PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Fox Sports estreia em jogo brasileiro na Libertadores com novo bordão: "ligue e peça"

UOL Esporte

08/02/2012 07h39

"Tudo de bom pra você!". Foi assim, com o seu tradicional bordão, que o narrador João Guilherme começou a transmissão de Fluminense x Arsenal Sarandí, na noite desta terça-feira. Era a estreia do Fox Sports Brasil em uma partida envolvendo brasileiros na fase de grupos da Copa Libertadores, evento do qual tem exclusividade na TV fechada. Mas, durante o jogo, o telespectador deve ter notado que o bordão da transmissão, na verdade, era outro.

"Se você ainda não tem Fox Sports na sua operadora, ligue e peça. Exerça o seu direito". Com certeza, essa foi a frase mais repetida por João Guilherme em toda a transmissão. De acordo com a contagem do UOL Esporte, foram 10 repetições. No intervalo e no fim do duelo, o apresentador Eduardo Elias ampliou para 12 vezes a frase da noite.

O pré-jogo diferente
Antes do início da partida, marcada para as 22h (horário de Brasília), um burburinho foi crescendo nas redes sociais: em que canal acompanhar a estreia do Flu? O motivo: o sinal do Fox Sports, até o momento, está praticamente restrito à Nossa TV, operadora de TV por assinatura de propriedade do missionário R.R. Soares. Oi TV, TVA e Via Embratel, na teoria, estão em vias de disponibilizar o canal, mas não informam quando isso vai acontecer.

O maior problema para o Fox Sports, que iniciou suas atividades no último domingo (05), diz respeito às operadoras NET e Sky, detentoras de mais de 70% do mercado nacional. A NET diz que negocia, mas se cala sobre prazos. Já a Sky ainda não se pronunciou sobre a entrada do canal em sua grade.

Faltando cerca de 10min para o início da partida, o apresentador e comentarista José Ilan divulgou em seu perfil no Twitter que o sinal da Fox Sports seria veiculado no canal do Speed Channel, de propriedade do grupo Fox e presente nas grades NET e Sky. Em seguida, o perfil do Fox Sports confirmou a notícia, tanto no Twitter como no Facebook. Já na madrugada, Ilan disse no microblog que "a decisão de abrir o sinal foi tomada às 21:10hs".

O jogo
A transmissão seguiu o padrão de qualidade SporTV/Globo, especialmente pela equipe e pelas vozes presentes, já conhecidas do torcedor. O narrador João Guilherme, os comentaristas Paulo Julio Clement e Carlos Eugênio Simon, e o repórter Victorino Chermont passaram pelos canais globais. Fernando Caetano, ex-ESPN, completou o time no Engenhão.

Enfim, bola rolando. E foi aí que João Guilherme, um dos melhores narradores do país, chegou a cansar o torcedor com referências ao canal. Além do "ligue e peça", outras frases ganharam destaque, como "O Fox Sports é o canal da Libertadores", usada, no mínimo, 6 vezes. "Todos os jogos da Libertadores no Fox Sports", 4 vezes. Outro feito exaltado foi o número de transmissões de jogos ao vivo do torneio nesta semana: "10 jogos", 4 vezes.

Aos 18min do primeiro tempo, João Guilherme protagonizou um dos lances mais divertidos da partida. "Todos os jogos da Libertadores no Fox Sports. Aliás, se você ainda não tem o Fox Sports, olha lá, vem o Arsenal…", interrompeu o narrador, antes de falar sobre o lance de impedimento de Zelaya. Após consultar Simon sobre a jogada – o comentarista disse que o árbitro tinha acertado no lance, mas as câmeras imediatamente mostraram que não -, João Guilherme voltou ao texto. "Você não tem Fox Sports na sua operadora? Ligue e peça. Exerça o seu direito. Torcemos juntos!", completou.

Em comparação, o "que desagradável", um dos bordões mais famosos e engraçados do narrador, foi utilizado em apenas duas oportunidades. No fim do primeiro tempo, aos 45min, quando Anderson furou uma bola no meio-campo, e aos 18min da segunda etapa, quando a placa subiu para substituição no Arsenal, mas confundiu um jogador do Flu. "Que desagradável, o Deco achou que o 20 era ele", disse.

As transmissões das partidas entre Vasco x Nacional (URU), às 22h, desta quarta, e Inter x Juan Aurich (PER), às 20h, desta quinta, também foram anunciadas pelo menos 4 vezes, "todas no Fox Sports". Mas, quem sabe, pode ser no Speed Channel.

O pós-jogo
Ao fim da partida, depois de entrevistas com Thiago Neves e Fred e de um breve intervalo comercial, Edu Elias chamou a equipe no Engenhão. O torcedor, aquele mais habituado com as transmissões convencionais, deve ter achado estranho. Enquanto João Guilherme falava sobre o jogo com Clement e Simon, a câmera, estática, mostrava um estádio se esvaziando. Enquanto o narrador se despedia, a imagem foi cortada para outras câmeras, que também traziam a saída dos tricolores.

Já quem ficou com a TV ligada no Speed Channel depois da despedida de João Guilherme e companhia assistiu a algo, no mínimo, curioso. Edu Elias, dos estúdios, anunciou que, em seguida, começaria a transmissão de Chivas (MEX) x Deportivo Quito (EQU), com início previsto para 00h15, e chamou o intervalo comercial. Ao invés da propaganda, a mágica. O relógio marcava 00h06 quando o logo do Fox Sports foi trocado pelo do Speed Channel, e o jogo da Libertadores deu lugar ao Mundial de Superbike. Que desagradável…

Sobre o Blog

A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto.

UOL Esporte vê TV