Blog UOL Esporte vê TV

Repórter que ofendeu funcionária volta à TV, mas ESPN teme repercussão
Comentários 7

UOL Esporte

Repórter da ESPN, Brittany McHenry chamou atenção na última semana após ter ofendido uma funcionária de uma empresa de reboque em Virginia, nos EUA – o vídeo com os xingamentos foi parar na internet e tornou-se um viral. Depois de cumprir uma suspensão de uma semana, ela voltará a trabalhar normalmente neste fim de semana, mas não sem algum receio da emissora.

“Olha, eu não ficaria surpreso se houvesse alguma reação negativa das pessoas. Minha cabeça não estava enterrada na areia, eu li muito sobre esse assunto e ela sabe que cometeu um erro. Ela sabe que terá de fazer o trabalho dela muito bem para, quem sabe, recuperar parte da confiança do público”, disse Seth Markman, coordenador de produção da ESPN, em entrevista à Sports illustrated.

No vídeo, Brittany discute com a funcionária após ter seu carro guinchado. “Eu sou uma repórter, querida. Eu irei processar essa p…. Eu tenho cérebro e você não. Talvez se tivesse faltando alguns dentes em mim eles iriam me contratar, né?”, disse a repórter, descontrolada.

Diante da repercussão negativa, Brittany chegou a pedir desculpas pelo comportamento nas redes sociais, mas segue na mira dos críticos. Sua primeira missão no retorno à ESPN será acompanhar o Draft da NFL (Liga de Futebol Americano), que ocorrerá na semana que vem.

“Ela fez um grande trabalho para nós na NFL no ano passado em situações difíceis e eu creio que ela conseguirá sair dessa situação, mas ela sabe que as primeiras missões não serão fáceis”, disse Markman.

britt


Novamente exclusivo no Fox Sports, Corinthians já fez emissora bater Globo
Comentários 100

UOL Esporte

O Fox Sports está animado com a transmissão exclusiva de dois duelos brasileiros nas oitavas de final da Libertadores. Afinal, até agora, o canal já teve essa possibilidade com o Corinthians duas vezes e superou até a Globo em uma delas.

De acordo com dados do Ibope, o duelo entre Corinthians e San Lorenzo, na Arena Corinthians, colocou a emissora com média de 6,15 pontos. Neste mesmo período, a Globo marcou apenas 3,52 pontos, levando em consideração apenas as operadoras de televisão por assinatura.

Esse número, além de colocar o Fox Sports como líder dentre todos os canais da TV por assinatura, fez também a emissora registrar seu melhor número em 2015.

Antes disso, o maior registro havia acontecido na partida entre Danubio e Corinthians. Também exclusivo, o Fox Sports teve 3,93 pontos contra 7,03 da Globo.

No duelo entre Corinthians e San Lorenzo, que terminou empatado por 0 a 0, a emissora ficou fora do ar por quase cinco minutos devido a um raio que caio em sua matriz, em Buenos Aires.

O Corinthians voltará a ser exclusivo do Fox Sports nas oitavas de final. No duelo de ida, no Paraguai, a emissora será a única a transmitir o jogo contra o Guarani.

Todos esses números fazem referência apenas à Grande São Paulo, região levada em consideração para o mercado publicitário. O público avaliado são os homens entre 18 e 49 anos.

Veja quem transmitirá os jogos das oitavas

Leandro Carneiro
Do UOL, em São Paulo


Globo terá quatro jogos das oitavas da Libertadores; veja transmissões
Comentários 10

UOL Esporte

A Globo transmitirá quatro jogos das oitavas de final da Libertadores. A emissora carioca terá os jogos de ida de São Paulo e Cruzeiro, a volta de Corinthians e Guarani, do Paraguai, e ainda os dois duelos entre Atlético-MG e Inter.

A transmissão da emissora, que será dividida entre rede e praças locais, também será simultânea do SporTV e Fox Sports.

Se dividirá essa partida com a Globo, a Fox pode comemorar o fato de transmitir de maneira exclusiva nove partidas, incluindo o jogo de ida entre Guarani e Corinthians, e o de volta entre Cruzeiro e São Paulo.

Enquanto isso, o SporTV só terá duas partidas com exclusividade nas oitavas de final. A emissora de canal fechado ficará com os dois clássicos entre Boca Juniors e River Plate.

Veja quais canais transmitirão os jogos:

28 de abril – Universitario Sucre x Tigres – Fox Sports e SporTV
05 de maio – Tigres x Universitario Sucre – Fox Sports
05 de maio – Estudiantes x Independiente Santa Fé – Fox Sports
06 de maio – Guarani x Corinthians – Fox Sports
06 de maio – São Paulo x Cruzeiro – Fox Sports, Globo e SporTV
06 de maio – Atlético-MG x Inter – Fox Sports, Globo e SporTV
07 de maio – Wanderers x Racing – Fox Sports
07 de maio – River x Boca – SporTV
07 de maio – Emelec x Atlético Nacional – Fox Sports
12 de maio – Independiente Santa Fe x Estudiantes – Fox Sports
13 de maio – Cruzeiro x São Paulo – Fox Sports
13 de maio – Inter x Atlético-MG – Fox Sports, Globo e SporTV
13 de maio – Corinthians x Guarani – Fox Sports, Globo e SporTV
14 de maio – Racing x Wanderers – Fox Sports
14 de maio – Boca x River Plate – SporTV
14 de maio – Atlético Nacional x Emelec – Fox Sports


Fifa esconde negociação da ESPN e vende direitos da Copa-26 para a Fox
Comentários 7

UOL Esporte

A Fifa acertou a venda dos direitos de transmissão da Copa de 2026 para a Fox Sports. De acordo com a agência de notícias Bloomberg, o acordo foi para compensar a mudança no calendário da edição de 2022, que será no fim do ano e não no meio.

Segundo a publicação, essa negociação teria sido feita às escondidas para compensar a perda de audiência que a emissora terá em 2022. A ESPN, que também tinha interesse em transmitir o evento, não foi sequer avisada da concorrência segundo a agência.

“Não fizemos nada de errado. O acordo é bom para a Fifa, é bom para a Fox. Essa é a parte mais importante, e nós fizemos tudo dentro dos padrões internacionais'', disse Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa.

A compensação seria pela mudança de data que coloca a Copa de 2022 na mesma época da NFL e da temporada da MLS (campeonato americano de futebol).


Globo ficará sem Corinthians pela terceira vez na Libertadores
Comentários 193

UOL Esporte

O que parecia incomum nos últimos anos virou rotina na Globo. A emissora ficará pela terceira vez sem um jogo do Corinthians na Libertadores, desta vez, no duelo de ida das oitavas da competição sul-americana.

Em seu site, o Fox Sports confirmou que o duelo entre Corinthians e Guarani, do Paraguai, será exclusivo da emissora no dia 6 de maio às 19h45. Na mesma data, a Globo deverá transmitir o jogo entre São Paulo e Cruzeiro.

Uma semana depois, o duelo do time do Morumbi ficará de fora da programação da Globo. Às 19h30, o jogo será exclusivo novamente do Fox Sports, enquanto Corinthians e Guarani, na Arena Corinthians, será televisionado pela Globo.

Nesta edição da Libertadores, essa é a terceira vez que a Globo fica sem um jogo do Corinthians. O jogo no Uruguai contra o Danubio e na Arena Corinthians, contra o San Lorenzo, também foram exclusivos do Fox Sports.

Nas temporadas de 2011, 2012 e 2013, o Corinthians teve todos seus jogos televisionados pela Globo. A última vez que o clube havia ficado de fora da programação da emissora foi em 2010, contra o Independiente Medellin.

