UOL Esporte vê TV

O que a ausência de brasileiros na F-1 tem a ver com o grupo Roupa Nova

UOL Esporte

07/02/2018 04h00

Grupo Roupa Nova posa para foto (Divulgação)

Por Lucas Pastore
Do UOL, em São Paulo

O fã de Fórmula 1 pode não saber, mas já ouviu muitas vezes o grupo Roupa Nova tocando em transmissões da Globo desde o início da década de 1980. Isso porque a banda é responsável pela gravação do Tema da Vitória, música imortalizada pelos triunfos de Ayrton Senna na categoria. Em 2018, primeira temporada sem brasileiros desde 1969, não há chances de a canção ser executada pela primeira vez desde sua criação.

O Tema da Vitória foi idealizado como música especial das transmissões da Globo para o Grande Prêmio do Brasil. Em 1981, foi composta pelo maestro Eduardo Souto Neto e gravada pelo Roupa Nova, então indicada por um amigo em comum.

“Nós tivemos muita amizade. Ele foi um cara muito importante para o Roupa. Foi depois de uma mensagem de fim de ano para a Rádio Cidade que fomos descobertos pelo Mariozinho Rocha”, disse Ricardo Feghali, cantor, compositor e produtor do Roupa Nova, ao UOL Esporte.

O Tema da Vitória tocou pela primeira vez em 1983, quando Nelson Piquet venceu o GP do Brasil. No ano seguinte, embalou triunfo de Alain Prost em Jacarepaguá. Curiosamente, estreou com dois pilotos apontados como desafetos da carreira de Senna, que futuramente imortalizaria a reprodução da canção.

Foi em 1986 que a Globo decidiu mudar a utilização do Tema da Vitória, tocando a música toda vez que um brasileiro terminasse uma corrida na primeira posição. Foi assim que a canção se tornou ligada a Senna, quinto piloto mais vencedor da história da categoria e primeiro entre os nascidos no país.

“Nos orgulhamos demais. Quem não se orgulharia de ser lembrado junto à imagem de um ídolo como o Senna?”, declarou Feghali.

Assim, o Tema da Vitória tocou em 39 das 41 vitórias de Senna, além de ter sido executado 11 vezes para Nelson Piquet, 11 para Felipe Massa e 11 para Rubens Barrichello. Além disso, também costuma ser reproduzido em matérias de memória da TV Globo sobre os pilotos brasileiros.

A última vez que o Tema da Vitória tocou para celebrar a vitória de um competidor nascido no país foi em 2009, quando Barrichello venceu o Grande Prêmio da Itália.

Em 2004, no aniversário de dez anos da morte de Senna, o Roupa Nova incluiu o Tema da Vitória em seu CD acústico. Compositor da canção, Souto Neto foi convidado para reger a banda na gravação.

É Roupa Nova e você nem sabia

Em novembro, em série de shows feita em São Paulo, o Roupa Nova tocou o Tema da Vitória em meio a um número sobre as músicas que pouca gente sabe que são deles. Algumas também têm ligação com a Globo, como a adaptação de Don’t Stop ‘Til You Get Enough, sucesso de Michael Jackson, para a abertura do Video Show e a instrumentação de Ilariê, sucesso na voz de Xuxa.

A gravação da vinheta do Rock in Rio também é de responsabilidade do Roupa Nova, assim como a composição de A Lenda, sucesso na voz de Sandy e Junior.

“Esse trecho é bem interessante, e as pessoas confundem um pouco. Por exemplo: algumas músicas não são nossas, mas a instrumentação original é. O Rock in Rio é um exemplo. Nós tocamos a primeira versão do tema, mas ele não é de autoria nossa”, explicou Feghali.

Mesmo assim, a banda admite que a execução do Tema da Vitória tem sabor especial.

“A parte que mais surpreende acho que é mesmo o Tema da Vitória, que seria para quem ganhasse a competição e acabou virando o tema do Ayrton Senna. Nesse momento, a emoção toma conta da plateia. Ele foi um dos maiores ídolos do mundo”, sentenciou o músico.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais UOL Esporte vê TV

Topo