UOL Esporte vê TV

Junior estreia na Libertadores em SP, canta bola do jogo e "culpa" D. Souza por queda vascaína

UOL Esporte

24/05/2012 06h00

Ricardo Zanei, em São Paulo


Foto: Andre Penner/AP Photo

Subiu a plaquinha, e rolou substituição no time da Globo na Libertadores. Saiu Caio Ribeiro, entrou Junior. Trocar um atacante por um volante – ou seria um lateral? – não se mostrou uma alteração defensiva. O ídolo do Flamengo estreou no torneio (pelo menos para quem acompanha a competição em São Paulo) na ofensiva: cantou a bola do jogo e citou o gol perdido por Diego Souza como determinante para o resultado. A vitória corintiana por 1 a 0 eliminou o Vasco e colocou o time paulista na semifinal.

Não houve um enfrentamento entre Rio e São Paulo na transmissão global, nem puxação de sardinha para um dos lados. Junior apareceu mais vezes durante o jogo, mas com frases curtas. Casagrande ficou meio escondido, mas, quando falou, falou bastante. Arnaldo César Coelho completou o trio de comentaristas, dessa vez, sem polêmica: se, no primeiro jogo, um impedimento vascaíno foi o assunto da semana, dessa vez, o ex-árbitro só teve trabalho no fim, quando decretou que o lance que originou o gol do Corinthians foi legal.

Leia também: >> Corinthians faz gol no fim, vence o Vasco e chega pela 2ª vez à semifinal
>> Herói da classificação, Paulinho diz: “está difícil de falar, é com a cara do Corinthians”

A bola de cristal
Os dois times fechados no primeiro tempo influenciaram os comentários, que tenderam para a neutralidade. Ninguém se arriscava em campo, e o comportamento se refletia fora dele. Junior afirmou algo um tanto óbvio, mas que se mostrou premonitório: “Acho que quem tomar um gol vai ter dificulade de reverter.”

“No segundo tempo, alguém vai ter que se soltar, e eu acho que será o Corinthians”, disse Junior. Com o fim do jogo se aproximando, ele voltou a “pressionar” o time alvinegro. “Acho que o Corinthians sofre um pouco mais essa pressão pela torcida, pelo fato de jogar em casa.”

Instantes antes do gol salvador de Paulinho, Junior tirou a bola de cristal do bolso. “Se tiver qualquer vacilo, o castigo é grande”, afirmou, pouco antes de o volante marcar de cabeça. “O jogo estava se apresentando dessa forma. Talvez a única bola que o Vasco tenha perdido no jogo aéreo em toda a partida foi a bola do Paulinho.”

Leia também: >> D. Souza explica chance perdida na eliminação: “escolhi a melhor opção”
>> Cássio diz que esperou ao máximo Diego Souza definir a jogada para salvar o Corinthians

O vilão
Ao fim da partida, o gol perdido por Diego Souza foi lembrado, e o ex-flamenguista mais uma vez falou sobre como um jogo pode ser definido em um único lance. “A bola do Diego era a bola do jogo. Foi um descuido da defesa do Corinthians que proporcionou a chance para o Vasco, assim como um descuido da defesa do Vasco proporcionou a chance para o Corinthians”. Casagrande concordou. “O jogo foi muito igual. Estava truncado e foi decidido em um detalhe. O Corinthians falhou, e o Diego Souza não conseguiu fazer o gol. O Vasco falhou na bola aérea, e o Corinthians fez o gol.”

Apito afiado
Enquanto os corintianos faziam festa no Pacaembu, os jogadores do Vasco reclamavam da jogada que originou o escanteio do qual saiu o gol de Paulinho. Os vascaínos achavam que o árbitro Leandro Vuaden não deveria ter permitido a cobrança rápida de uma falta. Foi a vez de Arnaldo entrar em ação. “Ele está certo em deixar a falta ser batida, a determinação é essa. O Vasco não tem que pedir para fazer a barreira. O Corinthians bateu rápido, o lance foi normal”. Fim de jogo. Dessa vez, sem polêmica.

Leia também: >> Cristóvão fica no Vasco e diz que que “gol” de Diego Souza definiria vaga

Leia também:
Emelec 0 x 0 Corinthians >> Globo evita Júlio César e enche a bola de Cássio em empate do Corinthians na Libertadores
Corinthians 3 x 0 Emelec >> Casagrande critica recuo desnecessário e “mania de ganhar por 1 a 0″ do Corinthians
Vasco 0 x 0 Corinthians >> Jornal da Globo tira dúvida com tira-teima; na Fox Sports, ex-árbitro diz que gol vascaíno foi legal

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
UOL Esporte vê TV
Topo