Topo
UOL Esporte vê TV

UOL Esporte vê TV

Ao lado do irmão, Oscar constrange humorista no Altas Horas

UOL Esporte

17/11/2013 07h26

Untitled

Crédito: Reprodução/TV Globo

Os irmãos Oscar e Tadeu Schmidt foram dois dos entrevistados por Serginho Groisman no programa Altas Horas, da TV Globo, exibido na madrugada de sábado (16) para domingo (17). A atriz Leandra Leal, que está envolvida em um documentário sobre a origem dos travestis no Brasil, foi a outra convidada. Um momento especial, porém, pautou o programa.

Groisman conduziu a entrevista com a dupla sem problemas e fez perguntas sobre temas já conhecidos quando se trata do ex-jogador de basquete, como a conquista do Pan de 1987 e a relação de Oscar e Tadeu com o sobrinho Bruno Schmidt, jogador de vôlei de praia que vem conquistando bons resultados no Circuito Mundial em 2013. As fotos da família Schmidt também foram mostradas no telão do cenário.

Em um dado momento, os participantes da atração tiveram que brincar com um humorista. O quadro do programa teve Oscar entrevistado por Rudy Landucci, que faz o personagem Mano Brownson (imitação do rapper Mano Brown, vocalista dos Racionais MC's). Mão Santa, como era chamado quando jogava, aparentemente foi surpreendido com a interação com Landucci e teve uma recepção hesitante.

O humorista começou o quadro (em que a luz do estúdio baixa e apenas o personagem e o convidado ficam em foco) brincando e arrancou risadas do ídolo do basquete brasileiro. Landucci ainda perguntou: "Você considera esse dia (da final do Pan de 87) uma espécie de Peal Harbor do basquete?". Oscar riu e respondeu: "Provavelmente, sim".

Em seguida, o personagem abriu um rolo gigante de papel e enalteceu os recordes do ex-jogador para perguntar: "Você é uma espécie de Guiness Book humano?". Oscar hesitou e disse: "Onde você arrumou esse cara, Serginho?". Em meio a risos, completou: "Você foi na escola?"

Ao ouvir que a escola do personagem "é a vida", Oscar tentou encerrar a 'entrevista': "Valeu, garoto", e estendeu a mão para cumprimentar Landucci.

Só que o humorista tinha mais uma sugestão na atração e convidou Oscar para jogar basquete. Só que o ex-atleta rapidamente cortou a brincadeira: "Não".

Um período de silêncio se sucedeu entre os convidados e a plateia. Oscar, então, explicou seriamente: "Basquete só se joga treinado e em forma. Não jogo mais basquete." Depois, brincou e justificou: "Se eu tentar sair dessa cadeira, ela levanta comigo".

O humorista, então, encerrou o quadro sem realizar mais piadas e se despediu de Oscar, levantando e cumprimentando o ex-atleta: "Você quebrou minhas pernas".

Em maio de 2013, Oscar anunciou que retirou um tumor do cérebro numa luta contra câncer que vem desde 2011. O tema não foi abordado no programa, apesar de Landucci fazer referência ao espírito guerreiro e de superação do ídolo.

O outro irmão Tadeu – em tom mais leve – seguiu os passos tradicionais de sua apresentação no Fantástico: preferiu fazer brincadeiras e fez uma comparação inusitada. Para o jornalista, a vitória do Brasil sobre os EUA no basquete do Pan-Americano de 1987, quando Oscar foi o cestinha, é uma zebra do nível que seria uma derrota de Usain Bolt nas Olimpíadas.

Oscar Schmidt

Oscar Schmidt

[tagalbum id="18061″]

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

Mais UOL Esporte vê TV