PUBLICIDADE
Topo

Ex de novo presidente da CBF perde programa na TV após separação e desabafa

UOL Esporte

22/05/2014 12h29

Galan

Provar sua competência e que sua carreira não era fruto apenas pela influência do ex-marido. É isso que Carolina Galan planeja após se separar do novo presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, e pouco depois ter perdido o programa que apresentava na Rede Vida.

A jornalista era apresentadora de um programa de auditório infantil da federação que era transmitido pela Rede Vida, chamado Futebol e Criança. Ele era produzido pela FPF (Federação Paulista de Futebol), que comprava espaço na emissora para sua transmissão.

Mas foi encerrado no começo de maio, aproximadamente um mês depois que da separação com o ex-presidente da Federação Paulista de Futebol. Atualmente, Galan vai até a sede da entidade máxima do futebol de São Paulo, só que não faz gravações. Ela não diz que o fim de sua antiga atividade ocorreu como possível retaliação del Del Nero pela separação e afirma apenas que tem novos projetos para o futuro.

"O que eu posso adiantar é que a web tv da FPF está sendo reformulada, onde eu faço parte do novo jornalismo na bancada e também assumi a apresentação do programa antes mesmo de qualquer envolvimento com o presidente. Fui julgada por ter benefícios devido ao meu casamento, no entanto, o programa esteve no ar três anos, onde fomos sucesso de audiência e crítica, provando que acima de qualquer relação, existia profissionalismo, competência e muita dedicação", falou ao UOL Esporte.

"Qualidades estas que me abriram muitas portas por ser competente e não simplesmente por ser mulher do presidente. Como me separei, decidi aproveitar estas portas e dar outra direção em minha vida profissional e uma forma que me faça ser lembrada somente pelo meu trabalho", continuou.

O diretor do antigo programa de Galan, Valter Leite, disse desconhecer os motivos que levaram ao encerramento. Mas adiantou que um novo modelo similar ao Futebol e Criança será lançado, mas sem a apresentação da ex-mulher de Del Nero.

"Vamos fazer um programa pro segundo semestre chamado CBF: Criança, Brasil e Futebol. Mas não será ela (a apresentadora). O programa antigo saiu para este novo. Fui pego de surpresa", falou. "Não posso dizer se foi pelo fim do relacionamento ou não. Só fui comunicado que o programa iria acabar."

Galan começou a trabalhar na Federação Paulista de futebol em 2010, como uma modelo que apresentava eventos como lançamento da bola das competições e sorteio das equipes. Depois, virou apresentadora da TV FPF e ganhou o programa na Rede Vida.

Nos tempos em que ainda estava junto com Del Nero, era comum ver em jogos organizados pela FPF, exceto a Série A1, placas com o nome de uma apresentadora em destaque, até maior do que o próprio nome do programa.

Del Nero foi eleito presidente da Confederação Brasileira de Futebol para um mandato que se inicia em 2015 e vai até 2018. O UOL Esporte tentou falar com o dirigente, mas não conseguiu contato.

José Ricardo Leite e Leandro Carneiro
Do UOL, em São Paulo

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV