PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Premiação tem bronca de diretor a Galvão em tom de brincadeira e ausências

UOL Esporte

10/12/2013 06h00

Bem, Amigos
Crédito da foto: Reprodução/SporTV

O programa Bem, Amigos! desta segunda-feira ganhou caráter especial, por ser palco da entrega dos prêmios do Brasileirão após o cancelamento da festa anual promovida pela CBF. Mas Galvão Bueno não teve vida fácil no início do programa. Como se não bastasse entrar no ar com mais de meia hora de atraso, devido à demora do jogo entre Sollys/Osasco e Amil Campinas pela Superliga feminina de vôlei, o apresentador começou a atração anunciado que quase não apareceu para participar, já que estava sofrendo com uma gripe. Nada, porém, que lhe tirasse sua característica mais tradicional: o monólogo.

Galvão abriu o programa com uma longa crítica à briga de torcidas que aconteceu no domingo na partida entre Atlético-PR e Vasco, em Joinville, e deu sequência com seus costumeiros elogios aos convidados, entre eles o músico Toquinho. Mas ao tentar brincar com um dos nomes fortes da Globo em São Paulo, levou o troco.

Primeiro, o apresentador pediu que o câmera filmasse Marco Mora, diretor-executivo do Esporte da emissora, ao que prontamente ouviu que seria demitido. Galvão insistiu, e Mora o repreendeu, em tom de brincadeira: "Ele falou que está com gripe, imagina se não estivesse com gripe. Ninguém falava", disse o diretor ao lembrar que nos 30 primeiros minutos da atração praticamente só Galvão Bueno falou.

A apresentação de Galvão Bueno foi em parte dividida com os narradores Luís Roberto e Cleber Machado. O segundo ainda "fugiu" após fazer sua participação.

"Cléber vazou rapaz. Apresentou a parte dele e foi embora, sumiu. Acho que foi comer alguma coisa. Pelo que eu conheço, foi comer alguma coisa", afirmou o apresentador.

O programa teve um problema com a entrada de Marcelo Oliveira, melhor técnico do Brasileirão, no palco. O treinador do Cruzeiro recebeu o troféu durante um clipe que mostrava suas imagens durante o torneio e gerou uma reclamação de Galvão.

"A ideia teria sido mostrar o clipe primeiro, nós estamos ao vivo, as coisas assim acontecem. Deveria ser o clipe primeiro para que apareça ele recebendo o troféu", falou o narrador.

A festa ainda foi marcada pela ausência de alguns premiados como o lateral Marcos Rocha, que viajou com o Atlético-MG para o Marrocos, onde a equipe mineira disputará o Mundial. Quem também não pôde receber o troféu foi o zagueiro Manoel, do Atlético-PR. Ele teve uma queda de pressão durante a atração e saiu do estúdio.

Veja quem foi premiado nesta noite:

Goleiro – Fábio (Cruzeiro)
Lateral-direito – Marcos Rocha (Atlético-MG)
Zagueiros – Dedé (Cruzeiro) e Manoel (Atlético-PR)
Lateral-esquerdo – Alex Telles (Grêmio)
Volantes – Nilton (Cruzeiro) e Elias (Flamengo)
Meias – Everton Ribeiro (Cruzeiro) e Paulo Baier (Atlético-PR)
Atacantes – Ederson (Atlético-PR) e Walter (Goiás)
Técnico – Marcelo Oliveira (Cruzeiro)
Melhor do Brasileirão – Everton Ribeiro (Cruzeiro)
Artilheiro – Ederson (Atlético-PR)
Revelação – Marcelo (Atlético-PR)
Craque da Galera – Hernane (Flamengo)
Fair play – Vitória
Árbitro – Paulo César de Oliveira
Auxiliares – Carlos Berkenbrock e Emerson de Carvalho

 

VOTE: QUAL O MELHOR APRESENTADOR ESPORTIVO DO BRASIL?

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV