Blog UOL Esporte vê TV

Arquivo : globo esporte

Ivan Moré não segura emoção e chora em despedida do Esporte Espetacular
Comentários Comente

UOL Esporte

photo22
Dando início às mudanças no esporte da Globo, Ivan Moré, que vai para o Globo Esporte de São Paulo no lugar de Tiago Leifert, despediu-se, com direito à emoção e lágrimas neste domingo do Esporte Espetacular, que coapresentou há pouco mais de dois anos ao lado de Glenda Kozlowski.

“Foram dois anos e meio de muita felicidade e muito aprendizado e eu saio feliz, vou assumir o Globo Esporte de São Paulo. É difícil falar chorando”, declarou, tocado com a despedida e amparado por Glenda e pelo novo apresentador do EE, Alex Escobar no estúdio.

Em seu lugar no dominical esportivo, como já adiantado pelo UOL Esporte, assume Alex Escobar, que além de apresentador também faz as vezes de narrador na Globo. Foi uma das vozes globais na última Copa do Mundo. Ainda como parte do troca-troca nos programas esportivos, Fernanda Gentil assume o comando do GE do Rio de Janeiro.

photo2
Amanhã, segunda-feira, é a vez de Leifert – que inclusive teve em Moré o seu principal reserva no comando do GE paulista – mudar de ares. Sai do programa esportivo para o entretenimento, como um dos apresentadores do É de Casa, nova atração da emissora para as manhãs de sábado, e que ainda terá Zeca Camargo, Patrícia Poeta, Cissa Guimarães, Ana Furtado e André Marques.

Na semana passada, Leifert adiantou em participação no Vídeo Show que vai falar de esporte e cultura nerd na nova atração da Globo.

Rogerio Jovaneli
Do UOL, em São Paulo


Não é só Ivan Moré. Leifert tem mais um substituto no Globo Esporte
Comentários Comente

UOL Esporte

Tiago Leifert foi a cara do Globo Esporte de São Paulo desde 2009, não apenas apresentando o programa, mas sendo o editor-chefe e mudando a cara do programa – um padrão mais leve que se refletiu em todo o jornalismo da Globo. Com sua saída confirmada do Esporte para se dedicar apenas à parte de Entretenimento, no The Voice Brasil e em um novo programa matinal aos sábados, o “workaholic” não será substituído só por Moré. Seu papel será dividido por duas pessoas.

Segundo o blog apurou, a direção da emissora decidiu por deixar Moré exclusivamente na apresentação, por ele não ter o perfil para também chefiar o programa, e convocou Daniel Minozzi para ser o novo editor-chefe do Globo Esporte – o que já foi comunicado aos funcionários do canal internamente. A assessoria de imprensa da Globo confirmou Minozzi no cargo.

Minozzi era editor no Foot Brazil, uma braço do jornalismo esportivo da Globo que cuida das transmissões e materiais para fora do Brasil, passando, por exemplo, jogos de clubes brasileiros em inglês para outros países. Assim, pouco lidava com a equipe que chefiará agora, apesar de sempre estar próximo, na mesma redação.

Com 12 anos de casa, o paulista é formado pela PUC de Campinas, sua cidade natal, foi da afiliada local EPTV e passou para a Globo em 2003, crescendo na carreira até chegar ao comando do Globo Esporte.

No lugar de Minozzi no Foot Brazil foi colocada quem ficou conhecida como a “voz da consciência” de Tiago Leifert, Renata Cuppen.

A divisão dos papeis à frente do programa também mostra o afinco de Leifert na função. Ele geralmente chegava antes das 7h da manhã na redação para produzir o programa, assistia e trabalhava em todos os VTs e tinha conhecimento de tudo o que ia para o ar – algo que dava segurança para ele apresentar com mais leveza e sem ajuda de teleprompter.

Ivan Moré estava fixo como apresentador do Esporte Espetacular e volta a um papel que já fez muitas vezes, já que por um bom tempo foi o número 2 de Leifert. Em seu lugar, Alex Escobar assume o programa dominical, ao lado de Glenda Kozlowski.

Além do The Voice Brasil, Tiago Leifert está confirmado no novo programa matinal de sábados, ainda a estrear na Globo. Além dele, apresentarão a atração Zeca Camargo e Patricia Poeta, André Marques, Cissa Guimarães e Ana Furtado.

O último Globo Esporte com Tiago Leifert será no dia 6 de julho, uma segunda-feira, como anunciou o próprio na última quinta-feira.

Maurício Dehò
Do UOL, em São Paulo


Ivan Moré assume comando do Globo Esporte em lugar de Tiago Leifert
Comentários Comente

UOL Esporte


Ivan Moré já foi comunicado: volta a São Paulo para assumir a titularidade da apresentação da edição paulista do Globo Esporte, em lugar de Tiago Leifert, que vai (de vez!) para o entretenimento da emissora.

Leifert já comandava o reality The Voice Brasil e passa a também entrar para o time de apresentadores do novo programa ao vivo preparado pela emissora para as manhãs de sábado e que deverá ter ainda Zeca Camargo e Patricia Poeta (ambos, ex-Fantástico e no caso de Poeta, também ex-Jornal Nacional), André Marques, Cissa Guimarães e Ana Furtado (conhecidos pelo trabalho no Vídeo Show).

Havia a possibilidade de Moré acumular funções, também assumir como editor-chefe, mas foi descartada.

Já identificado com o esportivo diário da Globo para São Paulo, Ivan Moré foi o principal “apresentador reserva” do GE na “gestão Leifert” até ser convocado para dar uma “cara paulista” ao Esporte Espetacular, apresentando a atração dominical ao lado de Glenda Kozlowski. Agora, deixa o programa e está de volta ao Globo Esporte paulista.

Rogerio Jovaneli
Do UOL, em São Paulo


Globo Esporte presta homenagem que Corinthians não fez a Sheik e Guerrero
Comentários Comente

UOL Esporte

O centroavante Paolo Guerrero e o atacante Emerson Sheik, ambos herois do Corinthians, o primeiro com gols decisivos no Mundial de Clubes de 2012 e o segundo, goleador do Timão na inédita conquista da Copa Libertadores do mesmo ano, ganharam do Globo Esporte de SP neste sábado a homenagem que não tiveram no Corinthians.

“Em uma coisa concordaremos: na lista dos cinco gols mais importantes, três foram marcados por Emerson e Guerrero. Por isso, por tudo que eles causaram, pela bagunça que fizeram na ordem das coisas, a revolução na sala de troféus, ambos merecem muito mais que uma notinha no site e uma entrevista fria de um dirigente”, narrou Tiago Leifert em material especial produzido pelo programa esportivo com declarações em vídeo de torcedores, crianças e adultos, homens e mulheres, gratos pelos bons serviços prestados pela dupla ao time mais popular da cidade de São Paulo, o segundo, atrás apenas do Flamengo, do país.

“De nossa parte, foi uma honra”, agradeceu, Leifert, ao término da reportagem que fechou o programa.


Leifert faz funk com santistas e diz que herói é Robinho e não Homem-Aranha
Comentários Comente

UOL Esporte

Leifert

Crédito: Reprodução

Globo e Santos parecem ter feito as pazes. Durante o Globo Esporte desta segunda-feira, o apresentador Tiago Leifert fez um funk ao vivo ao lado de parte do elenco santista para homenagear o campeão paulista, que bateu o Palmeiras, nos pênaltis, no domingo.

Bem humorado, ele aproveitou a oportunidade para se desculpar com o Santos pela Globo não ter transmitido o jogo do alvinegro praiano nas quartas de final do Paulistão. Na ocasião, a emissora levou ao ar um filme do Homem-Aranha.

Com a ajuda de Gabigol nas batidas da música, Leifert disse que também teria filme para a torcida do Santos, mas que o herói da vez era o Robinho e não o personagem da Marvel.

As rimas do apresentador também citaram a expulsão do palmeirense Dudu, o meia palmeirense Valdívia, o artilheiro Ricardo Oliveira e até mesmo o atraso da diretoria santista no pagamento dos salários dos jogadores. Confira a letra:

“Alô torcida do meu Peixe, já cansada de vencer, se liga aqui na Globo que tem filme pra você.

 O roteiro é repetido, no final o Santos ganha. O herói e o Robinho e não o Homem-Aranha.

Salve o professor Marcelo, esse cara é da hora, deve estar na coletiva agradecendo até agora.

Parabéns para o Valdivia, jogador sensacional, mas não o do Palmeiras, o do Internacional.

Eu sou MC Leifinho, sou moleque rimador, deu a louca no Dudu, ele bateu no professor.

É o novo Edmundo, craque da camisa 7, vai tomar um gancho até 2017.

E o que falar do Lucas Lima? Meia habilidoso, mais bonito que o Beckham e muito mais estiloso.

Tem Ricardo Oliveira, o craque do campeonato, meteu 11 caixas e ganhou novo contrato.

E o goleiro Vladimir, que entrou numa fogueira, ele pegou o fogo e acendeu a churrasqueira.

Agora é só comemorar, mas antes tem um recado, só um pensamento para a gente ficar focado:

“Alô, alô diretoria, não esquece do dinheiro, “nois” já ganhou Paulista e quer ganhar o brasileiro”. 

Logo em seguida, o apresentador voltou a se desculpar pela ausência do Santos na grade da emissora nas quartas de final.

“Torcida do Santos, um abraço. Sabemos que estavam bravos pelas quartas, beijo. O Globo Esporte está junto, estamos aqui agora”, completou. Com o funk ao vivo, Tiago Leifert logo foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter.

Para completar a homenagem ao Santos, o Globo Esporte ainda exibiu um “filme” sobre a segunda partida da final, com imagens e declarações de familiares dos jogadores das duas equipes. A reportagem levou os santistas presentes no estúdio às lágrimas e fez até mesmo o apresentador se emocionar.

tiago_chorando

“Agora eu choro no The Voice, choro no Globo Esporte, estou emocionado pra caramba, é uma vergonha nacional”, disse o apresentador ao encerrar o programa.

* Crédito: Reprodução


Mosca invade estúdio do Globo Esporte e dá baile em Tiago Leifert
Comentários Comente

UOL Esporte

Mosca invade estúdio e briga com apresentador

A vida de um apresentador nem sempre é fácil. Preocupação com as câmeras, com o que dizer e para onde olhar são problemas recorrentes do dia-a-dia. Mas o que fazer quando algo fora do comum acontece? Quando você está tranquilamente conversando com o repórter e, de repente, um ser vivo rebelde decide chamar a atenção.

Isso aconteceu nesta terça-feira (24) durante o Globo Esporte de São Paulo, da “Rede Globo”, comandado por Tiago Leifert. Depois de encerrar o papo com o repórter Marco Aurélio Souza, o apresentador se deu conta de que era acompanhado de perto pela “maior mosca do mundo”.

O que Leifert não contava, no entanto, é que a mosca seria mais esperta – e rápida – do que ele. O apresentador até tentou espantá-la com sua ficha, mas acabou levando o maior baile e viu o pequeno animal se posicionar em um dos fios do estúdio.

Apesar do “problema”, Tiago Leifert conseguiu se sair bem da situação desconfortável e revelou que sua maior preocupação era a de engoli-la e virar hit na internet.

O mais curioso de tudo é que, depois do baile que levou da mosca, Leifert chamou uma matéria sobre… dribles! (deve ter sido para continuar no clima, né?).


Veja estrelas locais do esporte da Globo que poucos conhecem
Comentários Comente

UOL Esporte


O Globo Esporte é um programa de sucesso há mais de 30 anos, e os telespectadores do Rio de Janeiro e de São Paulo já estão acostumados a ter a companhia na hora do almoço de estrelas como Tiago Leifert, Fernanda Gentil ou Cristiane Dias.

Mas muita gente não sabe que o principal programa esportivo da TV Globo tem outros ícones regionais.

Estados como Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio Grande do Sul, Ceará, Paraná e Santa Catarina, além do Distrito Federal, têm suas próprias edições da atração para valorizar os times locais e atrair o interesse dos torcedores. Conheça um pouco mais sobre esses âncoras esportivos pelo país.


