Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Gustavo Villani se despede do FOX Sports após narrar jogo do Real

UOL Esporte

24/02/2018 14h43

Amigos, ponto final, encerrei este ciclo no FoxSports. Carrego gratidão, respeito. Meus pais sempre dizem que as reengenharias da vida são importantes, é hora de me mudar. Saí de casa aos 17 anos, e desde então troquei de cidade, país e emprego algumas vezes. Nunca foi fácil, mas valorizo cada andança. Cheguei ao FoxSports há 5 anos, eram outros tempos. O desenvolvimento da empresa é notório, e me proporcionou grandes oportunidades. Tentei aproveitar ao máximo cada transmissão ou programa, tenho orgulho do que fiz com meus colegas. Em 2006 conheci o Edu Zebini, quando me convidou a trabalhar na televisão. Eu era repórter de rádio. E o reencontrei em 2013. Foi ele, vice-presidente do FoxSports, quem me trouxe ao Rio de Janeiro, onde nasceu meu filho. Meu agradecimento é estendido a toda direção, redação, retaguarda. Também aprendi em casa que ninguém faz nada sozinho. No FoxSports conheci pessoas, fiz e reencontrei amigos, aprendi. Tem algo melhor? Faço questão de lembrar Rodrigo Santana, Jumelo Pereira, Paulo Julio Clement, Victorino Chermont, Mario Sergio e Deva Pascovicci. Inesquecíveis. Por fim, não fosse o público, tudo seria nulo. Valeu, até breve! Com carinho, Villani. Parágrafo. @foxsportsbrasil 😘

A post shared by Gustavo Villani (@gustavo_villani) on

Gustavo Villani se despediu neste sábado (24) do FOX Sports. O narrador trabalhou no jogo entre Real Madrid e Alavés, o último antes de se mudar para o “Grupo Globo” – ele ficará a maior parte do tempo no SporTV, mas deverá narrar a Copa do Mundo pela Globo.

Em um texto nas redes sociais, o narrador agradeceu ao canal e lembrou dos seis profissionais da emissora que morreram no acidente com o avião da Chapecoense: Rodrigo Santana, Jumelo Pereira, Paulo Julio Clement, Victorino Chermont, Mario Sergio e Deva Pascovicci.

A contratação de Gustavo Villani pelo Grupo Globo foi acertada em meados deste mês. Para seu lugar, o FOX Sports acertou com Téo José, ex-Band.

Villani chegou ao FOX Sports em 2013 e tinha contrato com a emissora até agosto deste ano. Ele já havia participado da cobertura da Copa do Mundo de 2014 pelo canal e narrou a final da última Libertadores, quando o Grêmio conquistou o título sobre o Lanús.

Confira o texto de despedida de Gustavo Villani:

Amigos, ponto final, encerrei este ciclo no Fox Sports. Carrego gratidão, respeito.

Meus pais sempre dizem que as reengenharias da vida são importantes, é hora de me mudar. Saí de casa aos 17 anos, e desde então troquei de cidade, país e emprego algumas vezes. Nunca foi fácil, mas valorizo cada andança. Cheguei ao Fox Sports há 5 anos, eram outros tempos. O desenvolvimento da empresa é notório, e me proporcionou grandes oportunidades. Tentei aproveitar ao máximo cada transmissão ou programa, tenho orgulho do que fiz com meus colegas.

Em 2006 conheci o Edu Zebini, quando me convidou a trabalhar na televisão. Eu era repórter de rádio. E o reencontrei em 2013. Foi ele, vice-presidente do Fox Sports, quem me trouxe ao Rio de Janeiro, onde nasceu meu filho.

Meu agradecimento é estendido a toda direção, redação, retaguarda. Também aprendi em casa que ninguém faz nada sozinho.

No Fox Sports conheci pessoas, fiz e reencontrei amigos, aprendi. Tem algo melhor? Faço questão de lembrar Rodrigo Santana, Jumelo Pereira, Paulo Julio Clement, Victorino Chermont, Mario Sergio e Deva Pascovicci. Inesquecíveis.

Por fim, não fosse o público, tudo seria nulo. Valeu, até breve! Com carinho, Villani.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV