Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Como modelo virou a 'cara' da NBA na Band após perder perna em acidente

Beatriz Cesarini

2024-05-20T19:04:00

24/05/2019 04h00

Em maio deste ano, Paola Antonini viu um dos seus sonhos se tornar realidade. A modelo e influencer digital é uma das apresentadoras do programa NBA Freestyle, da "Band". Em conversa com o UOL Esporte, a jovem de 24 anos falou sobre sua relação com o basquete, as principais inspirações e como virou exemplo de superação após ter perdido a perna esquerda em acidente de carro.

"Quando eu era menor, sempre falava que gostaria de ser apresentadora. Quando surgiu o convite, foi uma surpresa. Eu nem acreditei que eu consegui passar no teste e apresentar um programa como esse", contou Paola, que ficou surpresa ao descobrir que tinha sido escolhida pela Band.

Leia também:

"Eu recebi o convite, mas nunca tinha feito um teste para apresentar um programa. Uns dias depois já recebi a resposta que tinha passado, e foi a melhora sensação do mundo. A minha preocupação na hora do teste foi realmente mostrar meu jeitinho e procurei ser eu mesma. Quando pensamos positivo e acreditamos em nós mesmos, tudo dá certo", disse a modelo.

O esporte sempre esteve na vida de Paola, inclusive o basquete. E para comandar o programa, ela conta com o apoio dos outros apresentadores: o ex-BBB Fernando Medeiros e Lucas "Koka" Penteado. A apresentadora contou que admira muito a grandeza da modalidade.

"Sempre fui muito ativa e praticava diversas modalidades dentro do esporte quando pequena. Já joguei tênis e viajava o Brasil todo com meu irmão competindo. O basquete eu já gostava, sempre gostei, acompanhava as ligas, mas agora não perco um jogo. É mais que um jogo, é um evento gigante", destacou.

Paola estava estudando jornalismo para concretizar seu sonho, quando teve que interromper tudo por causa das consequências de um acidente de carro que sofreu há cinco anos. Hoje, suas maiores inspirações na área são Fernanda Gentil, Renata Fan, Fátima Bernardes, Cris Dias e Renata Vasconcellos.

"Eu tranquei a faculdade de jornalismo e a princípio eu retornaria logo depois de seis meses. Mas a demanda de trabalho e as oportunidades foram surgindo e eu só tenho que agradecer. Acredito muito que existem chances nessa vida que temos que agarrar e aproveitar mesmo. Eu quero muito voltar e terminar a faculdade, mas enquanto não termino, continuo estudando e correndo atrás dos meus objetivos. Não fico parada nunca", afirmou.

Em 2014, Paola se preparava para passar a virada do ano em Búzios quando foi surpreendida por um carro guiado por um motorista bêbado. Ela foi atropelada, ficou prensada da cintura para baixo e teve a perna esquerda amputada.

Atualmente, ela é um dos maiores exemplos nacionais de superação e autoestima. Paola acredita que se tornou inspiração porque conseguiu mostrar o quanto a vida pode ser aproveitada da melhor maneira possível sem a necessidade de seguir padrões.

"Nunca planejei trabalhar com a internet ou imaginei a proporção de tudo isso. E tudo começou compartilhando como eu me sentia na época do acidente e até hoje. Como é importante mostrar que não precisamos pertencer a um padrão e como perder uma parte do meu corpo me trouxe experiências e aprendizados incríveis. Sou extremamente grata a tudo… Sonhos que estou realizando, lugares incríveis que estou conhecendo e às vezes parece até um sonho, eu tão nova realizando tudo isso", declarou.

O maior conselho de Paola é sempre acreditar nos sonhos. Ela mesma explica que a receita é simples e é baseada em positividade.

"Você deve ir além dos seus limites, ter foco e determinação. Às vezes a gente sofre e é consumido por coisas tão pequenas e não paramos para pensar nisso. E algo que mudou muito minha vida e me fez conquistar tudo o que tenho até hoje foi conseguir encarar meu acidente de forma positiva e acreditar que no final iria dar tudo certo", afirmou a apresentadora.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV