UOL Esporte vê TV

Casão e Caio aprovam nova tática de Carille, mas criticam Kazim

UOL Esporte

18/01/2018 00h05

O 4-2-3-1 foi o vitorioso sistema de jogo do Corinthians no ano passado, com as conquistas do Paulista e do Brasileiro, mas Fabio Carille começou esta temporada com uma formação mais ousada. O técnico apostou em apenas um único volante de contenção em um 4-1-4-1, com dois meias à frente de Gabriel. A nova armação tática mereceu elogios na transmissão da Globo.

“Vale a gente chamar atenção para o novo posicionamento do Jadson. Quando o Jadson está aberto, pelo lado do campo, ele vai fazer aquele corredor e vai se desgastar muto acompanhando lateral. Agora, com essa formação, com Romero e Clayson fazendo essa função [pelos lados] e o Jadson mais centralizado, ao lado do Rodriguinho… Aí acho que além de serem dois jogadores talentosos, que se aproximam e vão sair mais jogadas de maior qualidade, criatividade no meio de campo, é só dar um gás na recomposição, não precisa ser um grande marcador. Perde um pouquinho [de marcação]? Perde, mas ganha em qualidade, Corinthians vai ter mais a bola”, aprovou Caio Ribeiro.

O outro comentarista, Walter Casagrande, o acompanhou na análise e viu como positiva a opção tática corintiana em 2018. “No final do Campeonato [Brasileiro 2017], o Clayson ganhou um espaço no time, foi importantíssimo. Aí começa este ano e é óbvio que o Carille quer velocidade do Clayson por um lado, do Romero pelo outro… E o Jadson é criativo, no meio ele tem mais espaço para enfiar uma bola, bater de longa distância. Do lado ficava muito complicado para render tudo que sabe de criatividade”, observou.

“Se vai dar certo ou não, os jogos dirão, mas conceitualmente é interessante, é uma ideia legal”, comentou o narrador Cleber Machado.

“E tem outra coisa: aquele esquema do ano passado, que ganhou o Paulista e o Brasileiro, já funcionou. O Carille tem na mão, e agora ele está formando um outro esquema. Neste ano, o Corinthians não vai ser tão previsível”, projetou Casão, otimista.

“O Gabriel ainda é um volante ainda mais à antiga, mas os dois meias [Jadson e Rodriguinho] podem muito bem fazer o tal do meio-campo moderno, aquele que vai de área à área”, acrescentou Cleber, durante o primeiro tempo.

Após gol da Ponte, “Gringo da Favela” vira alvo de comentaristas

(foto: Marcello Zambrana/AGIF)

O gol não saía na etapa final, apesar da superioridade corintiana. Aos 23 minutos do segundo tempo, foi a Ponte quem chegou ao gol com jogada individual e chute preciso de Felipe Saraiva. Jadson ainda viria a perder a chance do empate ao desperdiçar um pênalti pouco mais de cinco depois.

Enquanto isso, Kazim, substituto de Jô no comando do ataque, fazia má atuação e desperdiçava jogadas. E com isso tirou Casão do sério: “O Kazim não deu um chute no gol até agora, é o centroavante, aquele jogador que está no lugar do Jô, que se espera que finalize mais, que dê opção. Ele não fez isso o jogo todo! O Carille poderia pensar em uma alteração, para que coloque alguém de centroavante”, cobrou.

“Eu iria de Júnior Dutra”, concordou Caio. Carille até fez alterações, mas Kazim seguiu firme até o fim da partida, que terminou em 1 a 0 para a Ponte, frustrando os mais de 19 mil no Pacaembu para a estreia do campeão brasileiro no estadual.

Mauro Cezar Pereira, da ESPN Brasil, detonou o jogador que, segundo ele, fez o Corinthians atuar com um homem a menos.

“Corinthians entrou com dez jogadores. Kazim não existe, gente. Olhando os números dele: 11 passes, sendo oito certos e três errados. Tocou na bola onze vezes em um jogo inteiro. Uma finalização errada, nenhuma certa, nenhum drible, nenhum desarme. Sofreu três faltas, cometeu cinco. Fez mais mais faltas do que levou. Também ele não fica com a bola, vai fazer falta ali pra quê? O Kazim não existe. Teve uma bola que veio na direção dele, deixou passar, não dominou e fez uma cara assim, dá até pena. Não tem a menor condição de jogar no Corinthians”, avaliou na mesa redonda do Linha de Passe já na madrugada desta quinta.

 

Leia mais:

Com pênalti perdido de Jadson, Ponte se segura com 10 e vence Corinthians

Cássio lamenta chances perdidas em derrota e exalta goleiro adversário

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
Topo