Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

2019 chegou: como está a situação de seu clube para o Brasileirão na TV

UOL Esporte

02/01/2019 04h00

Em 2019 Globo encara forte concorrência da Turner na transmissão do futebol (imagem: Reprodução/TV Globo)

O ano de 2019, tão falado e esperado no futebol brasileiro, chegou. Divisor de águas no que se refere aos direitos de transmissão de seu principal torneio nacional, o Campeonato Brasileiro.

Pela primeira vez, a Globo sofreu uma ameaça real e perdeu contrato de clubes importantes para a programadora Turner, que iria exibir as partidas no Esporte Interativo.

Com o fim do canal linear do EI, os jogos serão mostrados na TNT e no Space – emissoras de filmes e séries hoje chamadas de "superstations" pela Turner e que já exibem a programação esportiva oriunda do Esporte Interativo, além de jogos da Champions League e da Uefa Nations League.

Segundo apuração do UOL Esporte, para o ano de 2019, 42 clubes do país tem algum tipo de contrato, com Globo ou Turner, para as transmissões de jogos em alguma das três principais mídias (TV aberta, TV paga e pay-per-view).

Dos clubes das três principais divisões do Brasil (Séries A, B e C), cinco não possuem nenhum tipo de vínculo. São os casos de Juventude-RS, além dos recém-promovidos para a segunda divisão nacional: Operário-PR, Cuiabá, Bragantino e Botafoto-SP.

Um caso que chama a atenção é o do Joinville. O clube tem contrato com a Turner entre 2019 e 2024, mas foi rebaixado ano passado para a Série D, equivalente à quarta divisão nacional.

Além do Joinville, outros 15 clubes estão com contrato junto à Turner: Palmeiras, Santos, Internacional, Athletico-PR, Coritiba, Criciúma, Guarani, Bahia, Sampaio Corrêa, Ceará, Paraná, Fortaleza, Paysandu, Ponte Preta e Santa Cruz.

O Internacional tem contrato até 2021. Porém, o clube está articulando para tentar uma rescisão de vínculo na Justiça com a programadora, por conta de um valor extra que foi pago para o Palmeiras. Santos e Bahia também já disseram publicamente que tinham intenção de tentar romper o contrato, mas o assunto esfriou ao fim de 2018.

Com a Globo, para as três mídias, estão Corinthians, São Paulo, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Atlético-MG, Cruzeiro, América-MG, Grêmio, Brasil-RS, Avaí, Chapecoense, Figueirense, São Bento, Boa Esporte, Sport, Náutico, Londrina, CRB, CSA, Vitória, Atlético-GO, Goiás, Vila Nova-GO e Oeste.

Ter contrato com a Turner para TV paga não significa não assinar com a Globo para TV aberta e pay-per-view. Hoje, apenas três clubes não assinaram vínculo para essas duas mídias: Athletico-PR, Bahia e Palmeiras.

Este último mantém conversas ativas com a Globo desde 2017, mas não chegou a um denominador comum. Já o Bahia, segundo apurou a reportagem, esperava o fim da Série A de 2018 para conversar sobre o assunto, e deve intensificar as negociações no início deste ano.

Para 2019, o placar de clubes na Série A na TV paga ficou em 13 a 7. SporTV terá Fluminense, Flamengo, Vasco, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, CSA, Goiás, Grêmio, São Paulo, Chapecoense, Avaí e Atlético-MG. Já a Turner tem Athletico-PR, Bahia, Ceará, Fortaleza, Internacional, Palmeiras e Santos.

Com isso, a não ser que Globo e Turner entrem em acordo, 182 jogos estão bloqueados no momento na TV paga. Conversas para isso chegaram a ocorrer em dois momentos do segundo semestre de 2018, mas ambas as negociações não foram adiante.

A reportagem também apurou que, pouco antes do Natal, no último dia 21 de dezembro, ocorreu na sede da CBF, no Rio de Janeiro, a primeira reunião com representantes da Globo e da Turner para a definição da futura tabela do Brasileirão deste ano. Foi uma conversa relativamente tranquila, e uma nova reunião nesse sentido deve ocorrer após o recesso de Ano Novo.

Veja o panorama atual dos contratos dos clubes na TV brasileira:

Turner (TV fechada)
Bahia, Sampaio Corrêa, Athletico-PR, Coritiba, Joinville, Criciúma, Palmeiras e Guarani.

Globo (TV aberta e PPV) e Turner (TV fechada)
Ceará, Fortaleza, Paysandu, Santa Cruz, Paraná, Internacional (com Turner até 2021, depois com Globo em todas as mídias), Santos e Ponte Preta.

Globo (TV aberta, TV fechada e PPV)
CRB, CSA, Vitória, Atlético-GO, Goiás, Vila Nova, Atlético-MG, Cruzeiro, América-MG, Boa Esporte, Sport, Náutico, Londrina, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Grêmio, Brasil-RS, Avaí, Chapecoense, Figueirense, Corinthians, São Paulo, São Bento e Oeste.

Sem contrato
Cuiabá, Operário, Juventude, Botafogo-SP e Bragantino.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV