Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Paulistinha? Palmeiras 'fala da boca para fora', acredita Caio Ribeiro

UOL Esporte

2025-03-20T19:15:05

25/03/2019 15h05

O Palmeiras voltou a chamar o Campeonato Paulista de "Paulistinha" após o empate por 1 a 1 com o Novorizontino no último sábado. Isso porque o time alviverde questiona um toque de braço no lance que originou o gol do rival aurinegro.

Durante a edição de hoje do Globo Esporte para São Paulo, Caio Ribeiro falou tanto sobre o lance quanto sobre a postura do Palmeiras em supostamente "menosprezar" a competição.

"É o primeiro uso do VAR no Campeonato Paulista. Calma, gente. Nenhuma imagem, para mim, é conclusiva. Se a gente, olhando a imagem, tem dúvida, por que o árbitro vai ter que ter certeza?", disse o comentarista.

Leia também:

"Existe um problema na relação Palmeiras e FPF desde a final do ano passado. Eles não se bicam e não têm uma relação legal. Não me surpreende (chamar de Paulistinha). O que eu acho é que o Palmeiras fala da boca para fora. Está escalando time titular. Está cobrando caro pelos ingressos. Está levando bem a sério o campeonato", acrescentou.

"Ou seja, não é Paulistinha coisa nenhuma", completou o apresentador Ivan Moré, que retornou das férias nesta segunda-feira.

São Paulo vence, Corinthians empata

Caio Ribeiro ainda analisou a vitória do São Paulo ontem sobre o Ituano, no Morumbi, por 2 a 1. O comentarista fez questão de ressaltar a importância da base tricolor.

"Eu acho que o (Vágner) Mancini teve, primeiro, a leitura correta do elenco e a personalidade para botar essa molecada em campo. O São Paulo faz um grande trabalho com a base. Ali está a solução. O que você tem que fazer é encontrar o momento certo para lançar o menino", defendeu o comentarista.

"O meio de campo do São Paulo – e acho que esse foi o diferencial na vitória contra o Ituano – era Luan, Liziero e Igor Gomes, os três da base. O melhor jogador do São Paulo vem sendo Anthony. Aí entra o dedo do treinador de olhar o elenco", completou.

No que diz respeito à comparação entre Igor Gomes, autor dos dois gols, e Kaká, Caio pede cautela. "Calma, deixa ele curtir esse momento, os dois primeiros gols no profissional. A estrada ainda é longa. O Kaká foi um dos maiores de todos os tempos".

Por fim, o ex-jogador ressaltou o faro de gol de Gustagol no empate entre Ferroviária e Corinthians por 1 a 1, também ontem, em Araraquara. "Impressionante o aproveitamento dele dentro da área. A bola está procurando o artilheiro".

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV