Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Comentaristas divergem de árbitro sobre decisões polêmicas com VAR

UOL Esporte

17/10/2018 23h49

Ex-árbitros e agora comentaristas de TV, Leonardo Gaciba e Carlos Simon divergiram do árbitro Wagner Magalhães sobre as marcações polêmicas na final da Copa do Brasil disputada entre Corinthians e Cruzeiro nesta quarta-feira (17).

No lance que foi marcado o penalti de Thiago Neves em Ralf, e que o árbitro consultou o VAR para confirmar a penalidade, Simon e Gaciba concordaram que o VAR foi mal utilizado, e que o Cruzeiro foi prejudicado.

"Foi uma jogada interpretativa. Foi um lance polêmico, por isso que foi chamado para ver o árbitro de vídeo. Em lances polêmicos, o VAR também é acionado. Pelas imagens que temos aqui disponíveis, eu não tomaria a mesma decisão que o árbitro tomou. Eu não marcaria a penalidade", afirmou Gaciba.

"O Thiago Neves perde o controle da bola, tenta recuar a perna, e na hora do contato, o Ralf, que é um jogador experiente, cai de maduro", pontuou Simon, que estava extremamente indignado.

Já no segundo lance polêmico, onde Pedrinho fez um golaço, mas o lance foi anulado por uma falta de Jadson em Dedé, os dois concordaram com a interpretação do árbitro e marcariam a falta.

"Foi uma falta na origem da jogada, o que tornou o andamento do lance totalmente irregular. Eu marcaria, e acho que o Wagner acertou", comentou Gaciba. Simon também foi na mesma linha e disse que houve falta do principal jogador do Corinthians.

"Jadson domina mal a bola, com o braço direito ele acerta um tapa no pescoço do Dedé. Foi falta", disse Simon, acrescentando que, dessa vez, o árbitro de vídeo foi muito útil para a finalíssima da Copa do Brasil.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV