Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Cade rejeita fusão Disney-Fox em primeiro pedido e pede mudanças no negócio

UOL Esporte

03/12/2018 20h15

Na noite desta segunda-feira (3), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deu o seu parecer primário rejeitando e dando ressalvas para Disney e Fox fazerem sua fusão no Brasil.

No despacho, obtido pelo UOL Esporte, o Cade resume o processo em 252 pontos e termina afirmando que, atualmente, não aprova os termos propostos pelas empresas para se juntarem no Brasil.

O Cade diz que tem "preocupações concorrenciais quanto ao exercício de poder de mercado principalmente no segmento de canais esportivos básicos". Este era o principal argumento de operadoras de TV paga, que diziam que a fusão iria causar um duopólio no mercado.

Leia também:

A decisão deve ser publicada nesta terça-feira (4) no Diário Oficial da União. Agora, a parceria Disney/Fox tem dez dias para recorrer da decisão de impugnação, para dar seguimento ao processo e fazer as mudanças pedidas pelo conselho.

O parecer do Cade, mesmo que desfavorável, cumpre um desejo da Disney que queria uma palavra do conselho até o próximo dia 5 de dezembro, quando o Cade iria entrar em recesso até o próximo ano.

Tal requerimento de fusão vinha desde julho. Em todo o processo do ato de concentração, o Cade teve reuniões com programadoras concorrentes e operadoras, que sempre se disseram desfavoráveis ao negócio entre Disney e Fox.

A Disney adquiriu os ativos de cinema e parte de televisão da 21st Century Fox por US$ 71,3 bilhões. Entre os ativos estão os canais pertencentes a Fox na América Latina, como a homônima, o Fox Sports e NatGeo.

Gabriel Vaquer
Colaboração para o UOL

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV