Blog UOL Esporte vê TV

Arquivo : jorge kajuru

“Piti” de Kajuru contra Mourinho assusta espanhóis
Comentários Comente

UOL Esporte

Crédito: Reprodução

Na última quinta-feira, José Mourinho, técnico do Real Madrid, deveria ter concedido uma entrevista coletiva para os veículos de imprensa que cobrirão a final da Copa do Rei, que ocorre nesta sexta, entre Real e Atlético de Madri, no estádio Santiago Bernabéu.

Só que o polêmico treinado português prometeu e cumpriu: não apareceu na coletiva. O fato até deixou os jornalistas espanhóis bravos, mas nenhum deu um “piti” do tamanho do de Jorge Kajuru. Sim, Kajuru está na Espanha, para acompanhar a decisão pelo canal no qual trabalha, o Esporte Interativo.

Primeiro, o brasileiro pegou uma revista pré-jogo do duelo e rasgou uma foto de Mourinho em frente à câmera de seu canal. Depois, pegou o pedaço de papel rasgado e cuspiu na imagem do português.

Só que um cinegrafista espanhol registrou o “chilique” de Kajuru. Se ele percebeu não é possível notar, mas Kajuru ainda fez discurso sobre os jornalistas da Espanha presentes no local: “Diante dessa reação que eu tive aqui, só teve um ali, bobão, que deve ser amigo do Mourinho, que achou ruim. O resto todo mundo aplaudiu.”

Veja abaixo o vídeo e diga: Kajuru tem razão no “piti”?

VOTE: QUEM É O MELHOR COMENTARISTA DO PAÍS?

José Mourinho

José Mourinho

[tagalbum id="14331"]


Galvão x Renato, Amigão x Trajano… Relembre as maiores brigas em programas esportivos
Comentários Comente

UOL Esporte

A discussão entre Mário Sérgio e o jornalista Rodrigo Bueno, na FOX Sports, no último domingo, teve grande repercussão no noticiário esportivo. Ao UOL Esporte, o ex-jogador e técnico disse até que espera que ninguém seja demitido após o entrevero ao vivo, durante uma mesa redonda pós-rodada do canal.

A troca de farpas foi tão forte que o “embate” Mário Sérgio x Rodrigo Bueno entrou até para a galeria das maiores brigas em programas esportivos da TV brasileira.

O UOL Esporte Vê TV relembra aqui algumas das maiores discussões dos programas esportivos e pergunta a você, internauta: qual delas foi a mais calorosa?

Confira os vídeos e comente no fim do post!

5) MÁRIO SÉRGIO x RODRIGO BUENO – FOX SPORTS

O programa “Fox Sports Show”, do canal de televisão fechada Fox Sports, foi palco de uma discussão quente na noite do último domingo (07/04).

Apresentado por Eduardo Elias, o programa de debates sobre a rodada do final de semana do futebol no Brasil e no mundo contava com três comentaristas: Paulo Júlio Clement, Rodrigo Bueno e o ex-jogador e técnico Mário Sérgio.

E foram os dois últimos que roubaram a cena. Quando o assunto se tornou a qualidade dos treinadores brasileiros, Bueno os colocou atrás na questão de capacidade, em comparação com os melhores europeus. Mário Sérgio não gostou e começou a gritar para defender os comandantes nacionais. Assista:

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/14400017[/uolmais]

 

4) JORGE KAJURU x BOXEADOR MÁRIO SOARES – TV BANDEIRANTES

Conhecido por não ter papas na língua, o jornalista e apresentador Jorge Kajuru por pouco não se deu mal quando ainda trabalhava na TV Bandeirantes. Durante um programa em abril de 2004, ele escapou de apanhar feio.

Na ocasião, ele discutiu com o boxeador Mário Soares, convidado do programa, acusando o lutador de ter dado socos desnecessários em um adversário quase nocauteado. Soares não gostou, e partiu para cima.

Teve aí o início de uma das mais célebres discussões da história da TV esportiva no Brasil, com o auge na frase de Kajuru: “Eu não sou homem, eu sou jornalista!”. Por sorte, o narrador Sílvio Luiz estava lá para apaziguar os ânimos. Assista:

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/14400737[/uolmais]

 

3) PAULO SOARES x JOSÉ TRAJANO – ESPN BRASIL

O apresentador Paulo Soares, o “Amigão”, é famoso pelo bom humor. Isso não quer dizer, porém, que ele já não tenha dado suas estressadas na ESPN Brasil.

Durante o “Linha de Passe” do dia 24 de abril de 2006, ele ficou inconformado após o comentarista José Trajano pedir para os membros do programa pararem de falar do Palmeiras, pois o assunto já estaria saturado.

“Amigão”, que pretendia continuar tratando do Verdão, se revoltou e abandonou o programa. O pedido de Juca Kfouri (“Paulinho, volta aí”) até hoje é lembrado pelos “fãs de esporte” do canal. Assista:

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/14400736[/uolmais]

 

2) MILTON NEVES x ROBERTO AVALLONE – TV GAZETA

Os veteranos Milton Neves e Roberto Avallone protagonizaram um inesquecível entrevero na TV Gazeta, em 1997. Durante o “Mesa Redonda”, que comandava, Avallone fez acusações contra a ética de Neves, que foi ao programa se defender.

Durante 40 minutos, os jornalistas só não trocaram socos, porque, de resto, saiu de tudo um pouco. Desde “cala a boca” até a famosa frase “perdoai essa anta que não para de falar”, o tiroteio verbal foi intenso.

O ponto mais lembrado dessa história é o momento em que Milton Neves declara: “Existe um homossexual nessa mesa”. Assista ao final acalorado da discussão:

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/14400597[/uolmais]

 

1) GALVÃO BUENO x RENATO MAURÍCIO PRADO – SPORTV

Marcus Vinícius Freire, medalhista nos Jogos de Los Angeles de 1984, e superintendente de esportes do COB na Olímpiada de Londres. A simples presença do convidado durante programa “Conexão Sportv”, no último mês de agosto (durante Londres-2012), gerou uma saia justa explosiva entre o apresentador Galvão Bueno e o comentarista Renato Maurício Prado.

O entrevero entre os dois, que costumavam trocar cutucadas, começou quando Renato pediu que Galvão contasse a piada que fez fora do ar sobre a conquista da seleção brasileira de vôlei em 1984. “Fala agora o que você falou da medalha de prata deles em Los Angeles antes do programa, que só ganhou a medalha por causa de boicote”, disse o comentarista.

O comentario deixou Galvão extremamente irritado e o clima entre os dois azedou. “Isso não se faz. Tem que ter responsabilidade, estamos falando para milhões de pessoas. Em nenhum momento eu falei isso. Você foi deselegante”, afirmou o apresentador. A troca de farpas durou mais de dois minutos e Renato, em uma tentativa de conciliação, deixou Galvão no “vácuo”.

Após a mico, Renato Maurício Prado acabou deixando o Sportv e trocando o canal pelo Fox Sports. Leia o post completo e relembre a saia justa entre Galvão e RMP:

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/13141324[/uolmais]

 


Djalminha corneta Renato Maurício Prado em programa do Kajuru: “traíra”
Comentários Comente

UOL Esporte

Em seu programa Kajuru Pergunta, o apresentador e jornalista recebeu o ex-meia e craque Djalminha, que mostrou não ter papas na língua.

Ao final do programa, o ex-jogador respondeu uma série de perguntas de Kajuru, com apenas uma palavra. O entrevistador lançava um nome, e Djalminha definia em uma palavra. Na vez do jornalista do SporTv Renato Maurício Prado, o ex-atleta de Palmeiras, Flamengo entre outros, não titubeou e falou “meio traíra”.

Às gargalhadas, Jorge Kajuru indagou se existia ‘meio traíra’. Djalma então respondeu “ok, traíra”.

Entre outras respostas, Djalminha se referiu ao jornalista Juca Kfouri como “admiração”, e ao ex-jogador Marcelinho Carioca como “artista”.

Crédito da foto: Reprodução


Kajuru apresenta quadro Jô Suado no Pânico e brinca: “Um beijo do ex-brocha”
Comentários Comente

UOL Esporte


O jornalista esportivo Jorge Kajuru encarou um novo desafio neste domingo. O apresentador foi o responsável por comandar o quadro “Jô Suado”, no programa humorístico Pânico na TV, e entrou nas brincadeiras dos humoristas.

Kajuru mostrou-se empolgado no papel, interagiu com os personagens do quadro e ainda soltou uma de suas pérolas ao fim da atração. “Um beijo do ex-gordo, ex-feio, ex-diabético e ex-brocha”, disse o apresentador.

Foto: Reprodução


Dunga nega atrito com Fátima Bernardes durante Copa de 2010
Comentários Comente

UOL Esporte

Dunga foi entrevistado por Jorge Kajuru nesta terça-feira e explicou o suposto atrito com a jornalista Fátima Bernardes, que teria ficado esperando mais de 30 minutos por uma entrevista exclusiva no frio da África do Sul e que por isso teria pego uma gripe. O ex-treinador afirmou que a apresentadora do Jornal Nacional esteve na concentração para se curar de uma gripe e que em momento algum pediu entrevista coletiva.

“Ela é extremamente profissional e sabia como era a nossa organização. Ela cumpriu isso rigorosamente”, disse. Dunga disse ter conhecido o casal em um jantar, pouco antes da Copa e teve ótima impressão de ambos. “Conversamos sobre tudo, menos futebol”.

Para o comandante do Brasil no Mundial, a história foi usada por algumas pessoas da imprensa que não estavam tendo a liberdade que queriam com os atletas durante a Copa de 2010 e queriam prejudicar sua imagem diante da opinião pública. “Muitos tentaram manipular esse fato porque se essa notícia saísse no Jornal Nacional minha imagem estaria prejudicada. Mas felizmente a Fátima mostrou a personalidade”.

O ex-treinador também admite que errou na polêmica com o repórter Alex Escobar. “Ter me pronunciado com o Escobar foi um erro. É um erro grande. Todo mundo diz que ali no cargo precisa ter que ter equilíbrio, mas é muito difícil,  a pressão, adrenalina”.

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/12148040[/uolmais]

LEIA MAIS NO BLOG UOL ESPORTE VÊ TV
“Para machucar”. Ao CQC, Ronaldinho Gaúcho diz que daria carrinho em Dunga.
Baixinho fala. Veja a entrevista de Romário com Jorge Kajuru.


Romário é o entrevistado do novo programa de Jorge Kajuru; veja algumas declarações do deputado
Comentários Comente

UOL Esporte

O jornalista Jorge Kajuru estreia nesta terça-feira, às 23 horas, seu novo programa de entrevistas com o ex-jogador e agora deputado federal Romário. O UOL Esporte retransmite a estreia da atração do canal Esporte Interativo.

Na conversa, o Baixinho questiona o status de craque do santista Neymar, afirma que acredita na inocência do goleiro Bruno e diz que Edmundo foi seu único amigo no futebol. Veja abaixo alguns momentos da entrevista que vai ao ar a partir das 23h.


Neto diz que não bota mão no fogo por Milton Neves e Renata Fan
Comentários Comente

UOL Esporte

Em entrevista ao amigo Jorge Kajuru, da TV Esporte Interativo, o popular comentarista da Bandeirantes fala sobre por quem coloca a sua mão no fogo. O ex-jogador do Corinthians diz que não põe por colegas de TV, mas prestigia os amigos Edmundo e Andrés Sanchez, além de fazer elogios entusiasmados a presidente Dilma Rousseff. Assista abaixo:

[uolmais type="video" ]http://mais.uol.com.br/view/12072496[/uolmais]


Kajuru supera reloginho e esparadrapo para falar quase tudo no “Sob Controle”
Comentários Comente

UOL Esporte

Por Bruno Freitas

A metralhadora giratória de Jorge Kajuru nunca havia encontrado um lugar tão propício para ser disparada. No comando do “Kajuru Sob Controle”, no Esporte Interativo, o popular ex-apresentador encontra um formato que o convida a falar o que pensa, quase sem censura. Assim, exatamente como nos bons tempos na TV aberta, nenhuma demanda de opinião acaba em cima do muro. Aos 50 anos, o jornalista mostra energia em alta para criticar aqueles que, em sua opinião, representam o mal do futebol brasileiro.

Depois de problemas de saúde que afetaram sua visão e de desligamentos profissionais desgastante em emissoras abertas, Kajuru parece ter recuperado o ânimo de trabalhar. Junto veio de volta o melhor de sua veia crítica, tão polêmica quanto admirada, como atestam seus numerosos seguidores no Twitter. No Esporte Interativo, o comentarista propagandeia ter uma liberdade de atuação nunca antes desfrutada. Por isso, em alguns momentos, seu desempenho à frente das câmeras parece até com um espetáculo de humor stand-up, com características cênicas.

“100% de liberdade editorial você não tem em nenhuma emissora do Brasil. Mas eu diria que no Esporte Interativo encontrei a maior felicidade da minha carreira. Nunca encontrei um lugar tão bom para fazer o tipo de programa que eu queria, para ironizar, gozar. Para chamar bandido de bandido ironizando”, disse Kajuru ao UOL Esporte Vê TV.

O veterano jornalista divide o estúdio do “Sob Controle” com Kelly Dias. A jovem apresentadora funciona para Kajuru como uma espécie de escada, termo do humorismo usado para aquele comediante que prepara a piada para o protagonista da cena. Ela também tem a desafiadora missão de frear o comentarista quando é preciso, chamando o companheiro carinhosamente de “Kaju” para tentar domar a fera.

Uma das graças do programa é o relógio em contagem regressiva em que Kajuru (teoricamente) precisa encaixar sua opinião sobre determinado tema. O reloginho fica exposto na tela para que o espectador também monitore a disciplina do jornalista. Mas aí vê-se que o falastrão apresentador não está lá assim totalmente “sob controle”. Invariavelmente ele estoura o tempo de comentário, mesmo quando ganha da mediadora um minuto extra para falar.

Kajuru interage com a jovem ininterruptamente, dando uma bronca na jornalista que revela no ar o seu time e aproveitando a piada quando ela chama os comerciais e o próximo bloco. “Bloco é coisa de pedreiro, minha filha”. Mas o melhor mesmo fica para o teor de suas críticas. Veja a seleção abaixo, colhida nos programas de segunda e terça-feira (1 e 2 de agosto).

ISSO É JORGE KAJURU

Abaixo um pouco de Jorge Kajuru, aquele apresentador que hoje em dia se apresenta ao espectador como “ex-gordo, ex-diabético, ex-feio e ex-pobre” (versão adaptada de sua tradicional apresentação dos tempos de Band e RedeTV!).

Ronaldinho, como você é bonito. Acho ele lindo. Se eu fosse mulher, daria um beijo na boca do Ronaldinho Gaúcho

Para falar sobre a boa fase da estrela flamenguista

A única pessoa que manda no Felipão é a Dona Olga (esposa do treinador). Ela fala ‘Luiz’ e ele fica caladinho. Eu já fui lá na casa dele e sei como é

Comentando sobre o temperamento genioso do técnico palmeirense

Se o Corinthians continuar jogando assim, não vai ser campeão brasileiro. Quero ver quem é que tem peito na imprensa para falar isso

Palpitando sobre o futuro do atual líder da Série A

LISTINHA PARA DETONAR MANO


No “Sob Controle” de segunda-feira, Kajuru abriu o programa com uma lista que chamou de bombástica em mãos, prometendo revelar o conteúdo dela no fim da atração. Promessa feita e cumprida. Após algum suspense, o jornalista relacionou 11 treinadores que, em sua opinião, são melhores que Mano Menezes, atual comandante da seleção brasileira. Entre eles o impopular Dunga, responsável pela equipe nacional na última Copa.

Na terça, Kajuru voltou a disparar contra Mano Menezes e acabou ganhando da colega de estúdio um esparadrapo na boca. Mesmo com a brincadeira de Kelly, o comentarista conseguiu repetir a lista de “técnico melhores” e ainda apresentou outra, formada por “treinadores do mesmo nível” do comandante da seleção, em sua opinião.

LEIA A ENTREVISTA COM KAJURU

Kajuru diz ter recusado fortuna da Record e revela torcida contra seleção em 2014

 


Band vetou críticas a Ricardo Teixeira em quadro do CQC
Comentários Comente

UOL Esporte

O jornalista Maurício Stycer apurou que a TV Bandeirantes vetou críticas ao presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Convidado do CQC a dar entrevista para o quadro Resta Um, o jornalista Jorge Kajuru fez críticas duras, como de hábito, ao presidente da entidade, mas a emissora não exibiu suas palavras.

Segundo o UOL Esporte apurou, a emissora inicialmente vetou a íntegra do quadro, realizado pelo repórter Oscar Filho. Depois de alguma negociação interna, foram cortadas as menções a Teixeira, à apresentadora Luciana Gimenez e ao governador de Goiás, Marconi Perillo. VEJA A NOTÍCIA COMPLETA NO UOL ESPORTE.


Kajuru ameaça Tiago Leifert e diz que Adriane Galisteu gosta de sexo
Comentários Comente

UOL Esporte

Jorge Kajuru mostrou mais uma vez que é dono de uma língua afiada. Em entrevista ao programa humorístico CQC, o jornalista chamou Tiago Leifert de ‘bobinho’ e até ameaçou o apresentador da Globo de morte.

“Ele falou que salvou o Globo Esporte. Ô bobinho, televisão é plural. Existe uma equipe. Você não salvou o Globo Esporte p… nenhuma”, disse Kajuru. “Sabe o que ele falou em entrevista? Que quando vê gente falando mal dele tem vontade de dar um soco. Pode vir me dar soco. Você pode me dar 10 socos, que lá em Goiás eu contrato um cara para te matar por R$ 100”.

Kajuru também não poupou palavras para falar sobre Adriane Galisteu. Amigo da apresentadora, o jornalista afirmou que a apresentadora costuma ‘dar trabalho’ a seus namorados.

“Vou te contar uma coisa. Ela gosta do negócio. O homem, para aguentar a Galisteu, tem que ter fôlego para aguentar a noite inteira”, comentou Kajuru.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>