UOL Esporte vê TV

Torcedores do SP protestam contra crítica da Globo a gritos de "bicha"

UOL Esporte

23/05/2018 13h19

Reprodução/Rede Globo

Na noite desta terça-feira (22), torcedores do São Paulo protestaram contra a Globo nas redes sociais. Tudo isso por conta de um momento exibido dentro dos tradicionais gols da rodada do Fantástico.

No último domingo, o programa criticou a torcida do São Paulo pelos gritos de “bicha” durante o clássico contra o Santos. Para tanto, usou a cantora Pabllo Vittar. Além dela, os famosos cavalinhos, que dão o ar da graça todas as noites de domingo, ajudaram Tadeu Schmidt a exemplificar o protesto.

A crítica começou quando foi mostrado um lance do goleiro Vanderlei batendo o tiro de meta – em toda cobrança, a torcida do tricolor gritava “bicha!” para o arqueiro. “Agora, esse grito da torcida do São Paulo, toda vez que o goleiro do Santos ia bater o tiro de meta… Sinceramente, pessoal, em 2018, ficar fazendo provocação homofóbica?”, questionou Tadeu.

Nesse momento, Pabllo entrou e fez a famosa pergunta “O que é isso, rapaz?”, com ar de indignação. “Vamos lá pessoal, vamos pensar num jeito mais legal de torcer”, completou Tadeu.

Reprodução/Rede Globo

Após a entrada de Pabllo, o cavalinho do São Paulo tentou justificar os gritos de bicha da torcida do tricolor no Morumbi. “Mas Tadeu, todas as torcidas ficam fazendo essas provocações, entende?”, questionou o cavalinho. “Então todas as torcidas deviam parar com isso”, respondeu o apresentador do Fantástico.

Foi o suficiente para provocar a ira dos torcedores tricolores. A tag era simples e foi parecido com o protesto feito pelos torcedores do Cruzeiro contra a ESPN, em janeiro deste ano. “Vai tomar no c…, Globo!”. A hashtag com o xingamento chegou a ser trendtopic no Twitter.

A principal crítica era em relação a dois pontos. O primeiro é que o grito de “bicha” seria usado em todos os estádios, por todas as torcidas do futebol brasileiro. O segundo ponto é que, em programas humorísticos do canal em anos passados, o São Paulo sofreu com piadas de conotação sexual – como chamar o torcedor do clube de bambi, por exemplo.

O grito de “bicha” nos estádios ao tiro de meta do goleiro adversário se popularizou após a Copa do Mundo de 2014. Os torcedores da seleção do México costumavam gritar “p…” contra os seus adversários. Desde então, principalmente em São Paulo, os gritos são frequentes.

No fim do ano passado, a FIFA multou a CBF por conta de gritos homofóbicos em jogos do Brasil nas Eliminatórias – contra a Bolívia e Colômbia, ocorridos em Natal e Manaus, respectivamente. Tais punições foram questionadas pela Conmebol, que diz que as manifestações fazem parte da cultura sul-americana.

Procurada pelo UOL Esporte, a Rede Globo afirmou que não se manifestará sobre o assunto.

Veja a indignação dos internautas nas redes sociais:

 

Gabriel Vaquer
Colaboração para o UOL Esporte

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais UOL Esporte vê TV

Topo