UOL Esporte vê TV

Noriega: Edmundo foi melhor do mundo e Renato teve mais talento do que CR7

UOL Esporte

14/12/2017 16h24

Reprodução/SporTV

Durante o programa “Seleção SporTV” desta quinta-feira (14), os comentaristas da atração, Mauricio Noriega e Paulo César Vasconcellos, debateram sobre os diferentes níveis dos times europeus e brasileiros que se enfrentaram em decisões de Mundiais de Clubes da Fifa e também sobre o maior equilíbrio que existia antes entre os clubes e jogadores da América do Sul e Europa.

Falando especificamente sobre a disputa do próximo sábado (16), entre Grêmio e Real Madrid, Noriega avaliou o duelo como mais equilibrado, do ponto de vista técnico, do que foi a final de 2011 entre Santos e Barcelona.

“A diferença que existe entre Real Madrid e Grêmio não é a diferença que existia entre aquele Barcelona e o Santos em 2011. Aquilo era de outro mundo. Qualquer time que caísse ali iria tomar um pau, como o Santos tomou, não tinha jeito. Aquele time [do Barça] estava em um momento iluminado, quase perfeito, o melhor time do mundo, no auge da ideia de futebol do Guardiola, tinha Messi jogando demais, Xavi e Iniesta e tudo o que se propunham, realizavam”, comparou, recordando a final que terminou em goleada catalã sobre os brasileiros, por 4 a 0.

O analista foi além e fez outra comparação, dessa vez com Corinthians 1 x Chelsea, de 2012. “Não estou aqui comparando nem desmerecendo ninguém, mas em Corinthians e Chelsea, o nível do Corinthians era mais próximo ao do Chelsea do que é o do Real Madrid com o Grêmio de hoje. O Chelsea não é um grande time europeu, é um time rico, como o Manchester City, que quer se transformar em um grande time. Sem tirar os méritos do Corinthians”, opinou. Contudo, reforçou: “Esse Real Madrid é forte, mas não é difícil de ser batido, dá jogo.”

Falando sobre jogadores, o comentarista do SporTV entrou na discussão sobre quem jogou mais, Renato Portaluppi ou Cristiano Ronaldo e, na avaliação de Noriega, embora na carreira o português esteja à frente de Renato, ídolo e atual técnico do Grêmio, para ele o brasileiro tinha mais talento no início, jovem. “Diria que o Renato nasceu com mais talento do que o Cristiano Ronaldo, mas o Cristiano Ronaldo construiu uma carreira, é um dos maiores jogadores da história do futebol”, comentou.

“O Renato na Roma não se dedicou , não foi um profissional como Cristiano Ronaldo. Ali era a grande oportunidade, saiu do futebol brasileiro, vai para um clube que na época ainda tinha uma grande visibilidade na Europa, ainda vivia do que o Falcão tinha construído lá, mas o Renato não se dedicou na Roma”, acrescentou Paulo César Vasconcellos.

“Naquela época também não tinha o peso do prêmio do Melhor do Mundo. Os jogadores hoje dão muita importância, até por uma questão de marketing, e a diferença hoje do futebol europeu para o brasileiro é muito maior do que naquela época”, ponderou Noriega.

“Alguns jogadores brasileiros [do passado], vou citar dois: Renato, que foi para a Roma, e Edmundo, que foi para a Fiorentina. Eles foram para esses clubes, mas não se deram conta do que isso poderia representar na carreira deles”, disse PC, no que Noriega comentou: “Digo até mais: o Edmundo, em 1997, seguramente se não foi o melhor jogador do mundo, ele foi um dos três jogadores do mundo.”

“Jogava no Brasil, aí ninguém viu”, observou Paulo César Vasconcellos.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
Topo