UOL Esporte vê TV

Dividido por emoções, Dan conta que uma hora optou por ver jogo corintiano

UOL Esporte

12/10/2017 11h28

Reprodução/SporTV

O ator Dan Stulbach viveu uma noite de emoções em frente à televisão na noite da última quarta-feira. Com um capítulo da novela “Força do Querer” sendo transmitido simultaneamente ao uma parte do jogo do Corinthians contra o Coritiba, Dan não largou do controle remoto até um momento que não teve mais jeito: teve que fazer a sua escolha e acompanhar a vitória corintiana por 3 a 1 com dois gols de Clayson no final.

“Eu estava dividindo até uma hora.. Daí (pensei) ‘gente, eu vejo no Globoplay amanhã, vamos resolver esse jogo’”, contou o ator durante participação no programa “Redação SporTV” nesta quinta-feira.

No capítulo de quarta de “A Força do Querer”, Dan teve participação na cena de maior repercussão do dia, quando o seu personagem Eugênio encontra no hospital o filho Ivan, que momentos antes havia sido espancado. Foi a primeira vez que a sua esposa Joice (Maria Fernando Cândido) reconheceu o filho como um transgênero.

No Twitter, Dan deixou transparecer sua divisão com diversos tuítes até a comemoração pela vitória corintiana. E elegeu Clayson como novo talismã, assim como um dia foi Tupãzinho.

Emoção ao rever cena

Dan Stulbach ficou com os olhos marejados ao rever a cena de ontem no programa “Redação SporTV”. “É muito comum eu voltar para a emoção de cena, é uma coisa muito maluca”, disse o ator, que também explicou como se preparou para a cena. “Eu sou um ator muito racional, tento resolver as questões racionais primeiro e me livrar delar para ficar envolvido totalmente”, disse.

Dan também comentou a importância do tratamento do tema em uma novela com grande audiência.

“É maravilhoso que na televisão, que no Brasil é muito presente e chega em todos os cantos, possamos emocionar as pessoas. Às vezes é um único acesso à cultura, e é bom que se possa trazer temas importantes para a sociedade, para desmistificar. O preconceito é filho da ignorância.
Quando consegue colocar na vitrine assunto assim, isso é maravilhoso. Que a televisão seja também um agente de provocação, de esclarecimento e de quebra do preconceito”, disse.

“Não é uma necessidade, nem obrigação.  Novela é entretenimento em primeiro lugar, mas usá-la para levar assuntos assim engrandecem nosso trabalho”, completou.

Pitacos sobre o Corinthians

Dan Sulbach também deu seus pitacos sobre futebol e comentou a ausência de Romero, que cumpria suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

“Eu prefiro o Marquinhos Gabriel ao Romero, né? Apesar do Marquinhos Gabriel também ser uma decepção”, disse ao apresentador André Rizek. E definiu assim o jogador paraguaio: “Ele cruza mal, chuta mal, drible mal, marca bem. Posição? Atacante.”

Para o ator global, a identificação de Romero com a torcida do Corinthians é muito mais pela entrega dele e por uma defesa do seu jogador, limitado tecnicamente, das críticas, mencionando a brincadeira sobre suas dificuldades para dominar a bola. Recentemente, foi alvo por isso até em programa da Globo.

“O Romero virou um case, um pouco por causa da matéria do Felipe Andreoli (no programa Esporte Espetacular), aquela história de matar a bola, não matar a bola e daí todo mundo falou: ‘Estão tirando sarro do Corinthians, vamos defender o Romero, o Romero é nosso’. Ele realmente tem uma participação muito intensa de marcação, de participação no jogo que o corintiano gosta muito. Qualquer torcedor, na verdade, gosta de ver o seu jogador lutando por toda bola, mas eu particularmente acho ele pobre tecnicamente”, avaliou.

“De repente, eles (jogadores) estão nos ouvindo agora lá no treinamento e eu estou sendo xingado. Acho que ele participa bem do jogo e importante para determinados jogos, mas não é um jogador que eu sinta falta. Acho que pode ser facilmente substituído. Vai se perder em marcação, mas se ganha em criatividade, o que eu, particularmente em alguns jogos, principalmente jogando em casa, prefiro”, finalizou.

 

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
Topo