Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Atores da Globo treinaram basquete e visitaram time da NBA por nova novela

Beatriz Cesarini

2026-06-20T19:04:00

26/06/2019 04h00

Ramon ( David Junior ) na quadra do Chicago Bulls, nos Estados Unidos (Foto: Divulgação/Globo)

Com estreia prevista para o final do mês de julho, a novela "Bom Sucesso" será a próxima trama da faixa das 19h da "TV Globo". O folhetim terá como um dos temas principais o basquete. Para isso, os atores do núcleo tiveram aulas sobre a modalidade com direito à visita ao Chicago Bulls, nos Estados Unidos.

Ramon, interpretado por David Júnior, viverá um romance com Paloma (Grazi Massafera), mas largará tudo no Brasil para ir atrás do sonho de se tornar jogador profissional de basquete nos EUA. Para construir o personagem, o ator gravou cenas na quadra do Chicago Bulls, um dos principais times da NBA, junto com o atleta Cristiano Felício.

"Foi mágico. Aquele lugar transborda basquete. Tudo lá remete a jogo, desde os seguranças até os faxineiros, todos parecem jogar ou já ter jogado basquete. Todos vivem esse universo porque o amam e pude trazer esse amor comigo na mala e no coração", disse David Júnior ao UOL Esporte.

"Nos EUA, pude conversar um pouco com o Cristiano Felício (jogador dos Bulls), com quem contracenei, mas só de estar no backstage desse universo chamado NBA, você já volta com outra bagagem, outro olhar sobre o esporte. Jogos de basquete da NBA são shows do início ao fim", acrescentou o ator.

A equipe passou uma semana gravando na cidade de Chicago em locais relacionados ao universo do basquete, como a United Center – a casa dos Bulls, e a quadra de rua Margaret Hie Ding Lin Park. Além disso, a novela também contará com cenas em pontos turísticos como os parques públicos Millenium Park e Grant Park.

Giovanna Coimbra será Gabriela (Foto: João Miguel Júnior/Globo)

Paloma terá três filhos: Alice, Peter e Gabriela. A última, interpretada por Giovanna Coimbra, será apaixonada por basquete e fã do antigo amor da mãe, o Ramon. A atriz contou ao UOL que sempre curtiu e praticou basquete desde os 10 anos de idade, então treinar o esporte para a novela foi a afirmação de seu "relacionamento sério" com a modalidade da bola laranja.

"A gente teve vários treinos com o Alberto Bial e o Wagner da Silva, que são dois técnicos pelos quais tenho um carinho muito grande não só pela competência no basquete, mas também porque sempre faziam questão de lembrar que o mais importante era nossa concentração e nossa união em quadra. Achava isso o máximo. Sou coordenadora de um time de basquete na minha faculdade, então, além da novela, também treinava e disputava campeonato com as meninas do meu time", explicou Giovanna.

Tanto David quanto Giovanna entendem que a valorização do basquete na novela é importante em um país como o Brasil, que não tem tanta tradição na modalidade.

"Quando atingimos novos públicos, conquistamos os que já gostavam de basquete, mas não viam representatividade dramatúrgica e apresentamos, ainda, um novo viés esportivo pra garotada que se inspira no que consome na TV", apontou David.

"Acho sensacional e necessário dar um enfoque para um esporte que não é muito popular no Brasil. Além de abrir um espaço para as pessoas conhecerem e se interessarem, a forma como está sendo abordado na novela é genial porque traz a inclusão da mulher no basquete", acrescentou Giovanna.

A atriz vive seu primeiro papel na TV, justamente unindo suas duas maiores paixões: o basquete e a atuação. Segundo Giovanna, um dos grandes desafios é segurar a ansiedade até o início de "Bom Sucesso".

"São meses de trabalho e estudo. Ficamos na expectativa de ver o trabalho final e da receptividade do público. E uma ansiedade muito boa, principalmente porque é um trabalho de muita qualidade de uma equipe que está batalhando muito para que Bom Sucesso seja para todos os espectadores um ótimo sucesso (risos). Desde os primeiros dias em que tive noção que ia fazer parte do elenco da novela, um sentimento que me preenche muito e é realmente genuíno é de gratidão", falou a atriz.

Já David Júnior é um velho conhecido. Ele ganhou projeção quando interpretou Menelau na novela "O Tempo não Para", um escravo que vivia na época pré-abolição no Brasil. Segundo ele, o personagem ressignificou sua vida.

"Vivi um misto de sentimentos com esse personagem, nunca tinha feito algo tão complexo. Um homem de outro tempo que tudo o que vê é novidade, menos a situação de seu povo, mesmo 100 anos depois. Foi duro ter que explicitar essa ótica porque traz à tona muitas das dores que colocamos pra debaixo do tapete por anos", disse David.

David Junior conversou com o jogador brasileiro Cristiano Felício (Foto: Divulgação/Globo)

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.