Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Galvão critica responsáveis pelo VAR e diz que arbitragem "enlouqueceu"

UOL Esporte

31/10/2018 22h30

(foto: Reprodução/TV Globo)

Narrador da Globo para Palmeiras x Boca Juniors, jogo válido pela semifinal da Libertadores nesta quarta-feira (31), Galvão Bueno criticou as pessoas responsáveis pelo VAR e, segundo ele, prejudicam a evolução do futebol.

Logo no início da partida, antes de qualquer lance polêmico, o locutor global não questionou a importância do árbitro de vídeo, mas se disse incomodado com as pessoas que estão em seu controle; na visão dele, estes profissionais "querem aparecer" mais que tudo.

"O VAR, ou árbitro de vídeo, é uma coisa que veio para ficar, é a modernidade, é o desenvolvimento do esporte, da tecnologia, é uma coisa que tem em praticamente todos os esportes, não há como se contestar. Mas eu contesto as pessoas que operam", disse Galvão.

"As pessoas que operam parecem que querem aparecer mais que qualquer outra pessoa no mundo, e estão arrumando é muita confusão", continuou o narrador, sendo apoiado por Arnaldo Cezar Coelho, comentarista de arbitragem e seu tradicional companheiro de transmissões.

Logo após o Palmeiras ter gol anulado com auxílio do VAR, que entrou em ação e viu impedimento de Deyverson na origem da jogada, Galvão voltou a detonar os juízes que ficam na sala da arbitragem de vídeo.

Na imagem mostrada pela câmera da transmissão, Galvão se disse impressionado ao ver dez pessoas na sala. Para ele, o VAR não resolverá totalmente os problemas do futebol enquanto os responsáveis não forem competentes.

"Isso jamais será claro, jamais fará bem ao futebol com as pessoas que operarem dessa forma um instrumento que veio para resolver, mas que a cada dia deixa mais dúvidas", concluiu Galvão.

Já no fim do primeiro tempo, quando os palmeirenses pediram pênalti num toque do zagueiro do Boca Juniros, o árbitro deu tiro de meta. O braço estava junto ao corpo do argentino, mas Galvão viu penalidade e também não entendeu o tiro de meta.

"Veja só, o escanteio foi escandaloso. O Perez sobe com braço junto ao corpo, sozinho, e com o antebraço esquerdo, ele coloca a bola para escanteio. Eu não sei se era pênalti, mas olha: ele toca no braço junto com o corpo e manda para fora. Árbitros e os operadores do VAR, olha: a arbitragem enlouqueceu!", falou Galvão, revoltado.

Não é a primeira vez que o narrador critica o árbitro de vídeo. Durante a Copa do Mundo da Rússia, o locutor popularizou o bordão "cadê o VAR?", em todo o lance duvidoso. Além disso, no "Bem, Amigos!", do SporTV, Galvão volta e meia critica a forma como a tecnologia é usada.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV