Topo

DAZN oferece jogos ao vivo, VTs, entrevistas e mais, mas é refém de conexão

Ana Carolina Silva

25/04/2019 04h00

O UOL Esporte faz parte do grupo de assinantes brasileiros que já está testando as funcionalidades da DAZN desde a semana passada. Com a promessa de ser prática e acessível como a "Netflix do esporte", a plataforma tem encontrado instabilidades em plataformas diferentes e, ao contrário do serviço de streaming mais famoso da atualidade, depende de conexão à internet quase impecável.

Leia mais:

Acompanhar uma transmissão ao vivo no site da DAZN e com a fibra ótica oferecida pelo ambiente corporativo do UOL foi ótimo. Tanto na versão de navegador, quanto no aplicativo para Android, a partida entre Napoli e Atalanta foi vista em HD, com poucos ruídos na imagem e zero oscilação. Foi fácil controlar o player: pude rever qualquer momento do jogo quando tive vontade.

A experiência de assistir ao futebol em emissoras tradicionais de TV costuma nos deixar reféns de replays exibidos apenas uma vez. Na DAZN, a qualquer momento é possível revisar um lance que aconteceu na partida há 50 minutos e, em seguida, retornar para o "ao vivo". Isso funciona quando a conexão é excelente; se este não for o seu caso, talvez tenha dor de cabeça.

Outros testes foram feitos na conexão wireless/Wi-Fi de casa, em um cômodo capaz de alcançar 40 Mbps sem fio (velocidade de conexão que está acima da média da população brasileira). No aplicativo da DAZN para PlayStation 4, foi praticamente impossível assistir ao VT de PSG x Monaco e manter a calma. Mesmo gravado, o jogo parava a cada 5 segundos para "carregar" o restante.

Na foto abaixo, é possível ver o círculo de carregamento no centro da tela. Quando ele aparece, a imagem do jogo é congelada.

Este mesmo console de videogame está acostumado a lidar com jogos online, além de fazer download de games com relativa velocidade. Foi menos estressante baixar 47 gigabytes do game "Spider-Man" do que tentar rever uma jogada específica no segundo tempo de uma partida que nem sequer estava sendo transmitida ao vivo.

Uma solução para a instabilidade do aplicativo no PlayStation 4 pode ser a criação de um botão para escolher a qualidade da imagem (no YouTube, por exemplo, é possível ver vídeos no modesto 144p ou em full HD com 1080p); desta forma, se o usuário achar necessário, pode optar por uma resolução mais baixa e, consequentemente, um carregamento mais rápido.

Porém, enquanto o PS4 insistia em tentar mostrar tudo em HD e sofria com isso, o aplicativo DAZN que foi instalado em uma Smart TV da Samsung (o mesmo aparelho de televisão que foi usado com o PlayStation 4) exibiu a partida em baixíssima resolução. Não travou e não teve dificuldade no carregamento, mas deixou a imagem quadriculada.

A foto abaixo mostra que não dava para enxergar o placar.

Se a DAZN pretende vender seu serviço como a "Netflix do esporte", é importante destacar que esta mesma Smart TV usada no teste do aplicativo costuma exibir seriados da Netflix na resolução 4k, a mais alta que existe, e sem problemas com travamento. Além disso, os usuários dificilmente terão à disposição um servidor como o do UOL, e terão de se virar com conexões de diferentes velocidades.

Entrevistas, notificações e compilados

A DAZN tem seis categorias no menu: futebol, boxe, sinuca, tênis, dardos e automobilismo. O serviço oferece também entrevistas, vídeos de bastidores do esporte e compilados de melhores momentos. Foi possível assistir a todos os gols já feitos por Cristiano Ronaldo na temporada 2018/2019, na qual foi campeão italiano. Mas o UOL Esporte encontrou instabilidade.

A reportagem tentou abrir uma entrevista de Andriy Shevchenko e não teve sucesso. Houve insistência durante 10 minutos, levando em consideração o fato de que o telespectador comum desistiria do programa depois deste tempo de frustração, mas a mensagem "estamos com problema com este vídeo" teimava em aparecer no canto inferior direito da tela.

A categoria "em breve" mostra os eventos dos próximos dias. Na segunda-feira (22), já era possível ver anúncios de jogos do Campeonato Francês e do Italiano que só ocorreriam na sexta e no sábado seguintes. Aliás, cada uma destas partidas na seção "em breve" possui um pequeno texto de descrição e apresentação como este:

"Campeã da Serie A com quatro rodadas de antecedência, a Juventus enfrenta a Internazionale fora de casa em um dos maiores clássicos do futebol europeu. A equipe de Milão ainda luta para confirmar sua vaga para a Liga dos Campeões da Uefa".

Você tem vontade de ver Bordeaux x Lyon ou o clássico Internazionale de Milão x Juventus, mas acha que pode se esquecer depois de tantos dias? Basta pedir para o aplicativo de celular da DAZN te enviar uma notificação. Um aviso chegará minutos antes do apito inicial. Porém, só é possível ver VTs por uma semana: um jogo disputado no dia 20 só fica disponível até dia 27.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV