Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Athletico assina com Globo para o Paranaense, mas não consegue PPV próprio

Gabriel Vaquer

04/01/2019 16h27

(Crédito: Lucas Uebel/Getty Images)

Depois de dois anos, os torcedores do Athletico poderão voltar a ver os jogos da equipe no Campeonato Paranaense na TV. O clube assinou o acordo com a RPC TV, afiliada da Rede Globo no Paraná, para a transmissão dos jogos da equipe no torneio estadual de 2019.

Mesmo com contrato assinado com a afiliada, segundo apurou o UOL Esporte, toda a negociação para o negócio foi feita entre o Athletico e o diretor de direitos esportivos da Globo, Fernando Manoel Pinto.

A emissora também conversa sobre a situação do clube para o Campeonato Brasileiro de 2019, para as mídias de TV aberta e pay-per-view. Procurada oficialmente, a Globo ainda não se pronunciou sobre o assunto.

O clube aceitou o acordo após recusar os valores anteriores, o que subiu a verba geral para R$ 6 milhões para os 12 clubes do campeonato e para a Federação Paranaense, que também recebe uma parte. A informação foi confirmada pelo presidente da FPF, Hélio Cury, em contato com a reportagem.

O Athletico, entretanto, colocou duas condições para aceitar o acordo – uma delas sem sucesso. O clube queria ter o direito de exibir seus próprios jogos pela internet, via aplicativo próprio, o que não foi possível pelo modelo de contrato em vigor.

A diretoria rubro-negra também colocou na mesa a ideia de que todos os clubes dividissem igualmente os valores do campeonato, sem benefícios a ele próprio ou ao rival Coritiba, o que foi aceito. Cada parte deverá receber cerca de R$ 460 mil, sem contar os descontos de impostos.

"O Athletico solicitou e a Federação prontamente aceitou, claro. Não seriamos nós a impedir algo que é bom para todos os clubes", comentou Cury, que ainda explicou a ideia do pay-per-view que acabou barrada: "Há um contrato em vigor e não foi possível modifica-lo com ele em andamento".

A estratégia atleticana tem como base a cobrança que Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo, faz nacionalmente com relação às cotas de TV do Brasileirão. Em entrevista recente, Petraglia afirmou ter conhecimento de que a TV Globo não irá renovar os contratos dos Estaduais, exceção a São Paulo, o que não foi confirmado pela emissora.

O presidente da FPF, entretanto, confirmou uma conversa entre as federações, a CBF e a Globo para tratar do futuro. "Vamos nos sentar na segunda metade de janeiro para saber o que há de planos e o que teremos para o futuro", disse o dirigente.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.