Blog UOL Esporte vê TV

Arquivo : globo esporte

Fernanda Gentil faz 28 anos. Relembre 10 momentos marcantes dela na TV
Comentários Comente

UOL Esporte

Fernanda Gentil é o que se pode chamar de “fenômeno da televisão”. Parece até elogio clichê do Faustão, né, mas a verdade é que a repórter e hoje apresentadora combinou carisma, beleza e, claro, competência, e teve uma ascensão meteórica que, em menos de 5 anos, a levou de simples setorista de clubes do Sportv para apresentadora da Globo.

Para celebrar os 28 anos que Gentil completa neste domingo, o UOL Esporte relembra 10 momentos marcantes da jornalista na TV. Mesmo nos micos, Fernanda esbanjou bom humor e deu a volta por cima. Afinal, até hoje ela consegue rir de quando tentou dar um aperto de mão em um cego!

Parabéns, Fernanda!

1 – A clássica cena do ceguinho

Em 2010, Fernanda Gentil, que poucos meses antes era uma simples repórter local do Sportv no Rio de Janeiro, estava na bancada de um dos programas da emissora na cobertura da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Naquela época, já mostrava a descontração de hoje em dia. Até que certa vez, recebeu no programa da manhã um deficiente visual. Fernanda estendeu a mão para o convidado. Mas ele, cego, obviamente não retribuiu o cumprimento. Na ocasião, ela não tocou no assunto e deu início à entrevista, com ligeiro constrangimento. Hoje, ri da situação.

2 – O choro pela seleção

fernanda_g

Não é comum ver jornalista chorando no ar. Quando acontece, portanto, é motivo de surpresa e até críticas. Foi o que aconteceu com Fernanda quando ela caiu nas lágrimas durante o programa de Fátima Bernandes no dia seguinte à goleada sofrida pelo Brasil diante da Alemanha na Copa. “Foi muito difícil, né Fátima. Vocês estavam falando sobre as crianças e isso é o que pesa mais. Se a gente não consegue explicar, imagina o que a gente vai explicar para eles, né?”, disse ela, aos prantos. Muitos espectadores reprovaram a atitude da repórter, que depois foi às redes sociais se defender.

3 – Celular ao chão

Antes do episódio do choro, Fernanda já havia se destacado na cobertura da Copa do Mundo por um outro momento inusitado. Tendo a missão de entrar ao vivo em todos os programas da Globo durante a manhã e no começo da tarde, uma hora ou outra ela seria pega desprevenida. E aconteceu. Ao ser chamada pela apresentadora Cristiane Dias para falar sobre o dia da seleção, Fernanda estava mexendo no celular. Sem o menos pudor, jogou o aparelho no chão. “Estava me inteirando do que estava acontecendo quando ouço sua voz, como sempre uma melodia aos meus ouvidos, até larguei o celular! Espero que não tenha quebrado. Não, não quebrou não…”, respondeu Fernanda Gentil, com seu habitual jogo de cintura.

4 – Homenageada pelos colegas

Percebe-se que um jornalista ficou importante na Globo quando ele vai aos programas de entretenimento da casa como entrevistado e recebe homenagens. Aconteceu com Fernanda Gentil logo no dia seguinte à final da Copa do Mundo. A repórter esteve no Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, e ouviu elogios gravados dos pais e dos, como ela diz, ídolos Glenda Kozlowski e Tiago Leifert. Fernanda, naturalmente, se emocionou com as palavras dos companheiros.

5 – Fã e cantora

Antes de ser a “cara da Copa” nos programas de Fátima Bernades em 2014, Fernanda já havia sido a responsável pelos boletins da seleção durante o programa da apresentadora na Copa das Confederações, em 2013. Coincidentemente, herdou de Fátima o título de “musa da seleção”. Naquela cobertura, mostrou toda a sua desenvoltura e, em certa edição do Encontro, deixou qualquer timidez de lado. Além de tietar a apresentadora (“Eu queria te agradecer. Você é um exemplo como mulher, um exemplo de mãe, exemplo de jornalista, principalmente pra gente que está começando “), Fernanda, fã de Chitãozinho & Xororó, cantou, ao vivo, um dos sucessos da dupla, que estava no estúdio enquanto ela fazia sua entrada ao vivo. Até o atancante Fred, mais tarde, elogiou.

6 – Estreia no Globo Esporte

Discreta. Assim foi a primeira participação de Fernanda Gentil como apresentadora do Globo Esporte SP para substituir Tiago Leifert, “emprestado” ao The Voice. A jornalista preferiu não ser o destaque do programa logo de cara e fez poucas piadas e intervenções no programa do dia 8 de setembro. Aos poucos, ao longo das edições, foi ficando mais descontraída, dando sua cara ao programa e deixando os espectadores com poucas saudades do apresentador titular. “Segura essa saudade” virou a marca de Fernanda ao final das edições de sexta-feira. Aos fins de semana, a apresentação fica a cabo de outros repórteres da casa.

7 – Nasr e Senna… Ãh??

Apresentadora do Globo Esporte na ausência de Tiago Leifert enquanto ele comanda o The Voice neste final de ano, Fernanda Gentil apresentou o programa esportivo direto do circuito de Interlagos durante os dias de GP Brasil em 2014. Foi descontraída, fez boas trocas com a repórter Natalie Gedra e chegou a brincar com os torcedores nas arquibancadas. Mas cometeu uma gafe que até para o bom humor dela fica difícil de entender. Enquanto Natalie entrevistava o piloto Felipe Nasr, Fernanda disse que o sobrenome dele, ao contrário, lembrava Senna. Oi? Será que ela pensou que era “Nasser”? Mesmo assim, não faz muito sentido. Ninguém entendeu nada e as redes sociais ficaram cheias de críticas.

8 – O quadro que não deu certo

Ao lado da apresentadora Glenda Kozlowski, da atriz Christine Fernandes e da escritora Thalita Rebouças, Fernanda Gentil participou das edições de 2013 e 2014 do quadro Bolsa Redonda, no Esporte Espetacular. O quadro não caiu no gosto popular. O programete tentava aproximar o futebol do mundo feminino, mas para muitos, foi visto como mais uma demonstração machista de que mulheres não entendem do esporte, ainda que Glenda, Christine e Fernanda sejam exatamente o oposto disso.

9 – E o programa que deu certo

botão

Talvez não tenha sido perfeito, mas o programa apresentado por Fernanda Gentil e Cristiane Dias para antecipar a Copa do Mundo teve seus méritos. Juntas, elas comandaram o Rumo à Copa durante quase dois meses antes da estreia do Mundial, sempre às segundas-feiras. O programa intercalava entrevistas com convidados, pequenas “aulas” sobre as seleções que estariam na Copa e ainda dava espaço para a dupla bater bola, jogar pebolim e até futebol de botão.

10 – Críticas a Sheik

Talvez o momento mais controverso de Fernanda Gentil tenha sido uma entrevista recente que ela deu no Programa do Jô. Claro, ela tem direito a ter suas opiniões. Mas uma delas não pegou muito bem. Quando questionada sobre o que achava de uma declaração dada pelo atacante Sheik durante um jogo do Botafogo, em que ele disse que a CBF era uma “vergonha”, a jornalista criticou o comportamento do jogador. “Pode virar uma bagunça”. A resposta de Fernanda surpreendeu até mesmo Jô, que fez cara de espantou ao ouvir a opinião da apresentadora.

 


Fernanda Gentil tem estreia discreta em SP na vaga de Tiago Leifert
Comentários Comente

UOL Esporte

(Crédito: Reprodução/TV Globo)

(Crédito: Reprodução/TV Globo)

Fernanda Gentil estreou nesta segunda-feira como apresentadora do Globo Esporte para São Paulo. No entanto, se o público paulista esperava um tom particularmente descontraído com a substituta de Tiago Leifert (que volta a apresentar o The Voice Brasil), pode ter se decepcionado. Gentil foi formal, fez poucas piadas e praticamente deu pouco destaque para sua primeira apresentação para a praça.

O primeiro bloco do programa exibiu a vitória do São Paulo sobre o Sport por 2 a 0, mas foi dedicado em boa parte às manifestações racistas das quais o goleiro Aranha foi alvo em 28 de agosto, no jogo contra o Grêmio. Primeiro, citou as manifestações contra o racismo no jogo Flamengo 0 x 1 Grêmio, neste final de semana, em duelo nesse sábado. Fernanda lembrou o pedido de casamento de um torcedor na arquibancada – segundo a apresentadora, “o amor prevaleceu”.

As manifestações foram novamente assunto na reportagem da vitória do Santos sobre o Vitória por 3 a 1, com direito a declarações do próprio Aranha. Depois, a apresentadora citou o jogo da Série D entre Tombense (MG) e Operário (MT), no qual o goleiro do time mato-grossense, Igor, reclamou ter sido ofendido por torcedores da equipe mineira.

No segundo bloco, a apresentadora recebeu o comentarista Caio Ribeiro para analisar a denúncia de agressão de Paolo Guerrero, atacante do Corinthians, no jogo contra o Bragantino em Cuiabá pela Copa do Brasil. O ex-jogador ainda avaliou o jogo Atlético-PR 1 x 1 Palmeiras, e foi responsável por um discreto desejo de boas-vindas à substituta de Tiago Leifert na condução do programa. Na sequência, o programa teve reportagens sobre a vitória do Brasil no Mundial masculino de vôlei e sobre o terceiro lugar de Felipe Massa no Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1.

Após novo intervalo, a apresentadora chamou a reportagem a respeito do amistoso entre Brasil e Equador nos Estados Unidos, seguida de imagens do amistoso no futsal entre Brasil e Argentina. Aproveitando o gancho, chamou a reportagem do duelo entre os dois países pelas oitavas de final da Copa do Mundo masculina de basquete, disputada na Espanha.

No fim, a única menção à estreia. Ao encerrar o programa, Fernanda Gentil despediu-se do público: “amanhã e até o final de dezembro, eu estou de volta”.


Valdivia se revolta e xinga apresentador da Globo após brincadeira no ar
Comentários Comente

UOL Esporte

O Globo Esporte iniciou na última quarta-feira (20) uma brincadeira com o meia chileno Jorge Valdivia, que defende o Palmeiras. O programa da TV aberta usou o nome do camisa 10 para se referir ao apresentador Tiago Leifert pelo excesso de ausências no vídeo. E o jogador não gostou nada disso.

Em post na rede social Twitter, Valdivia se descontrolou e xingou Leifert nesta quinta-feira (21).
valdivia
Leifert começou a ser chamado de Valdivia no ar por outras pessoas que trabalham no Globo Esporte, em tom de brincadeira, porque estaria aparecendo pouco no ar. Nesta quinta-feira, no fim do programa, ele chegou a colocar a mão na coxa e simular uma lesão.

A brincadeira é uma alusão ao excesso de lesões de Valdivia, sobretudo na segunda passagem do chileno pelo Palmeiras. O último problema aconteceu no último domingo (17), no primeiro tempo da derrota por 2 a 1 para o São Paulo. O chileno entrou em campo com uma fratura no nariz – ele havia sofrido o problema em um treino – e ainda sofreu uma lesão de grau 1 no músculo posterior da coxa direita. Por isso, teve de ser substituído.

A lesão muscular vai afastar Valdivia do Palmeiras por pelo menos um mês. A fratura no nariz, que ele havia sofrido em um treino, não terá tanto problema – o chileno só vai passar por intervenção cirúrgica no fim da temporada.

O jogo contra o São Paulo foi o primeiro de Valdivia pelo Palmeiras desde 23 de junho. Liberado para disputar a Copa do Mundo pelo Chile, o meia viajou depois para acertar com o Al Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos. No entanto, a transferência não se concretizou, e ele ainda passou pela Disney antes de se reapresentar ao clube.

Depois da publicação de Valdivia, Leifert respondeu em um blog do site “Globoesporte.com”. “Sou fã do Valdivia. Desejo que ele volte logo e que tenha muita saúde”, escreveu o apresentador global.



Leifert muda de ideia e agora aprova fim de namoro de Neymar
Comentários Comente

UOL Esporte

O fim do namoro entre Neymar e Bruna Marquezine será bom para o Brasil na Copa do Mundo. Essa é a opinião do apresentador Tiago Leifert, que ‘comemorou’ o fim do relacionamento entre o atacante e a atriz global durante edição do Globo Esporte desta sexta-feira.

“É bom para ele focar no futebol. A abertura da Copa do Mundo será no dia 12 de junho, Dia dos Namorados no Brasil. Ele não pode ficar pensando no jantar com a Bruna Marquezine depois”, brincou o apresentador.

Leifert parece ter mudado de ideia sobre a importância do relacionamento para o futuro do Brasil na Copa do Mundo. No início do mês, ao comentar a foto postada pela atriz no aniversário do atacante, o apresentador apontou o namoro como importante para dar tranquilidade a Neymar em um momento de turbulência na carreira.

“Ela tem o dever cívico de tratar bem o Neymar. Bruna, se a gente perder [a Copa] a culpa vai ser sua”, brincou Leifert na ocasião.

Dias após o anúncio do fim do relacionamento com Marquezine, Neymar usou sua conta no Instagram para brincar sobre estar solteiro no Valentine’s Day, o Dia dos Namorados nos Estados Unidos e Europa comemorado no dia 14 de fevereiro.

“Valentine’s day ! #Fail kkkkkkk”, postou o jogador junto a uma foto em que aparece fazendo um coração com as mãos.

neymar

Em 2013, Neymar postou foto ao lado de Bruna Marquezine durante o Valentine’s Day. O jogador também utilizou sua conta para fazer uma declaração de amor à atriz no Dia dos Namorados brasileiro, em junho do ano passado.

Neymar e Bruna Marquezine anunciaram o término do relacionamento na última terça-feira. Acostumados a trocar juras de amor pela web, o casal retirou suas fotos juntos das redes sociais.


Falta de Libertadores na Globo SP gera ‘editorial’ de Leifert contra times
Comentários Comente

UOL Esporte

leifet

A ausência dos times paulistas na Libertadores não alterou somente a rotina dos torcedores, acostumados a acompanhar os jogos pela televisão nas quartas-feiras à noite. Durante edição desta quinta do Globo Esporte, Tiago Leifert lamentou, em tom de brincadeira, que São Paulo tenha que se contentar a assistir um filme enquanto o restante do país curte a principal competição das Américas.

Coincidentemente ou não, o ‘desabafo’ do apresentador serve de resposta aos torcedores que, pelas redes sociais, reclamaram muito de a emissora não exibir partidas de Cruzeiro ou Flamengo para o Estado.

“Agora queria falar com você que errou pênalti na Copa do Brasil, jogou na mão do Dida, você que não jogou bem o Campeonato Brasileiro, não foi bem na Sul-Americana. Por sua causa, ontem, não teve futebol aqui no Estado de São Paulo”, disse o apresentador.

“O Globo Esporte Rio está lá no México. O Globo Esporte RS está lá no Uruguai. O Globo Esporte MG estava no Peru, na Venezuela. E nós? A gente está em casa, assistindo filme pelos próximos meses. Enquanto nossos colegas vão reclamar da catimba do goleiro, vão apanhar do Martínez, pedir amarelo para o Gutierrez, a gente vai ver Cinema Especial”, completou Leifert.

O que aconteceu na noite da última quarta-feira deve se repetir daqui para frente na tela da Globo. Enquanto a maior parte do Brasil viu a estreia do Flamengo no torneio continental contra o León, do México, São Paulo assistiu a um filme. A Globo Minas exibiu o jogo do Cruzeiro, e estados do Nordeste viram jogos dos regionais locais.

Com a ausência de times paulistas na Libertadores após 15 anos, a Globo optou por não transmitir jogos de equipes de outros Estados para São Paulo. Desta forma, entrou na programação paulista o ‘Cinema Especial’, que nesta quarta exibiu a película “Uma Saída de Mestre”, lançado nos cinemas em 2003, que conta com Mark Wahlberg e Charlize Teron nos papeis principais.

“Que saudade de bater um escanteio com escolta. Pelo menos o filme de ontem tinha Charlize Teron, vai. Foi legal, é bonita ela”, disse Leifert, que ainda aproveitou para brincar com um dos classificados para a Libertadores desse ano.

“Tem um time que sabe bem o que a gente está passando, porque o Botafogo ficou 18 anos sem jogar a Libertadores. 18 anos! A última vez que eles jogaram estava passando Independence Day no cinema”, brincou o apresentador.

Além do jogo do Flamengo para a maior parte do Brasil, a Globo exibiu Real Garcilaso x Cruzeiro em Minas Gerais, Porto x Santa Cruz para Pernambuco,  Jacuipense x Bahia  para a Bahia, Icasa x Horizonte para o Ceará, CEOV x Sinop para o Mato Grosso, e o clássico Figueirense x Joinville para o interior de Santa Catarina.

O futebol às quartas-feiras deve voltar para o torcedor paulista apenas no Campeonato Brasileiro, quando a Globo deve tentar mudar datas de jogos de times de São Paulo e puxá-los para o meio de semana.


Carnaval faz Globo criticar e sambar com Gaviões em menos de 5min
Comentários Comente

UOL Esporte

print

A Globo passou por uma saia-justa na sua programação neste sábado (8). A torcida organizada do Corinthians Gaviões da Fiel esteve no quadro “Roda de Samba” e também foi criticada pelo apresentador Tiago Leifert, do Globo Esporte. Tudo em menos de cinco minutos.

No meio do SPTV, o apresentador Tiago Leifert foi chamado para participar do jornal, em um flash rápido, apenas para dar as principais manchetes do programa esportivo.

No curto período de sua fala, Leifert falou da iniciativa do Corinthians de promover a ‘invasão do bem’ na última sexta (7), quando torcedores-mirins foram ao CT Joaquim Grava para entregar presentes aos jogadores. E também criticou os corintianos que invadiram o mesmo CT no sábado passado, ação que foi repercutida a semana inteira no noticiário esportivo. A Gaviões da Fiel teve integrantes na ação. O presidente da organizada, Wagner da Costa, disse, em entrevista à Folha de SP na última terça-feira (4), que repudiava a violência, mas cobrou publicamente Pato, Romarinho e Emerson. E ainda soltou uma frase que rodou nas redes sociais: “Quem já não deu um murro na cara do outro?”

No SPTV, Leifert não citou a torcida Gaviões da Fiel. Criticou a pequena porção dos torcedores que tentou agredir os jogadores corintianos. Ao terminar, repassou a fala ao apresentador do SPTV, Carlos Tramontina, e rapidamente deu-se início ao quadro “Roda de Samba”. A iniciativa promove as escolas de samba do Carnaval paulistano. E a escolhida para o quadro naquele momento…a Gaviões da Fiel! Monalisa Perrone e Marcio Canuto, que apresentavam presidentes de cada escola, mostraram Wagner na atração. Tudo minutos depois de Leifert comentar.

A saia-justa foi reparada por alguns internautas no Twitter. Confira:

 

 


Nilton Santos ‘salva’ Globo Esporte do Rio de ser 100% Flamengo
Comentários Comente

UOL Esporte

O Flamengo dominou a edição carioca do “Globo Esporte”, da TV Globo, na tarde desta quinta-feira. O campeão da Copa do Brasil foi assunto dominante e só não foi páreo para Nilton Santos. A reportagem sobre a morte do ídolo da seleção brasileira e do Botafogo “salvou” o programa global de ser 100% do clube rubro-negro. O apresentador Alex Escobar recebeu integrantes do elenco e, com muitos elogios, exaltou a conquista do Flamengo após vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR, no Maracanã.

Samir, Amaral, Luiz Antônio, Nixon, João Paulo, Cesar, Leo Moura, Hernane, Wallace, Paulo Victor foram os convidados especiais do Globo Esporte. O destaque foi o capitão rubro-negro, que foi ao ar com óculos cheio de estilo e arrancou risadas dos companheiros.

O lateral direito ironizou a tentativa dos rivais em secar o Flamengo na final. “Mais de 80% do Rio de Janeiro está feliz e torcendo pela gente. Para os demais, digo para que guardem os secadores, porque dessa vez não deu certo”, disse o camisa 2 rubro-negro.

Principal nome do Flamengo na Copa do Brasil, Hernane aproveitou para relembrar os tempos difíceis na Gávea. “Não imaginei aquele momento. Estava brigando com Neymar pela artilharia [relembrou passagem pelo interior de São Paulo]. Sabia que ia ser difícil [jogar no Flamengo], mas queria fazer história neste clube. E graças a Deus e meus companheiros, estou conseguindo”, disse o atacante, que falou ainda sobre o interesse do Avaí, negócio que não se concretizou.

O primeiro bloco terminou com o único momento em que o “Globo Esporte” falou sobre de algo que não fosse rubro-negro. Com reportagem especial e com direito a declarações antigas de Nilton Santos, o programa homenageou o ex-jogador, que morreu aos 88 anos vítima de uma infecção pulmonar.

“O bom é as pessoas lembrarem da gente com saudade. Isso me envaidece”, disse o ídolo botafoguense.

Os dois blocos seguintes foram todos do Flamengo. Sorrisos dos jogadores e declarações a respeito da importância dos torcedores dominaram o programa. O técnico Jayme de Almeida também foi alvo de elogios em meio a lembrança da saída conturbada de Mano Menezes do clube.


Filha de jogador, substituta de Tiago Leifert já criou seleção de famosas
Comentários Comente

UOL Esporte

131031_Cris_Dias

Crédito da imagem: Reprodução / Instagram

A edição paulista do “Globo Esporte” tem um novo rosto. Do início de outubro até o dia 6 de janeiro, período em que o apresentador Tiago Leifert ficará focado no musical “The Voice”, a atração será comandada por Cristiane Dias, 33, que já trabalhava na versão veiculada para a rede. Experiente no programa, a gaúcha também tem uma longa vivência no futebol: filha de um ex-jogador, ela já participou de uma peneira no Vasco e criou uma seleção de famosas.

Cris Dias é filha única de César Oliveira, que foi jogador do Internacional e hoje é torcedor do Grêmio, time que também é o preferido do padrasto e da irmã da loira. A família materna dela, por outro lado, é majoritariamente colorada. A relação com o futebol começou com esse clássico caseiro.

“Como eu era filha única, meu pai sempre me levava para assistir aos jogos. Quando não dava certo, ouvia no rádio da cozinha com a minha avó. Meu pai passou isso para mim de forma totalmente involuntária, mas acho que sem querer ele colocou um chip de gostar do futebol. Também tem meu padrasto e meu filho. Todos em minha volta adoram futebol. É um universo muito presente”, contou a apresentadora ao UOL Esporte.

LEIA TAMBÉM

  • Milton Neves diz que tirou Renata Fan da sarjeta e lembra briga com Avallone
  • Marcelo Rezende se orgulha de “caça” a Ricardo Teixeira: “Sentiu o pepino”
  • Luis Roberto lembra choro após morte de Senna e vê sorte com golaços

Natural do Rio Grande do Sul, Cris Dias mudou-se para o Rio de Janeiro aos 18 anos. Formou-se em jornalismo, em 2002, pela Facha (Faculdades Integradas Hélio Alonso). Passou por uma assessoria de imprensa e por editorias de economia e cidades antes de chegar ao esporte.

A primeira experiência profissional da loira com o segmento esportivo aconteceu em 2004, quando ela começou a apresentar um quadro sobre esportes radicais na TVE. Em 2007, Cris Dias recebeu um convite de Luís Ernesto Lacombe para dividir com ele a bancada do “Esporte Espetacular”. Começava ali a trajetória dela na Globo.

Em outubro de 2010, Cris Dias passou a ser presença ocasional no programa esportivo dominical. Ela assumiu nessa época a apresentação da edição nacional do “Globo Esporte”, posto que vinha ocupando até a transferência para São Paulo.

“Apesar de já ter apresentado o Globo Esporte no Rio, essa é minha estreia aqui. Não tive tempo de conversar com o Tiago Leifert porque ele foi para o Rio de Janeiro apresentar o ‘The Voice’ quando eu vim para São Paulo, mas falei com outras pessoas. É sempre bom conversar com alguém que já esteja acostumado”, contou a apresentadora.

O trabalho com jornalismo esportivo, contudo, é apenas parte da relação de Cris Dias com a área. Ela já praticou diversas modalidades: “Faço exercício. Gosto de malhar, fazer musculação e correr. Quando estou no Rio, corro na praia e faço circuito”.

Um dos esportes assíduos no dia a dia de Cris Dias, aliás, está entre as coisas que fazem falta a ela após a mudança para São Paulo. “O que eu mais gosto de fazer e estou sentindo muito é o kitesurfe. Pratico há mais de um ano e sou completamente viciada”, relatou.

131031_Cris_Dias_1

Crédito da imagem: Reprodução / Instagram

Outra modalidade que faz parte do cotidiano da apresentadora é o futebol. Ela chegou a organizar uma seleção de famosas, que também contava com a ex-BBB Fani e a atriz Nanda Costa. No entanto, o time foi interrompido por falta de espaço nas agendas das participantes.

No ano passado, a nova apresentadora do Globo Esporte paulista também se arriscou em uma peneira do sub-20 feminino do Vasco. Ela fez o teste para uma reportagem veiculada no “Esporte Espetacular”. No vídeo, teve bom desempenho e chegou a marcar um gol. Na vida real, a história não foi bem assim.

“Sobre a peneira, vou dizer que foi uma vergonha. A minha atuação foi péssima. Eu era dez anos mais velha do que as meninas, e elas me deixaram fazer um gol. No fim, foi superdivertido”, afirmou a apresentadora.

Casamento global

Cristiane Dias foi casada com o ator global Thiago Rodrigues. A relação durou cerca de quatro anos e acabou em 2012. Eles são pais de Gabriel, de quatro anos.

“Meu filho gosta muito [de futebol]. Levo a jogos, e ele adora ver e jogar. Às vezes eu o levo para trabalhar comigo, e ele já está começando a sacar que eu trabalho com esporte e com futebol”, disse a apresentadora.

O término do casamento da apresentadora foi cercado por uma série de polêmicas. Em novembro de 2010, o jornal “O Dia” publicou uma nota sobre uma briga entre Cris Dias e o marido. Segundo o texto, ela teve uma crise de ciúme e chegou a atirar duas latas na direção de Thiago, que estava com Gabriel no colo.

O jornal “Agora São Paulo” disse, em fevereiro de 2011, que Thiago Rodrigues chegou a entrar com uma ação no 4º Juizado Especial Criminal contra a apresentadora.

Em fevereiro de 2012, o site “EGO” noticiou outra briga do casal. O entrevero teria acontecido no camarote do Carnaval do Rio de Janeiro, e o motivo também seria uma crise de ciúme da apresentadora.

Em todos os casos, Cris Dias e Thiago Rodrigues negaram as acusações e se recusaram a fazer mais comentários. À revista “Quem”, em 2012, a apresentadora confirmou a separação e rechaçou as outras histórias: “Isso não tem nada a ver. É invenção. Não teve barraco, nem briga”.

Guilherme Costa
Do UOL, em São Paulo

VOTE: QUAL O MELHOR APRESENTADOR ESPORTIVO DO BRASIL?