UOL Esporte vê TV

Sabia? Brasil tem mais Premier League ao vivo na TV do que a Inglaterra

UOL Esporte

17/01/2018 04h00

Torcida do Liverpool. Foto: Reuters/Carl Recine

Campeonato de futebol mais valorizado do mundo, a Premier League arrecadou 5,1 bilhões de libras esterlinas (R$ 22,7 bilhões na cotação do dia) apenas em direitos de TV na Inglaterra. O valor exorbitante, recorde na liga, foi pago por duas emissoras locais, Sky e BT Sports, por três anos de contrato (até 2019). Ainda assim, os torcedores residentes no país não assistem a todas as partidas ao vivo no conforto de seus sofás ou nos balcões dos pubs.

O motivo? Uma regra da década de 1960 impede que partidas do Campeonato Inglês às 15h de sábado sejam exibidas ao vivo na TV. O argumento, que vigora há mais de meio século, é proteger as ligas menores de um possível desinteresse do público em uma faixa de horário que é sagrada para os britânicos fanáticos por futebol.

O veto, no entanto, tem abrangência nacional, e faz com que emissoras de outros países, que detêm a transmissão da Premier League, exibam mais jogos do que os canais britânicos. E isso inclui o Brasil.

No acordo vigente com os canais da Inglaterra, a Premier League vendeu a exibição de 168 partidas por temporada – 126 para a Sky e os outros 42 para a BT Sports.

Desde que retomou a exclusividade de exibição do torneio no Brasil, em 2016, a ESPN mostrou todos os 380 jogos do Inglês, divididos entre os três canais da emissora em TV por assinatura e a plataforma sob demanda, via internet – o Watch ESPN.

A partir da temporada 2019-20, quando um novo pacote de vendas de transmissão estará vigorando, a Premier League passará a ter jogos nas noites de sábado, uma estratégia da liga para angariar audiência também no horário nobre inglês. Serão 200 partidas ao vivo por campeonato a quem apresentar a proposta mais tentadora financeiramente.

Os jogos de sábados às 15h, obviamente, não estão contemplados no bolo.

O veto gera constantes críticas na imprensa local. Um dos argumentos é a contradição de uma liga tão valorizada não liberar para comercialização uma faixa de horário que geraria mais renda a todos os envolvidos com o espetáculo.

Mas por que justamente às 15h de sábado entraram nessa restrição? A explicação é histórica.

Na Inglaterra, a tarde de sábado é a faixa nobre do futebol há muitas décadas. Isso porque os operários terminavam seus turnos nas fábricas às 14h e tinham uma hora para se deslocarem até os estádios.

Uma questão de tradição, enfim. No Brasil, seria como privilegiar a tarde de domingo, o horário sagrado do futebol na TV.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais UOL Esporte vê TV

Topo