UOL Esporte vê TV

Cleber Machado se diz ‘assustado’ com fiascos internacionais de brasileiros

UOL Esporte

21/09/2017 15h25

Mau futebol do líder disparado do Brasileirão contra o Racing incomodou Cleber Machado (Reprodução/SporTV)

Em longa fala no programa “Seleção SporTV”, o narrador da Rede Globo, Cleber Machado, demonstrou extrema preocupação com os fiascos de clubes brasileiros em competições internacionais. Flamengo, Palmeiras e Atlético-MG já haviam sido eliminados da Libertadores, o Santos caiu na noite de quarta-feira (20). O Botafogo também eliminado, mas nesse caso foi um duelo nacional contra o Grêmio. E o Corinthians deixou a Copa Sul-Americana, após confrontos com o argentino Racing.

“Os times brasileiros pegam uma pilha desnecessária, e o mais interessante é que depois de toda a rodada que a gente se dá mal, o papo é esse: ‘Ah, pegamos a pilha, fomos imaturos, ah o juiz nos prejudicou’. Na boa, o time do Racing jogou firme, jogou pesado, até em uma hora ou outra provocou, mas os nossos são todos jogadores que jamais fazem nada que possa ser criticado? O Corinthians não jogou bem. Fez um primeiro tempo, a partir da metade, em São Paulo, de razoável para bom e no segundo tempo foi mal. Ontem, praticamente não criou chance de gol. O Racing jogou como time copero, precisava empatar 0 a 0 e jogou e empatou 0 a 0”, analisou sobre a partida, que narrou pela Globo na noite de quarta-feira (20).

O narrador, que disse assustado com o baixo nível local, lembrou, inclusive, que esse Corinthians, que tão mal jogou na Argentina, no empate sem gols, é o mesmo time que lidera com muita folga o Campeonato Brasileiro. “Precisaria pensar se o futebol brasileiro esta jogando direito. Libertadores e Sul-Americana, os confrontos Brasil contra outros países, qual foi o time que se deu bem? O Racing, que hoje é diferente do time da Academia, mas jogaram na boa contra o Corinthians, e estamos falando do líder disparado do Campeonato Brasileiro. Não me parece razoável que o futebol brasileiro não raciocine se está dançando conforme a música atual do futebol. É muito assustador que nesses confrontos contra adversários estrangeiros a gente tenha tanta dificuldade para passar”, indignou-se.

“Os nossos times estão há algumas temporadas, para não dizer há muitas temporadas, jogando um futebol que aqui dentro você equipara, tem uma rodada que vai muito bem, outra vai mal, porque o estilo é meio parecido. Agora, na hora de ir para competição (internacional), não é à toa, gente, que há três não põe um brasileiro na final da Libertadores. Este ano o Grêmio tem a possibilidade, mas enfrentar um adversário, como se viu, enjoado (Barcelona de Guayaquil)”, alertou.

Cleber ainda observou que o futebol dos clubes brasileiros carece de individualidades, de atletas que resolvam: “Quando a gente tem um ou outro jogador que faz diferença, um time muito arrumado, a partir do Internacional em 2010, Santos em 20122, o Corinthians em 2012 e o Atlético-MG em 2013, eram times que jogavam muito bem e tinham jogadores que resolveram as paradas mais difíceis. Hoje, a gente tem uma carência de jogador que resolva o jogo. Acho até que hoje não é mais um futebol de individualidades apenas, mas a individualidade é que vai fazer a diferença. Não adianta o Real Madrid ser um time super bem montado e não ter o Cristiano Ronaldo para meter gol”, comentou.

“O futebol brasileiro passou a marcar muito melhor. Agora, nós estamos atacando bem, conseguimos passar por qualquer sistema de defesa com alguma facilidade, com alguma criatividade? ‘Ó, não ganhou, mas conseguiu, criou duas, três, quatro (chances claras)’. Esse me parece hoje o grande problema. A seleção brasileira está jogando de uma maneira que alguma coisa tenha a ver com os times brasileiros?”, questionou.

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
Topo