Blog UOL Esporte vê TV

Mauro Cezar rebate R. Gaúcho após desafiar comentaristas a treinarem times

UOL Esporte

Reprodução/ESPN Brasil

Durante o programa Bate-Bola na Veia desta quarta-feira (15), o comentarista Mauro Cezar respondeu a Renato Gaúcho após o treinador gremista desafiar comentaristas de TV a trocarem de lugar e treinarem times de futebol. ''Jornalista esportivo não tem que treinar time de futebol, cada macaco no seu galho'', disparou o jornalista da ESPN Brasil.

''Ele se propõe a treinar time de futebol, tem essa especialização, por isso ganha muito mais que qualquer jornalista esportivo. Um técnico ganha muito mais, porque é mais cobrado, ele está na vitrine, é uma função que paga muito melhor, ele se propõe a isso e há quem contrate. Não significa que quem comente futebol tenha que fazer a mesma coisa, como se, por exemplo, um crítico de cinema tivesse que tomar conta do set e dirigir um filme. Não tem que dirigir filme nenhum, ele é um crítico de cinema. Cada um no seu quadrado'', afirmou o comentarista.

''É muito fácil, você vê o lance e comentar. Vá lá para beira do campo e faz acontecer o lance. Eu saio da beira do campo e venho aqui (na televisão) comentar qualquer jogo. Qualquer jogo. Saia daqui e vai à beira do campo (treinar). Vamos ver a diferença'', declarou Renato ao programa de entrevistas Bola da Vez, exibido pela ESPN na noite passada.

Na atração, Renato Gaúcho também repetiu declaração polêmica já dada em outra ocasião de que jogou mais do que o atacante português do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, atual melhor do mundo. Mauro Cezar considerou uma brincadeira, uma ''fanfarronice'' a afirmação do técnico do Grêmio.

''Não dá, o Renato se comparar ao Cristiano Ronaldo pra mim é uma piada. 'Ah, joga com craques do lado'. Ele jogou no Flamengo em 1987 (campeão brasileiro) com Zico, Bebeto e Andrade, por exemplo. Jorginho… Leonardo. Era ruim? Olha o time que ele jogou. Leandro na zaga, era ruim também? Ele jogou num timaço do Flamengo em 1987. Ou ele esqueceu? O time do Grêmio que foi campeão do mundo era uma porcaria? Só ganhou porque tinha Renato Gaúcho Portaluppi lá? Não, tinha bons jogadores. O Botafogo vice-campeão brasileiro em 1992, que perdeu a final para o Flamengo, era um time ruim? Era um time muito bom, com muito investimento. Ele jogou em ótimas equipes. No Atlético-MG ele jogou na 'Selegalo', com outros medalhões que foram contratados e não funcionou, mas contratou vários jogadores de nome. Cruzeiro, que foi campeão da Supercopa, de outros títulos. O Renato participou de ótimos elencos, ótimos times e por isso foi vencedor'', argumentou o comentarista.

''Ao longo da carreira, jogou, sim, em ótimas equipes e só não jogou em grandes equipes europeias porque quando esteve na Roma ele não foi o jogador dedicado que se esperava. Essa comparação (com CR7) é mais uma fanfarronice, não dá para levar a sério. Se o Cristiano Ronaldo tivesse comportamento desleixado será que ganharia o que ganha? Isso é uma bobagem. Por essas e outras o Renato Gaúcho dificilmente vai ser um grande treinador. São várias muletas que ele usa, porque tem um bom domínio da câmera, tem um bom discurso, é experiente, é malandro, pra tentar driblar as suas próprias deficiências quando elas são colocadas muitos mais claras'', finalizou Mauro.