Blog UOL Esporte vê TV » central da copa http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br A TV exibe e debate o esporte. Aqui, o UOL Esporte discute a TV: programas esportivos, transmissões, mesas-redondas, narradores, apresentadores e comentaristas são o assunto. Sun, 27 Jul 2014 01:48:23 +0000 pt-BR hourly 1 http://wordpress.org/?v=3.9 “Repórter”, Ronaldo entrevista Neymar e desafia craque a quebrar recorde http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2014/06/13/reporter-ronaldo-entrevista-neymar-e-desafia-craque-a-quebrar-recorde/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2014/06/13/reporter-ronaldo-entrevista-neymar-e-desafia-craque-a-quebrar-recorde/#comments Fri, 13 Jun 2014 04:29:42 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=24259 ney

Crédito da imagem: Reprodução 

O retorno do Central da Copa, da Globo, marcou a estreia de Ronaldo como repórter. O ex-jogador e atualmente comentarista da emissora para a Copa do Mundo inaugurou um quadro onde entrevista jogadores da seleção brasileira. Os dois primeiros participantes foram Neymar e Oscar.

Destaques na vitória do Brasil sobre a Croácia, por 3 a 1, nesta sexta-feira, os atletas conversaram com o ex-jogador após a partida. E sobrou para o atual camisa 10 da seleção. Em uma das perguntas, Ronaldo lançou um desafio e pediu para Neymar quebrar a marca de oito gols em uma Copa, feito realizado pelo ex-atacante na Copa de 2002.

Sem graça, Neymar trocou risadas com Oscar e brincou: “Que pressão, hein? O Ronaldo falando isso para mim?”.

Além disso, o atual camisa 10 do Brasil brincou com o fato de ter marcado dois gols e ser o artilheiro da Copa: “Se terminasse hoje estava bom”.

A reestreia do Central da Copa não trouxe apenas a fase repórter de Ronaldo. O programa também ficou marcado pela participação do “corneteiro” bonecão de Lionel Messi. Vestido com um uniforme da Argentina e com uma máscara gigante do craque do Barcelona, o personagem foi responsável pelas “cornetadas” na seleção, como montagens do árbitro Yuichi Nishimura com a camisa do Brasil, e a repercussão da imprensa internacional sobre o pênalti polêmico em Fred.

Quem também se destacou foi Caio Ribeiro. O ex-jogador e hoje comentarista ganhou mais tempo “em campo” e passou bom tempo da atração fazendo análises táticas da partida na já conhecida mesa tática e em um gramado virtual, onde ele analisa os principais lances do jogo.

messi

]]>
8
Chef italiano entrega “porre” de Galvão durante Central da Copa http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2013/06/23/chef-italiano-entrega-porre-de-galvao-durante-central-da-copa/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2013/06/23/chef-italiano-entrega-porre-de-galvao-durante-central-da-copa/#comments Sun, 23 Jun 2013 03:02:57 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=18908

Crédito da foto: Reprodução/Globo

Novamente, Galvão Bueno foi alvo de uma “revelação” ao vivo na Globo. Depois de Arnaldo divulgar o banquinho que aumentava o tamanho do narrador, o locutor teve um “porre” revelado por Luciano Bosseggia, chef italiano que participou do Central da Copa.

Ao chamar o cozinheiro para participar da atração, Tiago Leifert perguntou se o italiano havia visto a vitória brasileira sobre a Itália por 4 a 2. Neste momento, o chef de cozinha entregou o narrador.

“Infelizmente sim (vi o jogo), inclusive eu conheço o Galvão, a gente tomou um porre junto uma vez”, disse Bosseggia.

Quem serviu de “advogado” do locutor foi Tiago Leifert. “Galvão não faz isso, tenho certeza’, falou o jornalista.

Depois do intervalo, o narrador não perdeu a oportunidade de responder ao cozinheiro. “Luciano, grande amigo, saudade. Deixa eu te falar uma coisa, certas coisas não se conta na televisão”, respondeu Galvão em meio a risadas dos integrantes da atração global.

QUEM É O MELHOR NARRADOR DO BRASIL? CLIQUE E ESCOLHA

 

]]>
252
Madrugada na Globo tem beijo de Ronaldo em Roberto Carlos em lembrança de parceria http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2013/06/20/madrugada-na-globo-tem-beijo-de-ronaldo-em-roberto-carlos-em-lembranca-de-parceria/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2013/06/20/madrugada-na-globo-tem-beijo-de-ronaldo-em-roberto-carlos-em-lembranca-de-parceria/#comments Thu, 20 Jun 2013 10:28:59 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=18850

Crédito: Reprodução

O programa “Central da Copa”, transmitido nas madrugadas da TV Globo após dias de jogos do Brasil na Copa das Confederações, reservou para a última quarta-feira uma cena “tocante”: um beijinho de Ronaldo, hoje comentarista do canal, em Roberto Carlos, ex-lateral esquerdo e convidado do programa.

O beijo na careca foi uma tradição entre a dupla na época em que jogaram juntos pela seleção, entre 1995 e 2006, e também quando atuaram ao mesmo tempo pelo Real Madrid, entre 2002 e 2007.

Crédito: Stuart Franklin/Getty Images

Além do belo momento entre ex-companheiros, o programa também teve um pequena “gafe” de Ronaldo. Um colecionador de camisas levou uma utilizada pelo ex-jogador para o programa. Azul, a camisa foi usada na Copa das Confederações de 1997, no empate por 0 a 0 entre Brasil e Austrália, na primeira fase.

Porém, quando a camisa foi mostrada para Ronaldo, ele disse: “Se essa aí é da final, eu meti três gols com ela.” Mas o Brasil, na decisão (6 a 0 contra  a mesma Austrália), jogou de amarelo.

A carreira de Ronaldo em fotos

A carreira de Ronaldo em fotos

[tagalbum id="14458"]

]]>
13
Galvão esquece a palavra Olimpíadas, exalta telão e fala sobre “ressaca” de Ronaldinho http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2012/06/03/galvao-esquece-a-palavra-olimpiadas-exalta-telao-e-fala-sobre-ressaca-de-ronaldinho/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2012/06/03/galvao-esquece-a-palavra-olimpiadas-exalta-telao-e-fala-sobre-ressaca-de-ronaldinho/#comments Sun, 03 Jun 2012 20:59:57 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=10475 A seleção brasileira realiza uma série de amistosos preparatórios para as Olimpíadas, de 27 de julho a 12 de agosto, em Londres. Mas, quem acompanha os jogos na voz de Galvão Bueno não ouviu nenhuma vez o nome da competição – ou suas variáveis. O motivo: os direitos de transmissão para a TV aberta pertencem à Record. Assim, o evento passou batido na narração global da derrota por 2 a 0 do Brasil para o México, neste domingo, mas não a entrevista de Ronaldinho Gaúcho para o Fantástico e o tema “ressaca”.

Leia também: >> Brasil perde para o México por 2 a 0, leva olé da torcida e vê cair série invicta de Mano

Em várias oportunidades, Galvão fez propaganda da entrevista exclusiva do ex-jogador do Flamengo para Tadeu Schmidt na noite deste domingo. Em quase todas elas, o narrador citou que o jogador ia explicar a saída do clube da Gávea e também os boatos de que teria chegado para treinar várias vezes de “ressaca”.

Nada de Olimpíadas
Na goleada sobre os EUA, Galvão disse, algumas vezes, que esse era o time que Mano Menezes preparava para a disputa da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo, no ano seguinte, ambas no Brasil. Mas, contra o México, nenhum dos torneios foi lembrado, muito menos as Olimpíadas.

Os comentaritas também se calaram sobre o tema, e olha que a Globo usou todo o seu arsenal na partida. Do Brasil, Caio Ribeiro, Casagrande e Junior, além de Arnaldo Cézar Coelho, além do apresentador do Central da Copa, Alex Escobar, não citaram, em nenhuma oportunidade, o evento londrino.


Foto: Bruno Thadeu/UOL

Se o futebol do time comandado por Mano não encantou, sobrou espaço para Galvão encher a transmissão de elogios ao telão do Dallas Stadium. O narrador citou o estádio, que custou US$ 1,1 bilhão, como o mais impressionante que ele viu em sua carreira, mas foi o supertelão e seu custo de US$ 80 milhões que mais chamou a atenção da voz global.

“É um show à parte. O torcedor às vezes fica em dúvida em olhar para o campo ou para o telão. É absolutamente fantástico”, disse Galvão. E tome mais adjetivos. “O telão é quase do tamanho do campo, gente. Eu nunca vi o campo tão perto de mim” ou “realmente impressionante isso aqui, uma joia do esporte mundial”. Quer mais? “60 metros de comprimento e 25 de altura, é brincadeira?”.

A única menção a algum evento além do amistoso veio justamente graças ao supertelão e ao estádio americano. “Se tivéssemos pelo menos 50% disso para a Copa do Mundo, seria especial”, disse Galvão. E foi só.

A volta de Falcão?
A principal gafe do dia coube também ao narrador. Ao fim do primeiro tempo, ao falar sobre o Central da Copa, a versão “Show do Intervalo” para os jogos da seleção, ele quase recontratou o ex-comentarista Paulo Roberto Falcão. “Daqui a pouco tem o Central da Copa, com o Caio, o Casagrande, o Junior, o Falcã… Ia falando do Paulo Roberto Falcão, hoje técnico do Bahia, que foi nosso companheiro por tantos anos.”

Ricardo Zanei
Do UOL, em São Paulo

Leia também:
Brasil 4 x 1 EUA >> Galvão troca críticas por carinho, elogia Oscar e diz que “gosta demais” da nova cara da seleção
Brasil 3 x 1 Dinamarca >> Cleber e Casagrande aprovam seleção, mas Leandro Damião leva cornetada de Júnior

]]>
361
Galvão troca críticas por carinho, elogia Oscar e diz que “gosta demais” da nova cara da seleção http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2012/05/30/galvao-troca-criticas-por-carinho-elogia-oscar-e-diz-que-gosta-demais-da-nova-cara-da-selecao/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2012/05/30/galvao-troca-criticas-por-carinho-elogia-oscar-e-diz-que-gosta-demais-da-nova-cara-da-selecao/#comments Thu, 31 May 2012 02:05:40 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=10381 “Eu, particularmente, confesso, estou gostando demais”. Ou ainda: “É bonito o futebol brasileiro. Olha, a molecada chega fácil e chega legal”. As frases resumem a mudança de postura de Galvão Bueno em relação à seleção brasileira. O narrador já adotou um tom mais crítico, às vezes até ríspido, contra Mano Menezes. Mas, na transmissão da Globo da vitória por 4 a 1 sobre os EUA, ele trocou as alfinetadas pelo carinho, encheu a bola do meia Oscar – será que encontramos o novo camisa 10? – e elogiou a “nova cara” da equipe que se prepara para as Olimpíadas de Londres.

Leia também: >> Neymar desequilibra com assistências e gol, e Brasil goleia anfitriões EUA em amistoso

Na vitória sobre a Bósnia-Herzegóvina, em fevereiro, na estreia do Brasil no ano, Galvão foi categórico ao dizer que, “depois de mais de um ano e meio de trabalho com Mano Menezes, começa a aumentar a pressão pela definição de um time”.


Foto: Reprodução de TV/Globo

O ano foi passando, e as coisas começaram a mudar. Contra a Dinamarca, no último domingo, Cléber Machado e Casagrande já haviam elogiado o desempenho dos comandados de Mano. Galvão encontrou o mesmo tom diante dos EUA. “Tomara que esteja saindo dessa cara nova a base para a Copa das Confederações no ano que vem e para a Copa do Mundo em 2014″, afirmou. “É o futebol brasileiro de cara nova, uma cara bem jovem.”

A voz de Galvão começou a falhar no decorrer do segundo tempo, e o narrador terminou completamente rouco. Mesmo assim, deu tempo para mais elogios ao time após a goleada. “Um ótimo resultado para a seleção brasileira, uma grande apresentação, com alguns jogadores surgindo e, o mais importante, ganhando espaço”, disse. “3 a 1 sobre a Dinamarca, 4 a 1 sobre o Méximo. Vamos combinar uma coisa? Que venha o México”, completou, anunciando o jogo deste domingo, a partir das 16h (de Brasília).

Oscar, o queridinho
Contra a Bósnia, sobraram críticas para Ronaldinho Gaúcho e Mano, pelas ausências de Kaká e Robinho. Diante dos EUA, Galvão encontrou um novo queridinho: Oscar. Um dos melhores em campo, o meia ganhou uma série de elogios do narrador. “O Oscar está encantando todo mundo. Magrelinho, franzino, mas joga futebol de gente grande”, disse. Passe de calcanhar para o lateral Marcelo, e o jogador do Inter foi mais uma vez aprovado. “Que toque bonito… Esse menino Oscar é bom demais.”

No Central da Copa, a versão “Show do Intervalo” para os jogos da seleção, Alex Escobar perguntou se o Brasil encontrou o novo camisa 10. “Não sei se achamos o camisa 10, essa camisa é meio complicada, né? Foi de Pelé, Rivellino, Zico… É complicado. Mas achamos um jogador moderno, que pode funcionar muito bem na seleção”, disse Galvão.

Casagrande, destacando a movimentação pelos dois lados do campo, e Junior, exaltando a “inteligência tática”, engrossaram o coro de elogios a Oscar. “Não sei se encontramos o novo camisa 10, mas encontramos um grande jogador para a seleção brasileira”, repetiu Casão.

Na segunda etapa, mais elogios. A cada toque na bola, Oscar ganhava um adjetivo. “Ele fez aquela jogada aqui na direita, agora já está ali na esquerda. É impressionante como ele se movimenta em campo”, disse Galvão.

Gafe número 1
A primeira gafe surgiu nos instantes iniciais da transmissão. Com o Hino Nacional ao fundo, Galvão falou rapidinho. “Vamos ouvir o restante do Hino Nacional”, disse. As legendas, na tela, não estava sincronizadas com o som ambiente e foram retiradas rapidamente. Estranho também foi ver, quando o hino dos EUA era cantado, legendas em português, em uma espécie de tradução simultânea meio sem sentido.

Gafe número 2
O sol fez com que Galvão cometesse o ato falho de falar “boa tarde aí pra vocês, Casão e Junior”, mesmo com o jogo começando às 21h07 (horário de Brasília). Em seguida, ele se corrigiu: “Isso de boa tarde, boa noite, sempre me confundiu na minha vida. Aliás, é boa noite para todo mundo, mesmo com o sol, já passou das 20h aqui.”

Foi pênalti, Arnaldo?
O lance do pênalti rendeu opiniões diferentes de Galvão, que achou que foi, e Arnaldo Cézar Coelho. “Que pegou no braço, pegou, Arnaldo. Foi pênalti ou não?”, indagou. “Não foi não, Galvão. Típica bola na mão. Ele deu o pênalti mais no grito do Damião”, afirmou o comentarista. Novo replay, e nova pergunta do narrador. “Por outro ângulo… Você refaz a sua opinião por essa câmera?”. “Não, é bola na mão, Galvão”. Neymar, “o camisa 11 aos 11min”, como disse Galvão, bateu e abriu o placar.

Ricardo Zanei
Do UOL, em São Paulo

Leia também: >> Galvão comete gafes de história e geografia e pede Ganso e Robinho na estreia do Brasil no ano

]]>
14
Técnico da Argentina perde DVD de Neymar, mas ganha um do Restart http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2011/07/14/tecnico-da-argentina-perde-dvd-de-neymar-e-ganha-um-do-restart/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2011/07/14/tecnico-da-argentina-perde-dvd-de-neymar-e-ganha-um-do-restart/#comments Thu, 14 Jul 2011 10:00:03 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=1720 No programa Central da Copa apresentado por Alex Escobar no meio do Jornal da Globo na madrugada de quinta, o repórter Bruno Laurence invadiu o quarto do técnico da Argentina, Sergio Batista, na concentração da seleção anfitriã em Ezeiza.

Ele revirou as coisas do treinador e achou uma coleção de DVDs contendo imagens de jogadores rivais. Entre eles estava um com o escudo do Santos na capa: o argentino estava estudando os movimentos do atacante Neymar.

Laurence então disse ter feito uma peraltice: teria trocado o DVD das jogadas de Neymar por um do Restart.

Nada mais justo, já que a banda teen foi convidada especial do Central da Copa, e tocou sucessos ao lado do vocalista do NX Zero, Di Ferrero, devidamente fantasiado com uma máscara do apresentador titular afastado por motivos de saúde, Tiago Leifert.

]]>
9
Vote na enquete para a melhor mesa-redonda da TV brasileira http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2011/06/17/vote-na-enquete-para-a-melhor-mesa-redonda-da-tv-brasileira/ http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/2011/06/17/vote-na-enquete-para-a-melhor-mesa-redonda-da-tv-brasileira/#comments Fri, 17 Jun 2011 18:49:16 +0000 http://uolesportevetv.blogosfera.uol.com.br/?p=994

 

Bem Amigos, Cartão Verde, Linha de Passe, Terceiro Tempo… as opções de mesas-redonda não são poucas na televisão brasileira. Algumas tendem para o humor, outras destacam lances polêmicos, mas em comum está o debate sobre futebol.

Formato consagrado no jornalismo esportivo brasileiro, a mesa-redonda já é uma tradição no futebol. Pensando nisso, o UOL Esporte convida os leitores a conferirem o álbum-enquete e elegerem sua mesa-redonda predileta na televisão. Para votar, basta clicar na imagem acima.

]]>
7