Fernanda Gentil faz 28 anos. Relembre 10 momentos marcantes dela na TV
Comentários Comente

UOL Esporte

Fernanda Gentil é o que se pode chamar de “fenômeno da televisão”. Parece até elogio clichê do Faustão, né, mas a verdade é que a repórter e hoje apresentadora combinou carisma, beleza e, claro, competência, e teve uma ascensão meteórica que, em menos de 5 anos, a levou de simples setorista de clubes do Sportv para apresentadora da Globo.

Para celebrar os 28 anos que Gentil completa neste domingo, o UOL Esporte relembra 10 momentos marcantes da jornalista na TV. Mesmo nos micos, Fernanda esbanjou bom humor e deu a volta por cima. Afinal, até hoje ela consegue rir de quando tentou dar um aperto de mão em um cego!

Parabéns, Fernanda!

1 – A clássica cena do ceguinho

Em 2010, Fernanda Gentil, que poucos meses antes era uma simples repórter local do Sportv no Rio de Janeiro, estava na bancada de um dos programas da emissora na cobertura da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Naquela época, já mostrava a descontração de hoje em dia. Até que certa vez, recebeu no programa da manhã um deficiente visual. Fernanda estendeu a mão para o convidado. Mas ele, cego, obviamente não retribuiu o cumprimento. Na ocasião, ela não tocou no assunto e deu início à entrevista, com ligeiro constrangimento. Hoje, ri da situação.

2 – O choro pela seleção

fernanda_g

Não é comum ver jornalista chorando no ar. Quando acontece, portanto, é motivo de surpresa e até críticas. Foi o que aconteceu com Fernanda quando ela caiu nas lágrimas durante o programa de Fátima Bernandes no dia seguinte à goleada sofrida pelo Brasil diante da Alemanha na Copa. “Foi muito difícil, né Fátima. Vocês estavam falando sobre as crianças e isso é o que pesa mais. Se a gente não consegue explicar, imagina o que a gente vai explicar para eles, né?”, disse ela, aos prantos. Muitos espectadores reprovaram a atitude da repórter, que depois foi às redes sociais se defender.

3 – Celular ao chão

Antes do episódio do choro, Fernanda já havia se destacado na cobertura da Copa do Mundo por um outro momento inusitado. Tendo a missão de entrar ao vivo em todos os programas da Globo durante a manhã e no começo da tarde, uma hora ou outra ela seria pega desprevenida. E aconteceu. Ao ser chamada pela apresentadora Cristiane Dias para falar sobre o dia da seleção, Fernanda estava mexendo no celular. Sem o menos pudor, jogou o aparelho no chão. “Estava me inteirando do que estava acontecendo quando ouço sua voz, como sempre uma melodia aos meus ouvidos, até larguei o celular! Espero que não tenha quebrado. Não, não quebrou não…”, respondeu Fernanda Gentil, com seu habitual jogo de cintura.

4 – Homenageada pelos colegas

Percebe-se que um jornalista ficou importante na Globo quando ele vai aos programas de entretenimento da casa como entrevistado e recebe homenagens. Aconteceu com Fernanda Gentil logo no dia seguinte à final da Copa do Mundo. A repórter esteve no Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, e ouviu elogios gravados dos pais e dos, como ela diz, ídolos Glenda Kozlowski e Tiago Leifert. Fernanda, naturalmente, se emocionou com as palavras dos companheiros.

5 – Fã e cantora

Antes de ser a “cara da Copa” nos programas de Fátima Bernades em 2014, Fernanda já havia sido a responsável pelos boletins da seleção durante o programa da apresentadora na Copa das Confederações, em 2013. Coincidentemente, herdou de Fátima o título de “musa da seleção”. Naquela cobertura, mostrou toda a sua desenvoltura e, em certa edição do Encontro, deixou qualquer timidez de lado. Além de tietar a apresentadora (“Eu queria te agradecer. Você é um exemplo como mulher, um exemplo de mãe, exemplo de jornalista, principalmente pra gente que está começando “), Fernanda, fã de Chitãozinho & Xororó, cantou, ao vivo, um dos sucessos da dupla, que estava no estúdio enquanto ela fazia sua entrada ao vivo. Até o atancante Fred, mais tarde, elogiou.

6 – Estreia no Globo Esporte

Discreta. Assim foi a primeira participação de Fernanda Gentil como apresentadora do Globo Esporte SP para substituir Tiago Leifert, “emprestado” ao The Voice. A jornalista preferiu não ser o destaque do programa logo de cara e fez poucas piadas e intervenções no programa do dia 8 de setembro. Aos poucos, ao longo das edições, foi ficando mais descontraída, dando sua cara ao programa e deixando os espectadores com poucas saudades do apresentador titular. “Segura essa saudade” virou a marca de Fernanda ao final das edições de sexta-feira. Aos fins de semana, a apresentação fica a cabo de outros repórteres da casa.

7 – Nasr e Senna… Ãh??

Apresentadora do Globo Esporte na ausência de Tiago Leifert enquanto ele comanda o The Voice neste final de ano, Fernanda Gentil apresentou o programa esportivo direto do circuito de Interlagos durante os dias de GP Brasil em 2014. Foi descontraída, fez boas trocas com a repórter Natalie Gedra e chegou a brincar com os torcedores nas arquibancadas. Mas cometeu uma gafe que até para o bom humor dela fica difícil de entender. Enquanto Natalie entrevistava o piloto Felipe Nasr, Fernanda disse que o sobrenome dele, ao contrário, lembrava Senna. Oi? Será que ela pensou que era “Nasser”? Mesmo assim, não faz muito sentido. Ninguém entendeu nada e as redes sociais ficaram cheias de críticas.

8 – O quadro que não deu certo

Ao lado da apresentadora Glenda Kozlowski, da atriz Christine Fernandes e da escritora Thalita Rebouças, Fernanda Gentil participou das edições de 2013 e 2014 do quadro Bolsa Redonda, no Esporte Espetacular. O quadro não caiu no gosto popular. O programete tentava aproximar o futebol do mundo feminino, mas para muitos, foi visto como mais uma demonstração machista de que mulheres não entendem do esporte, ainda que Glenda, Christine e Fernanda sejam exatamente o oposto disso.

9 – E o programa que deu certo

botão

Talvez não tenha sido perfeito, mas o programa apresentado por Fernanda Gentil e Cristiane Dias para antecipar a Copa do Mundo teve seus méritos. Juntas, elas comandaram o Rumo à Copa durante quase dois meses antes da estreia do Mundial, sempre às segundas-feiras. O programa intercalava entrevistas com convidados, pequenas “aulas” sobre as seleções que estariam na Copa e ainda dava espaço para a dupla bater bola, jogar pebolim e até futebol de botão.

10 – Críticas a Sheik

Talvez o momento mais controverso de Fernanda Gentil tenha sido uma entrevista recente que ela deu no Programa do Jô. Claro, ela tem direito a ter suas opiniões. Mas uma delas não pegou muito bem. Quando questionada sobre o que achava de uma declaração dada pelo atacante Sheik durante um jogo do Botafogo, em que ele disse que a CBF era uma “vergonha”, a jornalista criticou o comportamento do jogador. “Pode virar uma bagunça”. A resposta de Fernanda surpreendeu até mesmo Jô, que fez cara de espantou ao ouvir a opinião da apresentadora.

 


Fernanda Gentil tem estreia discreta em SP na vaga de Tiago Leifert
Comentários Comente

UOL Esporte

(Crédito: Reprodução/TV Globo)

(Crédito: Reprodução/TV Globo)

Fernanda Gentil estreou nesta segunda-feira como apresentadora do Globo Esporte para São Paulo. No entanto, se o público paulista esperava um tom particularmente descontraído com a substituta de Tiago Leifert (que volta a apresentar o The Voice Brasil), pode ter se decepcionado. Gentil foi formal, fez poucas piadas e praticamente deu pouco destaque para sua primeira apresentação para a praça.

O primeiro bloco do programa exibiu a vitória do São Paulo sobre o Sport por 2 a 0, mas foi dedicado em boa parte às manifestações racistas das quais o goleiro Aranha foi alvo em 28 de agosto, no jogo contra o Grêmio. Primeiro, citou as manifestações contra o racismo no jogo Flamengo 0 x 1 Grêmio, neste final de semana, em duelo nesse sábado. Fernanda lembrou o pedido de casamento de um torcedor na arquibancada – segundo a apresentadora, “o amor prevaleceu”.

As manifestações foram novamente assunto na reportagem da vitória do Santos sobre o Vitória por 3 a 1, com direito a declarações do próprio Aranha. Depois, a apresentadora citou o jogo da Série D entre Tombense (MG) e Operário (MT), no qual o goleiro do time mato-grossense, Igor, reclamou ter sido ofendido por torcedores da equipe mineira.

No segundo bloco, a apresentadora recebeu o comentarista Caio Ribeiro para analisar a denúncia de agressão de Paolo Guerrero, atacante do Corinthians, no jogo contra o Bragantino em Cuiabá pela Copa do Brasil. O ex-jogador ainda avaliou o jogo Atlético-PR 1 x 1 Palmeiras, e foi responsável por um discreto desejo de boas-vindas à substituta de Tiago Leifert na condução do programa. Na sequência, o programa teve reportagens sobre a vitória do Brasil no Mundial masculino de vôlei e sobre o terceiro lugar de Felipe Massa no Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1.

Após novo intervalo, a apresentadora chamou a reportagem a respeito do amistoso entre Brasil e Equador nos Estados Unidos, seguida de imagens do amistoso no futsal entre Brasil e Argentina. Aproveitando o gancho, chamou a reportagem do duelo entre os dois países pelas oitavas de final da Copa do Mundo masculina de basquete, disputada na Espanha.

No fim, a única menção à estreia. Ao encerrar o programa, Fernanda Gentil despediu-se do público: “amanhã e até o final de dezembro, eu estou de volta”.


Valdivia se revolta e xinga apresentador da Globo após brincadeira no ar
Comentários Comente

UOL Esporte

O Globo Esporte iniciou na última quarta-feira (20) uma brincadeira com o meia chileno Jorge Valdivia, que defende o Palmeiras. O programa da TV aberta usou o nome do camisa 10 para se referir ao apresentador Tiago Leifert pelo excesso de ausências no vídeo. E o jogador não gostou nada disso.

Em post na rede social Twitter, Valdivia se descontrolou e xingou Leifert nesta quinta-feira (21).
valdivia
Leifert começou a ser chamado de Valdivia no ar por outras pessoas que trabalham no Globo Esporte, em tom de brincadeira, porque estaria aparecendo pouco no ar. Nesta quinta-feira, no fim do programa, ele chegou a colocar a mão na coxa e simular uma lesão.

A brincadeira é uma alusão ao excesso de lesões de Valdivia, sobretudo na segunda passagem do chileno pelo Palmeiras. O último problema aconteceu no último domingo (17), no primeiro tempo da derrota por 2 a 1 para o São Paulo. O chileno entrou em campo com uma fratura no nariz – ele havia sofrido o problema em um treino – e ainda sofreu uma lesão de grau 1 no músculo posterior da coxa direita. Por isso, teve de ser substituído.

A lesão muscular vai afastar Valdivia do Palmeiras por pelo menos um mês. A fratura no nariz, que ele havia sofrido em um treino, não terá tanto problema – o chileno só vai passar por intervenção cirúrgica no fim da temporada.

O jogo contra o São Paulo foi o primeiro de Valdivia pelo Palmeiras desde 23 de junho. Liberado para disputar a Copa do Mundo pelo Chile, o meia viajou depois para acertar com o Al Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos. No entanto, a transferência não se concretizou, e ele ainda passou pela Disney antes de se reapresentar ao clube.

Depois da publicação de Valdivia, Leifert respondeu em um blog do site “Globoesporte.com”. “Sou fã do Valdivia. Desejo que ele volte logo e que tenha muita saúde”, escreveu o apresentador global.