UOL Esporte vê TV

Caio vê última chance para Cueva e diz que SP não pode ficar refém

UOL Esporte

02/02/2018 16h21

Reprodução/SporTV

Durante participação no programa “Seleção SporTV”, desta sexta-feira (02), o comentarista da Rede Globo, Caio Ribeiro, acredita que a relação entre a torcida são-paulina e o meia Christian Cueva mudou para esta temporada. Após as atitudes recentes do atleta, que se apresentou dias depois dos demais para a pré-temporada e chegou a condicionar viagem com o grupo mediante à titularidade, o analista crê que o clube deva se livrar da atual dependência do atleta peruano, o que em sua visão já está ocorrendo.

“O momento agora mudou, né? O Cueva saiu do ano passado, de toda a dificuldade, com o carinho da torcida, sabendo que era um cara importante. Hoje, a torcida está invocada com ele. Vai ter que provar”, cobrou Caio.

“O São Paulo, como clube, como entidade, ele tem que se programar sem o Cueva. Já fez alguns movimentos, trouxe o Nenê, está subindo a molecada da base e vai trazer mais se tiver a oportunidade, Falam no Valdívia. Está se armando de uma maneira que não vai precisar do Cueva, então se amanhã chegar uma proposta de R$ 10 milhões, o Cueva vai embora, e o São Paulo resolveu um problema. Agora, a partir do momento que não chegue essa proposta, olha para o elenco e vê que não tem um cara com essas características, precisa recuperar esse jogador, [visando] tanto o aspecto financeiro como técnico, porque para ser vendido, precisa estar jogando bem dentro de campo”, analisou.

Porém, realista, Caio entende que o momento não é de abrir mão do polêmico atleta. “O São Paulo precisa do Cueva. Nessa reconstrução, já emprestou, vendeu, se desfez. O São Paulo precisa, porque o Cueva motivado, em forma, focado no São Paulo, ele é titular absoluto”, ponderou.

Por outro lado, defendeu que o clube não fique refém do jogador. “É o Cueva falar ‘não vou para o jogo’, e a diretoria dizer: ‘Ah, não vai para o jogo? Então, meu querido, fica treinando aí e não vai para o jogo agora porque você quer porque aqui tem comando, respeite os profissionais que brigam pela posição com você e a hierarquia, respeite o treinador, o diretor, o presidente. A gente te paga em dia e você vai render dentro de campo’. Se quiser jogar em alto nível, fica no São Paulo, briga pelo teu espaço, porque o São Paulo conta com você, desde que esteja disposto a ser um profissional”, comentou.

“Não estou dentro do clube, mas acho que essa confusão foi um puxão de orelha que o Cueva acusou o golpe. Talvez a partir de agora ele mude um pouquinho a postura dele. “Acho que é a última [chance]”, opinou o colega de debate, André Loffredo. “Também acho”, concordou Caio.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais UOL Esporte vê TV

Topo