que ele foi condutor nos times dele, no Real Madrid e na Seleção", falou.

Os membros da bancada, no entanto, não compartilham da mesma opinião, gerando discussão. Sem desmerecer a qualidade do camisa 10 da Croácia, eles questionaram a eleição do jogador, gerando discussão.

"Você está falando que o time dele foi campeão da Liga dos Campeões e a seleção dele foi vice. É um dos critérios. Tudo bem. Mas, tem um jogador que foi campeão com o Real Madrid e com a França. Por que ele não é o melhor do mundo se este é o critério?", questionou Petkovic, se referindo à Varane.

"Pet, você é melhor do que isso em argumentos", retrucou Cléber.

"Acho o Modric um excelente jogador, mas acho que a badalação de ser o melhor e ganhar tudo isso é muito mais marketing do que qualquer outra coisa", completou o comentarista.

"Os critérios de seleção são atuação pessoal e coletiva na temporada. Classe do jogador, talento e fair play. Carreira do jogador. Esses são critérios sugeridos pela publicação, acho que são bons critérios. Não acho que estavam loucos para dar o prêmio para um. Vocês estão reclamando de todos os outros que acham que Modric foi melhor da Copa, melhor da Europa, melhor da Fifa e da France Foottball", afirmou Cléber.

"Somos obrigados a concordar?A gente pensa diferente das maiorias que entram na onda da publicidade e do marketing", questionou Pet.

"Não. Claro que não. Vocês não são obrigados a concordar. Só estão discordando de todos os outros prêmios. Você está dizendo que eles entram na onda e você está certo", respondeu o narrador.

"Penso diferente. Simplesmente penso diferente. Respeito", encerrou o ex-jogador.

Machado, no entanto, seguiu no tema. "Cristiano Ronaldo é decisivo, mete gol na final. Messi não esteve".

Foi então que o comentarista Caio Ribeiro entrou na conversa, alongando a discussão. "Ninguém está falando do Messi".

"Eu estou falando. Vocês citaram quatro diferentes. Cristiano foi melhor do mundo. Na Copa, cada um citou um. Só que entre 95, 100 caras, 32 capitães de seleção, 825 técnicos, vocês perderam", retrucou Cléber.

"Por que você está ofendido?", indagou Ribeiro.

"Não estou ofendido, só estou dizendo que vocês estão diminuindo o Modric. Pera, Caio, só ouve!", seguiu o narrador. "O raciocínio é: o futebol precisava de outro nome, aí o Modric agradeceu…Eu acho uma campanha vil contra o Modric", complementou.

"Você tem direito de votar em quem você quiser. A gente tem direito de discordar. O Modric é um ótimo jogador. Ninguém falou que a escolha é injusta", finalizou Ribeiro.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV