Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Vagner Love cobra André Rizek por crítica de 2015, e programa tem discussão

UOL Esporte

2022-04-20T19:14:08

22/04/2019 14h08

O atacante Vagner Love cobrou o apresentador do "Seleção SporTV",  André Rizek, por uma crítica feita em 2015. Na ocasião, o jornalista disse que Luciano, ex-jogador do Corinthians que atua hoje no Fluminense, jogava mais do que Love naquele momento "mesmo manco".

A lembrança veio à tona por Vagner Love, que iniciou a discussão no momento em que Rizek dizia que era importante que jogadores rebatessem as críticas de jornalistas. O atacante corintiano, autor do gol do título na vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, concedia entrevista ao lado de Cássio para falar da conquista do Campeonato Paulista e usou ironias na conversa com Rizek, que se desculpou, mas contestando a versão do corintiano. Os dois mantiveram a calma durante a discussão e não levantaram o tom da voz, apresentando cada um seu ponto de vista sobre a situação

Leia também

"Ótimo quando os jogadores rebatem os jornalistas, fazem a gente refletir, falamos muita bobagem, erramos", dizia Rizek, quando interrompido por Love.

"Eu sei, como você falou em 2015, e cinco dias depois pediu desculpas", disse o corintiano, com ironia.

Rizek argumentou. "Foi quando eu vi o que falei e me desculpei".

Love, no entanto, disse que gostaria de um pedido de desculpas mais rápido. "Quando a gente erra, se comete um erro muito grande, temos que refletir no dia seguinte. Fiz dois gols contra o Cruzeiro dois dias depois e você desfez a crítica", disse.

Rizek deu outra versão. "Não foi exatamente isso, passou um clipe no qual eu me assustei com o que falei, a crítica que tinha feito não era cabível, quando vi esse vídeo não lembrava o que tinha falado, fiquei com vergonha e pedi desculpas", disse

Love voltou a cutucar, "Complicado hein. Não lembra do que falou?", questionou.

Rizek encerrou. "Acontece, nem sempre lembro o que falei no programa. Mas se se você não aceitou eu peço desculpas. Mas em 2015 o que falei foi descabido", disse.

Ao final da entrevista, Rizek mais uma vez deu a sua versão sobre o ocorrido, admitindo que errou na ocasião.

"Só para explicar o que aconteceu em 2015, não que tenha tanta relevância. Eu apresentava o 'Redação SporTV' e fiz um comentário péssimo sobre o Vagner Love. Poxa, disse que o Luciano manco jogava mais do que o Vagner Love naquele momento. Comentário desrespeitoso. A produção fez um clipe depois sobre o Vagner Love que tinha a minha declaração. Eu assisti e fiquei com vergonha de mim mesmo. Depois fiquei sabendo que a família dele estava assistindo. Pedi desculpas e isso foi em 2015", disse.

Love e Cássio dizem que respeitam críticas construtivas

Antes da discussão entre Rizek e Love, a entrevista já estava sendo pautada pelo debate sobre as críticas que o Corinthians recebeu ao longo do campeonato por um futebol muitas vezes não vistoso. O goleiro Cássio chegou a tentar colocar panos quentes.

"Respeitamos as críticas, mas quero que vocês perguntem para um torcedor se ele prefere jogar bem e não ser campeão ou se prefere não jogar bem e ser campeão", disse

"Não que não respeitamos, muitas vezes tirei proveito das críticas e cresci. Cada um tem que respeitar o ponto de vista do outro. Respeitamos o de vocês como gostaríamos que respeitassem o nosso. Só para não criar um clima que não existe, fomos campeão ontem", disse.

Vagner Love, por sua vez, repetiu por três vezes que absorve as "críticas construtivas, mas joga fora as ruins" e chegou a citar a eterna comparação entre a seleção de 1994 (campeã do mundo) e a de 1982 (derrotada pela Itália).

"Se não ganha título na temporada, fica complicado. Contratou 15 jogadores e na ganhou nada, daí vem as críticas; contratou 15 e foi campeão, vem a crítica da mesma forma. Absorvemos as construtivas e as ruins jogamos fora, mas futebol é nas quatro linhas. Conquistamos ali dentro e ganhamos. Temos que agradecer as críticas, mas valorizamos nosso trabalho", disse Love.

"A seleção de 82 tinha o melhor time, baita seleção e não ganhou. A de 94 era criticada e ganhou. O resultado é que no final conta. Não estamos para debater, (estamos para) falar da nossa conquista e valorizarmos", completou.

Siga o UOL Esporte no

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV