Blog UOL Esporte vê TV

Arquivo : rede globo

Globo faz tira-teima “torto” no clássico e vira piada nas redes sociais
Comentários Comente

UOL Esporte

tirateimaA TV Globo demorou apenas alguns segundos para mostrar o tira-teima do gol anulado de Paolo Guerrero, o primeiro lance polêmico de Palmeiras x Corinthians deste domingo, no Allianz Parque. Só que a linha amarela que costuma solucionar os impedimentos não ajudou muito o telespectador que estava com dúvida.

Como mostra a imagem reproduzida da Globo, o tira-teima estava torto. O erro provavelmente foi causado pelo posicionamento da câmera no estádio palmeirense, já que a visão do campo não estava centralizada. A linha da grande área evidencia a confusão.

O jogo acabou 1 a 0 para o Corinthians.

O erro, é claro, não passou batido. No Twitter, dezenas de usuários destacaram a confusão.


Palmeirenses se revoltam com nome de arena e criam apelido para Globo
Comentários Comente

UOL Esporte


Os palmeirenses estão revoltados com a RGT. Não conhece? Esse é o novo nome que a torcida criou para a Rede Globo de Televisão. O Sportv também virou SPV.

A criação é resultado da raiva dos torcedores com o fato da emissora não citar o verdadeiro nome do estádio palmeirense, o Allianz Parque. A opção foi usar o termo Arena Palmeiras.

A ação já colocou avisos entre os primeiros lugares nos tópicos mais comentados no Twitter, virou febre no Facebook e tem virado notícia em fóruns de discussões em outras plataformas de interação.

A orientação da Globo, aliás, é para que isso seja cumprido em todos os seus braços jornalísticos. Ou seja, o nome certo não é citado nem no canal aberto, nem no site da emissora e tampoucou nos canais por assinatura que estão sob a administração global.

Embora a orientação venha da cúpula, os repórteres sofrem com as reclamações diárias na rede social. Qualquer postagem tem como resposta xingamentos e avisos: “É Allianz Parque, Rede Globo”.

No amistoso da semana passada, entre Palmeiras e Red Bull, o time do interior de São Paulo ganhou defesa dos palmeirenses, uma vez que a emissora usou o nome de RB Brasil e modificou até o símbolo da equipe paulista.

Leia também: Alteração no escudo do Red Bull pelo Sportv lembra propagandas autoritárias

Neste domingo, a revolta ganhou, ainda, um novo capítulo. O fato do Fantástico optar por não exibir os gols do Palmeiras na estreia do Paulista colocou, mais uma vez, a briga entre palmeirenses e Rede Globo entre os assuntos mais comentados da internet. Neste caso, porém, os palmeirenses não estão sozinhos, já que é de praxe no programa mostrar somente os gols de domingo, e o jogo do alviverde aconteceu no sábado.

Enquete: Qual o melhor estádio para se assistir futebol no Brasil?


Galvão pós-7 x 1 é mais contido com a seleção brasileira
Comentários Comente

UOL Esporte

galvo

Nada de ufanismo exagerado, confiança ou dizer que os talentos brasileiros são acima da média no futebol mundial. Depois do vexame da seleção na Copa do Mundo, Galvão Bueno parece mais contido com time nacional. Neste sábado, no primeiro confronto de peso do time de Dunga, o narrador da Rede Globo deixou claro que o momento é de reconstrução.

“Me pareceu correto [o sistema de Dunga]. A Argentina é melhor? Vamos fechar então”, disse ele no primeiro tempo do jogo, antes de Diego Tardelli abrir o placar, quando Messi e companhia pressionavam e criavam chances contra o gol de Jefferson.

Ciente de que o Brasil está atrás de seus maiores rivais, Galvão Bueno refletiu isso em sua narração. Destacou a qualidade do técnico da Argentina, Tata Martino, repetindo que ele comandou o Barcelona na última temporada; rasgou elogios a Messi e Di Maria, destaques do futebol no Velho Continente; e só não perdoou Aguero, que para ele está abaixo dos colegas de seleção.

Sobre o Brasil? Elogios tímidos ao começo de trabalho de Dunga e às atuações de Neymar no Barcelona. No geral, muita cautela do narrador. Quando o comentarista Juninho Pernambucano ensaiou uma comemoração, Galvão colocou o pé no freio.

“Calma, vamos esperar o jogo acabar”, disse o narrador, como quem espera uma surpresa desagradável a qualquer momento.

A reação, como se sabe, não veio. O Brasil bateu a Argentina com dois gols de Diego Tardelli, para alegria do narrador. Só que o bordão oficial do clássico só veio a três minutos do fim, em tom de alívio.

“Agora sim, vamos nos aproximando do fim e dá para falar. Ganhar é bom, mas ganhar da Argentina é muito melhor!”, ratificou Galvão Bueno, feliz com a vitória.


Ronda encara apresentadora da Globo e diz: “tem que pagar para te machucar”
Comentários Comente

UOL Esporte

02
Campeã dos pesos galos do UFC, a norte-americana Ronda Rousey gravou um quadro do Esporte Espetacular durante sua passagem pelo Brasil. A lutadora subiu no octógono com Glenda Kozlowski e deu uma aula à apresentadora.

Ronda explicou como aplicar suas famosas chaves de braço e, esbanjando simpatia, falou sobre sua carreira e sua nova empreitada no cinema como atriz no filme Mercenários 3.

“Como foi meu o primeiro filme, trabalhando com todos aqueles astros, eu nem acreditava”, revelou a lutadora.

Em um momento em que as duas ficaram com a guarda alta, simulando a trocação, Ronda aproveitou para brincar com a apresentadora. “Não se preocupe, você tem que pagar milhões de dólares para eu te machucar”, disse a norte-americana.

No fim, Ronda e Glenda fizeram uma encarada igual às feitas nos eventos do UFC antes de caírem na gargalhada.

Após a exibição da reportagem, o apresentador Ivan Moré ainda aproveitou para fazer uma brincadeira. “Encarar com o rostinho assim [colado] eu até encararia”, disse.

01


Com Giba, Daiane e Maurren, Globo apresenta comentaristas para Rio-16
Comentários Comente

UOL Esporte

140803globo615

Imagem: Reprodução/Rede Globo

A Rede Globo apresentou neste domingo no Esporte Espetacular sua equipe de comentaristas para a Olimpíada de 2016. O time será formado por nove personalidades do esporte, reforçado com Giba, recém aposentado no vôlei. Destes, apenas Fabi e Maurren seguem em atividade como atleta.

Os nove comentaristas para os Jogos Olímpicos são: Giba, Tande e Fabi (para o vôlei), Daiane dos Santos (ginástica olímpica), Flávio Canto (judô), Hortência (basquete), Shelda (vôlei de praia), Gustavo Borges (natação) e Maurren Maggi (salto em distância).

A apresentadora Glenda Koslowski se emocionou um vídeo sobre o histórico dos novos comentaristas olímpicos.

“Como é que vai ser Olimpíada em casa?”, perguntou Glenda para a Hortência.

“Estou muito feliz, emocionada como você. Estarei em mais uma Olimpíada, agora não dentro da quadra, mas fora dela”, disse a Rainha do Basquete.

Na terça-feira faltarão exatos dois anos para o começo das Olimpíadas do Rio de Janeiro.


Leifert tira braço de ferro com ‘mais forte do mundo’. E vence
Comentários Comente

UOL Esporte

TIAGO

Tiago Leifert roubou a cena durante o Esporte Espetacular deste domingo. Escalado para transmitir um evento que reuniu os ‘atletas mais fortes do mundo’, o apresentador esbanjou bom humor e desafiou um dos grandalhões para a disputa de um braço de ferro.

Leifert resolveu desafiar o lituano Zydrunas Savickas, vencedor do Força Bruta, evento que testou a força dos enormes competidores.

Para ter uma chance, Leifert pediu para  começar com vantagem na disputa, já próximo de bater a mão do campeão contra a mesa.

Enquanto o apresentador visivelmente fazia muita força, o lituano simplesmente mantinha o braço estendido, sem se esforçar. No fim, o atleta permitiu a vitória de Leifert.

“Sabe de nada, inocente. Aqui é Tiago Leifert! Eu te disse, sou um cara muito intimidante. Foi por isso que me escolheram para esse evento, têm medo de mim. Eu, o homem mais forte do mundo, ao lado desses caras que são coadjuvantes”, brincou o apresentador.


De saia justa de Galvão a carta erótica; relembre as gafes do esporte na TV
Comentários Comente

UOL Esporte

2013 foi um ano repleto de transmissões esportivas na TV Brasileira. O UOL Esporte separou as gafes que deram o que falar e bombaram redes sociais durante o ano.

Teve palavrão de Milton Leite, carta erótica divulgada por engano, gargalhadas de Paulo Soares e torcedores colocando Galvão Bueno e Cléber Machado em ‘saias-justas’. Assista abaixo:


Repórter da Globo ataca de chargista e acorda até de madrugada para criar
Comentários Comente

UOL Esporte

Enquanto a maioria dos repórteres do Globo Esporte ataca os controles de videogame para desanuviar o estresse, Renato Peters saca uma caneta e pega papel. Já veterano na equipe, tendo chegado à redação de São Paulo em 2006, o jornalista reencontrou uma paixão da infância recentemente, voltou a desenhar apenas por diversão e, ao publicar em redes sociais seus desenhos, surpreendeu-se com o alcance a repercussão encontradas.

Leia também

  • Premiação tem bronca de diretor a Galvão em tom de brincadeira e ausências
  • Faustão usa briga no Brasileirão para criticar a Copa do Mundo

A brincadeira que pode virar carreira paralela não tem limitações, seja na criatividade quanto na produção. Um dia Peters pode rabiscar sobre as quedas de Vasco e Fluminense, e em outro retratar a violência no Brasil usando o caso da “Monica Parade”. As ideias, por sua vez, surgem ao acaso: durante o trabalho, nas horas de folga ou até no meio da noite.

“A criação é uma coisa meio louca. Às vezes minha mulher até briga comigo, porque saio da cama no meio da noite e começo a desenhar”, ri ele.

“Tem vezes que a ideia vem e em 20 minutos dá para terminar uma charge. Em outras, o primeiro desenho não fica bom e é preciso recomeçar. Dá para passar um dia inteiro nela. Inclusive teve uma vez que estava num jogo e rabisquei nos meus papéis de anotação mesmo uma ideia, para passar a limpo em casa. O processo é único para cada uma, baixa o espírito e eu faço.”

‘Jornalismo Leifert’ e Copa-2014

  • Arquivo PessoalPeters analisou o atual padrão do jornalismo esportivo, criado quando Tiago Leifert assumiu a direção do Globo Esporte, e comentou que não teve dificuldades com a liberdade dada aos profissionais de criar e ousar.”O Tiago trouxe uma nova linguagem, mudou o jeito de trabalhar e deu mais liberdade para termos outro tom. O Globo Esporte sempre informou levando entretenimento. E uma coisa legal da Globo é de manter as características de cada profissional. Para mim houve pouca mudança, eu sempre tentei colocar um molho mais engraçado, numa palavra, numa forma de trazer a informação.”

    Sua carreira tem como próximo grande desafio a Copa-2014, sua segunda. “Com certeza é especial sentir o clima de uma Copa, é diferente da brutalidade que temos aqui, com a rivalidade de times. O clima é diferente. Conhecemos nossos problemas e sabemos como as coisas precisarão sair por causa do prazo, mas vamos ver como acontecerá durante a competição.”

A chama do Peters desenhista reacendeu com o nascimento de seu filho. Ele havia parado com o lado artístico depois da faculdade, em que participava da criação de um gibi, e resolveu fazer um quadro para decorar o quarto da criança. Depois disso, não parou mais.

“Lá na TV o povo se desestressa no videogame. Os repórteres vão para o Playstation. Eu vou para o papel e caneta. E um dia postei uma charge de brincadeira no Twitter e o pessoal retuitou. Comecei então a postar mais, sem intenção, e as pessoas gostaram. É aquela força das redes sociais, em que as pessoas dão força, falam, elogiam e criticam”, contou ele, que se inspira no irmão, também um bom desenhista, e nomes ilustres como Chico Caruso, Angeli, Glauco e Pelicano.

Os temas são variados, Peters vê no Brasil um prato cheio para quem gosta de desenhar. Até porque as charges podem servir tanto para retratar situações cotidianas e curiosas quanto para apontar com bom humor os problemas da sociedade.

Ele o fez, por exemplo, para falar de brigas de torcida e até de flanelinhas. A inspiração vem das notícias mais quentes do dia, de cenas vistas na rua ou simplesmente aparecem em sua mente. Hoje ele tem até a facilidade de receber sugestões por quem o segue na internet.

A Globo, afirma Peters, incentiva que os profissionais tenham estas opções distantes do trabalho do dia a dia para os tempos de folga. E o jornalista até sonha alto. “Minha ideia é crescer. Se algum jornal quiser, de repente…”.

Maurício Dehò
Do UOL, em São Paulo


Esporte Espetacular celebra 40 anos com choro e gafe de apresentadores
Comentários Comente

UOL Esporte

glenda

O Esporte Espetacular comemorou na edição deste domingo seu aniversário de 40 anos. A atração contou com a participação de vários personagens que fizeram a história do programa, apresentou momentos curiosos e não escapou de uma gafe.

Os ex-apresentadores do programa Luís Ernestro Lacombe, Cris Dias, Lúciana Ávila, Mariana Becker, Léo Baptista, Isabela Scalabrini, Clayton Conservani e Tande se juntaram no estúdio aos titulares Glenda Kozlowski e Ivan Moré para celebrar a data festiva.

Em uma reportagem especial sobre sua participação na história do programa, Glenda se emocionou e não segurou as lágrimas. Destaque também para o irreverente Regis Rösing, que relembrou várias de suas coberturas. Ele encerrou a matéria com o rosto envelhecido, em efeito de computação gráfica, ao projetar os próximos 40 anos da atração.

A gafe ficou por conta de Ivan Moré, em uma tentativa desastrada de ajudar Léo Baptista a chamar uma das reportagens. “É só ler no teleprompter, aquela máquina ali”, disse o apresentador, em desnecessária explicação ao veterano.

* Crédito da foto: Reprodução/TV Globo