Oficialmente, a Globo ainda não confirma sua programação para a Libertadores. Na próxima semana, sem nenhum brasileiro na competição sul-americana, a opção deverá ser o duelo entre Palmeiras e Sampaio Correa, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Leia também:

Globo fica sem Corinthians na Libertadores pela primeira vez desde 2010

Exclusivo da Fox, sinal do jogo do Corinthians cai e torcedores reclamam

Não é só Homem-Aranha. Barça e Danubio estão à frente do Santos na Globo


Galvão se chama de “idiota” ao escolher momento mais ridículo da carreira
Comentários 26

UOL Esporte

galvao

O narrador Galvão Bueno relembrou alguns dos momentos mais importantes de sua carreira na Globo nesta quarta-feira. No especial do Jornal Nacional, ele falou sobre os títulos de Senna, seu acidente e relembrou a festa do tetracampeonato da Copa, em 1994.

E, ao comentar a festa que fez com Arnaldo Cezar Coelho e Pelé, Galvão brincou com um dos “momentos mais ridículos” de sua carreira.

“Diríamos que é um dos momentos mais ridículos da minha vida. Quando nós vimos, estávamos no telão no estádio. O mundo todo deve ter perguntado quem era esse idiota berrando que nem louco ao lado do Pelé. Naquele momento, todo mundo gritava junto é tetra. Voz esganiçada, não me esqueço jamais. Momento de muita alegria, emoção'', disse.

Pouco antes, Galvão teve de segurar a emoção para falar sobre o acidente em Ímola, que resultou na morte do piloto. Mas, ao comentar, o narrador fez questão de segurar as lágrimas.

“Ayrton Senna do Brasil, uma das pessoas mais queridas deste país de todos tempos. Divertido, espirito moleque, brasilidade que tinha. Ayrton Senna foi um cara muito especial. Quero me lembrar com muita alegria, sem tristeza. Viva Ayrton”, falou Galvão.

O locutor já havia feito elogios para Senna quando viu as imagens do tricampeonato Mundial de Fórmula 1. “Virou um herói nacional”, comentou.

Além de Senna e o tetra, o especial do Jornal Nacional também mostrou imagens das Olimpíadas de Barcelona, em 1992, e do tricampeonato de Nelson Piquet.


Milton Neves lista os maiores narradores que já viu no país
Comentários Comente

UOL Esporte

miltonnneves

 

Gol inesquecível de Milton Neves foi narrado por Fiori Gigliotti

 

O apresentador esportivo Milton Neves é conhecido por sua memória impecável, quando o assunto é futebol. Perto de completar 50 anos de carreira, ele diz ainda ter fresca na memória uma narração, para ele inesquecível, do seu time, o Santos. Milton era garoto, tinha 14 anos e vivia em Muzambinho (MG). O ano era 1965.

Com um rádio de pilha no ouvido, era a primeira vez que ele pisava em um campo de futebol para ver uma partida de profissionais. Naquela tarde de 10 de outubro de 1965, o Santos enfrentava o Comercial, em Ribeirão Preto. E o time de Pelé venceu por 2 a 0.

Milton conta que estava próximo ao alambrado, quando Fiori Giglioti se preparava para narrar uma cobrança de pênalti em favor do Santos. Pelé ajeitou a bola e foi para o chute. Giglioti disparou: “Correu, bateu, fora…'' “Mas a bola vazou a vazou a rede. Logo ele se corrigiu e gritou o gol'', lembra Milton.

Também por conta disso, na sua lista de narradores preferidos está Fiori. Além dele, Milton cita Luciano do Valle, Galvão Bueno, José Silvério e Osmar Santos.

Não só a narração foi inesquecível como o jogo também. “Foi a primeira vez que eu fui a um campo e a primeira vez que eu vi o Pelé jogar. Foi lindo. Inesquecível ver aquele monte de jogadores do Santos comemorando''.

O apresentador também lembra perfeitamente o momento em que Pelé esteve à sua frente, a alguns metros de distância para pegar a bola para bater um lateral. “Ele veio ali, molhado de suor. Era uma tarde em que faziam uns 40ºC. Ele pegou a bola e olhou para a frente. Foi uma coisa de um milésimo de segundo. Mas fiquei com aquilo na cabeça. 'O Pelé me viu. O Pelé me viu'. Fiquei alguns dias sem dormir direito'', disse ele.

Milton lembra que foi ao jogo em uma Kombi, com 12 pessoas. “Era um pessoal de uma loja de cereais lá de Muzambinho. Foi a primeira vez que fui a uma churrascaria. Minha tia Antonia não queria que eu fosse. Eu era muito pequeno, mas acabou cedendo. Foi ela quem bancou a viagem'', relembra.

Veja Álbum de fotos

Vagner Magalhães
Do UOL, em São Paulo


ESPN contrata Dan Stulbach, do CQC, como apresentador e comentarista
Comentários 44

UOL Esporte

A ESPN anunciou a contratação de Dan Stulbach para ser apresentador e comentarista na emissora. Ele, que também é ator e diretor com passagem pela Rede Globo e atualmente comanda a bancada do CQC, atuará em partidas e estará no Bola da Vez, programa de entrevistas do canal.

Stulbach não é um parceiro novo para a ESPN, já que participou como convidado de programas como o Linha de Passe e o Bate Bola durante a cobertura do canal na Copa do Mundo de 2014.

Ele, que é corintiano, manterá seu trabalho junto ao CQC, da Band, e participará dos programas da ESPN em paralelo. Sua estreia acontecerá em maio.

Dan Stulbach começou a carreira dedicando-se ao teatro e ao cinema, e ganhou fama com a participação em Mulheres Apaixonadas, novela da Rede Globo, em 2003. Ele também foi protagonista na minissérie Queridos Amigos, em 2008 e fez filmes como Mais Uma Vez Amor (2005), Tempos de Paz (2009) e A Suprema Felicidade (2010). No rádio, entrou na CBN em 2006  para trabalhar no programa Fim de Expediente.


SporTV e ESPN se reúnem para dividir luta do século. Plano B é pay-per-view
Comentários 16

UOL Esporte

Wilson Baldini Jr.
Em São Paulo

Uma reunião entre SporTV, ESPN Brasil e Canal Combate define nesta quarta-feira a transmissão da luta entre Floyd Mayweather Jr. e Manny Pacquiao para o Brasil. O duelo será dia 2 de maio, em Las Vegas. O valor da transmissão é de R$ 150 mil – sem contar gastos com satélite e outros operacionais – e considerado alto pelas emissoras, pois, segundo seus diretores, não há patrocinadores interessados no evento. Por este motivo, a Rede Globo descartou a possibilidade de ficar com a atração, oficializada em 20 de fevereiro.

Os canais SporTV e ESPN estudam a possibilidade de dividir os gastos e passarem a luta juntos. Se a negociação não der certo, o canal Combate – que transmite prioritariamente eventos de MMA, como o UFC – pode usar o sistema pay-per-view para transmitir o duelo. floyd-mayweather-e-manny-pacquiao-participaram-de-coletiva-para-promover-o-combate-de-maio-1426110600261_300x230

Os pacotes seriam comercializados a R$ 40, preço mais em conta do que nas transmissões do UFC. Cada evento de MMA é vendido a R$ 75,90. A assinatura mensal do canal é R$ 69,90 (segundo o site da operadora Sky).

Nas Filipinas, terra de Pacquiao, onde calcula-se que cerca de 98 milhões de pessoas vão ver a luta pela TV, a principal emissora do país pagou US$ 10  milhões para ter a luta. No México, Televisa e TV Azteca investiram US$ 2,3 milhões e ainda vão passar com 30 minutos de atraso para terem um preço mais acessível.

Nos Estados Unidos, Showtime e HBO entraram em um acordo para transmitir a luta juntas, pois Mayweather tem contrato com a Showtime e Pacquiao, com a HBO. Até seus apresentadores de ringue, Jimmy Lennon Jr. e Michael Buffer vão dividir as ações antes e depois do combate. HBO e Showtime só haviam feito uma parceria neste modelo em 2002, quando Mike Tyson enfrentou Lennox Lewis pelo título mundial dos pesos pesados.

O Brasil não é considerado um mercado forte para os promotores do combate, por isso os valores inferiores e a dificuldade de negociação. Para se ter uma ideia, na época áurea de Mike Tyson, a Globo pagou US$ 1 milhão para receber um pacote de lutas, que incluía outros eventos como combates de Julio Cesar Chavez. Na época, a Globo tinha como recurso para bancar o combate sortear carros, o que era feito por meio de telefonemas para telefones “0800''.


Lutador de MMA da Universal ganha espaço na Record com anúncios da igreja
Comentários 6

UOL Esporte

Quem está acostumado a acompanhar MMA sabe que a Record não é uma emissora que dá muito espaço para modalidade. Aliás, o canal paulista chegou a ser alvo de críticas de alguns lutadores, como Wanderlei Silva, ao fazer matérias apontando o risco deste tipo de luta. No entanto, um atleta que sonha em estar no UFC passou a integrar sua programação. Seu objetivo é entrar na organização, que tem acordo justamente com a maior rival da Record, a Globo.

Naldo Silva, que tem um cartel de 20 vitórias e apenas quatro derrotas, aparece durante os comerciais da Record com um vídeo gravado para uma campanha da Igreja Universal. Nas imagens, ele conta a sua história e revela um sonho.

“Meu sonho é chegar lá (no UFC), maior evento do mundo, estou na guerra. Como falei, a maioria que fala comigo não entende porque não estou lá. Se alguém descobrir, me fala, porque eu não sei, o que pude fazer, eu fiz. Mas uma hora vai chegar, vou continuar trabalhando em cima disso, meus empresários já conversaram com o UFC. Eles já me conhecem”, falou ao UOL Esporte.

O vídeo de Naldo para a Universal não é nenhum tipo de patrocínio. O lutador ainda faz questão de deixar claro que apesar de levar a igreja com ele todos os dias, ele prefere não usar a imagem dela.

“Fizeram resumo para mostrar a superação. Conta a história que tive, o sonho de lutar e o outro lado, lado da família. Algumas empresas entraram em contato depois do vídeo. Eu não uso a logomarca para não levar para esse lado de dinheiro, minha fé levo no dia a dia”, completou.

Por intermédio de sua assessoria de imprensa, a Universal também explicou a parceria com o lutador. “Não há nenhum patrocínio. Ele é membro da Universal. ‘Eu sou a Universal’ é uma campanha publicitária da Igreja Universal do Reino de Deus. Os personagens nela retratados participam de modo voluntário para falar sobre suas carreiras”, explicou.

A parceria entre Naldo e a igreja surgiu logo depois que o lutador deu algumas aulas de MMA para o bispo de sua igreja, em Manaus.

“Eu comecei a dar aula particular para o Bispo Oliveira, da igreja aqui no Amazonas. Ele começou a ter aula para perder um pouco de peso, procurou alguém que desse aula e também fosse da igreja. Ele treinava três vezes por semana, ensina muay thai, defesa, jiu-jitsu, e me indicou para fazer o vídeo. Eles entraram em contato comigo para fazer esse vídeo para Universal contando minha história”, afirmou.

A Record, responsável por veicular a campanha “Eu sou a Universal”, não costuma dar muito espaço para o MMA. A emissora chegou a fazer uma reportagem de 14 minutos no programa Domingo Espetacular em que questionava a segurança do MMA. Isso aconteceu pouco depois do acordo assinado entre o UFC e a Globo, há três anos.

Enquanto a matéria passava na televisão, lutadores como Wanderlei Silva disparavam contra a emissora na internet. “Se a Rede Record estivesse passando o UFC e com toda audiência que nosso esporte dá, garanto que jamais teríamos matérias como essa. Vergonha”, falou na ocasião.

Também por intermédio de sua assessoria de imprensa, a Record informou que nunca foi contra a modalidade. “Nunca houve nenhuma linha editorial anti-MMA da Record”, finalizou a emissora.

Leandro Carneiro
Do UOL, em São Paulo