PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Fernanda Gentil diz que juventude foi pautada em Sandy e Jr.: "Me completa"

UOL Esporte

05/06/2018 11h22

Não é segredo para ninguém que Fernanda Gentil é grande fã de Sandy e Júnior. Em entrevista ao canal da atriz Giovana Ewbank no YouTube, a jornalista da "TV Globo" contou causos sobre sua infância e adoração pela dupla de irmãos cantores.

"Hoje é San para mim. A Sandy me completa, ela veio para me completar. Minha adolescência foi pautada em Sandy Junior. Foram vários shows. Encostei na mão deles na galera. Sempre mandava tweets, falava nas redes sociais e eles me ignoravam (risos)… Mas aí, quando fiquei mais conhecida, elas recuperaram o tempo perdido", disse Fernanda.

A apresentadora do Esporte Espetacular também falou sobre as loucuras que já fez em shows e nas redes sociais. Ainda não conhecida na mídia, Fernanda contou que teve até um comentário apagado por Ivete Sangalo em uma foto da cantora com Sandy.

"Uma vez comentei em uma foto da Ivete com a Sandy: "SANDY MINHA VIDA MEU AMOR" e a Ivete até apagou. Mas eu também teria medo de mim, ela ficou assustada. Deveria ter achado que eu era uma hater", brincou a jornalista, que também relatou o momento do primeiro encontro entre ela e Sandy.

"Fui gravar com a Bella Falconi lá em Campinas. A primeira coisa que fiz quando pousei na cidade, foi ir na escola que eles gravaram o seriado. Comecei a postar várias fotos. Ligaram para meu para o produtor que estava lá comigo e isso eu nem sabia. O meu telefone tocou depois e vi o número de Campinas. Atendi e ela (Sandy): 'Alô, Fernanda?'. Tive contração na hora, pensei: 'Vou parir essa criança agora'. Ela falou: 'Vamos tomar um café comigo?'".

Filhos


"Lucas é, de sangue, meu primo. E passou a ser meu filho, porque despertou o amor, a gente sente. Ele é filho do meu tio, irmão da minha mãe, com minha tia. E quando a mãe dele faleceu, a gente era muito próxima. E quando eu cheguei em casa depois do enterro, ele estava lá e pensei: 'é isso'. Ela sempre quis muito ser mãe e o Lucas tinha cinco meses quando ela ficou doente. E a partir daí ficou assim".

"Ele me colocou em um trilho que eu precisava entrar. Ele veio da maneira que ela para ser, ele despertou em mim. E a gente não imagina que é tão instantâneo. Ele tirou energia da onde eu não sabia que tinha".

O namoro com Priscila

"Muita gente me pergunta como assumi logo e da onde veio essa força. Acho que isso vem lá dos meus pais, é uma bagagem que a gente trás. Eles diziam que o que importa é o olho no olho, o que importa é dentro de casa".
"Me separei, numa boa, com aquela transparência entre nós. Estava em uma situação que não estava legal. As crianças iam sofrer mais do que tudo. Dói muito para quem não quer, dói para quem quer. Conheci Priscila, estava em contato com ela já, ficamos amigas e tudo mais. Mas quando a gente trabalha em televisão, a gente não deve explicações só aos pais, mas ao país inteiro. Eu sou exatamente a mesma pessoa, e quando comecei a namorar uma mulher, alguns hesitaram: 'tipo, só gostava dela porque era hétero'. Ouvi críticas, mas não computo coisas do tipo".

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV